Thaisa Galvão

25 de agosto de 2019 às 11:56

Bolsonaro é obrigado a mudar tudo o que disse sobre a Amazônia e a liberar milhões para combater queimadas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A coisa pegou para o presidente Bolsonaro…

O caso Amazônia fez o presidente do Brasil rever muitas besteiras que tem falado.

Depois de ter virado alvo de críticas de vários países do mundo, e no 8º mês de gestão já ter inaugurado o movimento “Fora Bolsonaro” (é natural da política mas nunca antes do 1º ano), o presidente mudou os planos.

Fez pronunciamento em cadeia de rádio e TV, contrariando o que sempre declarou, que preferia seu canal no facebook…

E mudou declarações sobre as queimadas.

Culpou Ongs, fazendeiros e índios pelas queimadas, mas hoje se limita a dizer que pontas de cigarro jogadas nas estradas podem causar os incêndios…

Também mudou em relação a decisões do Governo.

Primeiro disse que não tinha dinheiro para combater as queimadas.

Agora, em pleno sábado, o Ministério da Economia aprovou a liberação de 38,5 milhões para o combate de queimadas na região da Amazônia.

Com direito a descontingenciamento de recursos para atender a pedido feito na sexta-feira pelo Ministério da Defesa.

Como o presidente já declarou que tem ingerência sobre todos os Ministérios, o pedido e a liberação nem foi da Defesa nem da Economia: foi do “arrependido (?)” Bolsonaro.

A liberação do dinheiro será imediata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*