Thaisa Galvão

25 de julho de 2019 às 16:00

Morre herdeiro da OAS que no começo do mês sofreu infarto durante audiência da lava jato [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Bahia Notícias:

O herdeiro do Grupo OAS, César Mata Pires Filho, morreu nesta quinta-feira (25), aos 40 anos.

O empresário sofreu um infarto em 8 de julho durante uma audiência na Justiça Federal de Curitiba (PR).

Ele era investigado na Operação Lava Jato e chegou a ser preso no final de 2018.

Filho do fundador da companhia, ele acabou libertado após pagamento de uma fiança de R$ 28 milhões.

 

A causa oficial da morte de Cesar Mata Pires Filho ainda não foi informada pelo hospital. Segundo O Globo, ele completaria 41 anos no mês de setembro.

Ainda conforme apurado pelo veículo, Cesar foi submetido a uma cirurgia para implantação de dois stents (uma espécie de endoprótese usada para desobstruir artérias). A operação foi bem-sucedida e o quadro dele foi considerado estável após o procedimento. A situação dele piorou nos últimos dias.

 

Cesar era acusado de corrupção em ação penal a respeito de supostas fraudes e propinas de R$ 67,2 milhões na construção da Torre de Pituba, sede da Petrobrás em Salvador. 

As obras foram alvo da Operação Sem Limites, 56.ª fase da investigação, deflagrada no dia 23 de novembro, com o cumprimento de prisões e buscas e apreensões.

 

O pai dele, o também empresário César Mata Pires, dono da OAS, morreu em 2017 na cidade São Paulo vítima de um infarto (Atualizada às 14h40).

25 de julho de 2019 às 9:37

Picolé Caicó ganha simpatia depois de ação de advogado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois da pipoca Bokus, preferida do ex-senador Garibaldi Filho e da governadora Fátima Bezerra, que defende o produto fabricado no Rio Grande do Norte, agora outra marca potiguar ganha destaque: o Picolé Caicó.

Tudo porque um advogado – logo um advogado? – entrou com uma ação contra a empresa porque se sentia incomodado com o “barulho” do vendedor em sua rua.

A justiça negou e o reclamante virou chacota na cidade, personagem de memes que passaram a identificá-lo como “advogado picolé”.

Com isso o picolé que já tem a simpatia dos potiguares, vem ganhando ainda mais, dado que a ação do reclamante foi mal vista pela sociedade.

É que a reclamação do advogado pôs em risco o emprego do vendedor de picolé…

25 de julho de 2019 às 8:43

Depois de pedir vista do processo, presidente do TRE julga pedido de cassação do deputado Sandro Pimentel na terça-feira [3] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado Sandro Pimentel tem uma preocupação extra em pleno recesso da Assembleia Legislativa.

O processo de cassação do mandato do parlamentar volta à pauta do TRE na próxima terça-feira (30).

Sandro enfrenta processo por acusação de irregularidade na prestação de contas da campanha, e foi o último deputado, entre os 24 eleitos, a ser diplomado.

O julgamento já foi iniciado e o relator, o juiz Francisco Glauber, votou pela cassação, porém, o presidente do Tribunal, desembargador Glauber Rêgo, pediu vista do processo.

Dos seis votos que o processo ainda receberá, está o da juíza Adriana Magalhães, agora titular por dois anos, e que no ano passado, como juíza substituta, suspendeu a diplomação de Pimentel.

Caso o deputado do PSOL seja cassado, assumirá a vaga o primeiro suplente da coligação, o ex-deputado Jacó Jácome (PSD).

25 de julho de 2019 às 4:18

Deputado denuncia que familiares de Bolsonaro usaram helicóptero do governo para irem a casamento do filho do presidente [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado Paulo Pimenta (PT) denunciou nesta quarta-feira que a família do presidente Jair Bolsonaro usou avião da FAB para ir ao casamento do deputado Eduardo Bolsonaro, o filho que o presidente quer emplacar como embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

Foi Osvaldo Campos, sobrinho de Bolsonaro que não se conteve e revelou o privilégio tão combatido pelo tio, através de um vídeo postado no youtube.

Porque não basta se beneficiar das mordomias…tem que postar, mostrar para o mundo…Braseeel!!

Osvaldo Campos fez uma transmissão no Facebook para registrar o momento onde ele e familiares, além do deputado Hélio Lopes (PSL-RJ), conhecido por acompanhar Bolsonaro em todos os eventos públicos, usavam a aeronave pública.

Eduardo se casou com a psicóloga Heloísa Wolf em uma casa de festas em Santa Teresa, no Rio.

Veja a transmissão do sobrinho do presidente:

25 de julho de 2019 às 3:14

Hackers que teriam invadido celulares de Moro, Guedes e mais de mil pessoas até agora não tem ligação com os grampos do Telegram [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Tem uma confusão formada mas ninguém ainda quis explicar.

O que os hackers presos tem a ver com a interceptação de conversas via Telegram, que estão sendo divulgadas pelo site The Intercept?

Pelo que se tem divulgado…nada.

As conversas divulgadas pelo site do jornalista Gleen Greenwald são somente conversas.

O material encontrado com os hackers presos essa semana remete a uma quadrilha de estelionatários que atuaria com extorsão e visava entrar nas contas de mais de mil pessoas para conseguir dinheiro, e não conversas que viessem a descobrir qualquer esquema para, ou acelerar ou derrubar a operação lava jato.

O fato de ter os nomes dos ministros Paulo Guedes e Sergio Moro não indica que se trata da grande descoberta das fontes do site The Intercept.

A impressão é que há a intenção de se criar um grande mal entendido para convencer a população que finalmente se encontrou os “criminosos” que invadiram os telefones de Sergio Moro e dos procuradores da lava jato.

É bom que se diga que, pelo menos até agora, uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa.