Thaisa Galvão

10 de julho de 2019 às 13:50

Deputado João Maia é o único potiguar na comissão da reforma tributária [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado federal João Maia assumiu hoje a titularidade da Comissão Especial da Reforma Tributária.

“Eu vou focar meu trabalho pela redefinição do pacto federativo, que é a reforma tributária que define isso, priorizando recursos para os estados, mas principalmente para os municípios, que é onde as pessoas moram nas zonas urbana e rural. Quero também simplificar a tributação para auxiliar na geração de emprego e renda. Meu desejo é que a reforma tributária seja um instrumento de combate à desigualdade social e regional”, disse o parlamentar.

João Maia é o único potiguar nesta comissão.

10 de julho de 2019 às 9:09

Tirado do ar há menos de um mês, jornalista Paulo Henrique Amorim sofre infarto e morre [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Um infarto matou hoje o jornalista Paulo Henrique Amorim.

Ele tinha 76 anos e se tornou conhecido quando trabalhou na TV Globo, inclusive como correspondente internacional.

No final de junho ele foi afastado do Domingo Espetacular, da TV Record, programa que apresentou por 14 anos.

Mesmo assim ele permanecia funcionário da emissora, com a qual tinha contrato até 2021.

Ele estava fora do ar.

10 de julho de 2019 às 1:21

Câmara dá sinais de que aprovará a reforma da Previdência nesta quarta-feira [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A reforma da Previdência deverá ser votada hoje em Brasília.

Os deputados esperam que por volta das 10h30 haja quorum para retomada dos trabalhos.

Ao rejeitar, no final da noite desta terça, um requerimento protelatório da oposição, e ao aprovar na madrugada o encerramento dos debates, o plenário deu sinais favoráveis à reforma —331 votos a 117 e 353 votos a 118, respectivamente —é preciso 308 dos 513 votos para a aprovar a nova Previdência.

10 de julho de 2019 às 1:16

Secretário da Previdência Rogério Marinho anuncia fim do e-Social [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O secretário especial de Previdência e Trabalho, o potiguar Rogério Marinho, afirmou nesta terça-feira que o eSocial só funcionará até janeiro de 2020.

Segundo Marinho, a partir do ano que vem o eSocial será substituído por outros dois sistemas: um da Receita Federal e outro de Trabalho e Previdência.

O eSocial é uma plataforma de registro informações para o cumprimento de obrigações trabalhistas, tributárias e previdenciárias.

“O fato de ser dois sistemas não quer dizer que vai aumentar a complexidade. Serão dois sistemas bem mais simples, esse é o nosso compromisso”, disse Rogério.

Rogério afirmou que com a aprovação da MP da “liberdade econômica” o governo vai criar a carteira de trabalho digital.

O sistema eletrônico substituirá a carteira de trabalho de papel. Segundo o secretário, a instituição da carteira de trabalho digital está prevista no relatório do deputado Jerônimo Goergen, relator da MP.

A previsão é que a carteira de trabalho eletrônica comece a ser implantada em setembro deste ano.

Do G1

10 de julho de 2019 às 1:10

Deputados aproveitam férias de Moro para retirar ‘prisão após condenação em segunda instância’ do pacote anticrime apresentado na Câmara [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Foi só o ministro da Justiça Sérgio Moro dar as costas…

O grupo de trabalho criado na Câmara para analisar o projeto apresentado por Moro, com medidas anticorrupção e antiviolência, decidiu nesta terça-feira, por 7 votos a 6, retirar a prisão após condenação em segunda instância do pacote anticrime apresentado pelo ex-juiz da Lava Jato.

Embora tenha sido modificado pelo grupo de trabalho – composto por 16 deputados –, o projeto de lei anticrime ainda precisará ser analisado pelas comissões temáticas e pelos plenários da Câmara e do Senado.

A próxima etapa é o projeto ser analisado em uma comissão especial, que ainda tem que ser criada.

*

O ministro Sérgio Moro está de férias.