Thaisa Galvão

2 de setembro de 2019 às 17:46

São Gonçalo: Prefeito Paulinho encerra Agrofest dizendo que evento será ainda maior no próximo ano [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito Paulinho encerrou neste domingo, com uma corrida de jegues e show de Giannini Alencar, a 1ª Agrofest, a feira de artesanato e atrações culturais de São Gonçalo do Amarante.

Com acesso a linhas de crédito, rodadas de negócios, capacitação, palestras com temas ligados à pecuária, exposição de animais e implementos agrícolas, concurso de leiteiro, corrida de jegue, feira de artesanato e atrações culturais, a feira movimentou o setor agropecuário da região.

Realizado pela Prefeitura Municipal, o evento gerou cerca de 400 empregos diretos e indiretos.

“Estamos felizes em realizar essa grande feira, que gerou oportunidade, renda e muito lazer ao nosso povo. Tratores, gados, piscinas, plantas, tudo foi vendido. Superou nossas expectativas. Próximo ano será ainda maior”, disse prefeito Paulo Emídio.

A feira teve apoio do Governo do Estado, Emparn, Anorc, Faern, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, AGN e Santander.

Fotos Ariel Dantas 

2 de setembro de 2019 às 17:33

Apodi, Mossoró e São Gonçalo na lista de compromissos de fim de semana da senadora Zenaide Maia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A senadora Zenaide Maia dedicou a agenda do fim de semana ao interior do Estado.

Inauguração da Casa de Regentes do IFRN em Apodi, para onde encaminhou emenda quando deputada foi um dos compromissos da senadora.

Que também foi ao IFRN de Mossoró e a Fenaciti.

Em São Gonçalo do Amarante a senadora participou do encerramento da 1° Agrofest, na comunidade de Poço de Pedra.

Fotos Ivanízio Ramos

2 de setembro de 2019 às 17:22

Festa dos 50 anos do Jornal Nacional junta os apresentadores William Bonner e Fátima Bernardes [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha

Um seleto time de jornalistas se reuniu na noite de domingo (1) em um restaurante no bairro do Jardim Botânico, onde fica a sede da emissora, para brindar aos 50 anos do Jornal Nacional, primeiro programa de TV no Brasil apresentado em rede nacional.

Faltou muita gente na foto, é verdade, mas os registros já garantem alguns encontros impensáveis, quase improváveis. Só de ver William Bonner e Cid Moreira juntos, bem ao lado de Fátima Bernardes, Renata Vasconcellos, Sérgio Chapelin, Patrícia Poeta e Alice-Maria, já é um afago para quem, como esta jornalista, zela pela memória da televisão brasileira.

Alice-Maria era o braço forte de Armando Nogueira, diretor de jornalismo da Globo naquele setembro de 1969, quando o JN decolou, até 1989, quando se demitiu, logo após a famosa edição do debate final entre Lula e Collor para a eleição presidencial.

A edição foi assumidamente realizada por Alberico de Souza Cruz, subalterno de Nogueira, que, diante da saída do chefe, assumiu o posto. Por bons anos, Alberico serviu aos Marinhos como homem forte do jornalismo da Globo, até se substituído, em 1995, por Evandro Carlos de Andrade, vindo do jornal da família, O Globo.

Foi Evandro quem peitou a troca dos locutores Cid Moreira e Sérgio Chapelin por dois jornalistas, Bonner e Lillian Witte Fibe, primeira titular do Jornal Nacional (que não foi ao encontro). Evandro morreu em junho de 2001. Nogueira se foi em 2010.

Alberico também esteve na celebração da noite deste domingo (1).

Faltou também Celso de Freitas, que apresentou o JN com Cid Moreira entre 1983 e 1989, enquanto Chapelin esteve no SBT. Hoje titular do Jornal da Record, onde vez ou outra noticia manchetes contrárias à família Marinho e ao Grupo Globo, Freitas não foi convidado.

Responsável pela concepção de rede que se tinha em 69, graças a um período passado nos Estados Unidos, de onde vinha o sonho de fazer uma televisão coast to coast (aqui dita de norte a sul), Boni (José Bonifácio de Oliveira Sobrinho) também não estava na celebração.

Há dez dias, procurei Boni, pilar essencial na construção da hegemonia da Globo, para confirmar se o JN foi de fato o primeiro programa de TV em rede feito no Brasil. A informação serviria a um texto de análise para a Ilustrada, da Folha, e ele me respondeu o seguinte:

“O JN só foi possível com a inauguração da rede de micro ondas da Embratel então empresa estatal. No início, devido às custas altas da rede, somente o JN era ao vivo. Mas em 70 também atualizamos as novelas. O modelo JN veio da TV dos Estados Unidos. Uma curiosidade: assim que a rede foi inaugurada, um grupo da Globo almoçava e discutíamos a viabilidade do JN. O problema era o custo. O diretor comercial, Ulisses Arce, levantou- se e disse: ‘Eu banco. Vendo amanhã’ . E vendeu. Walter [Clark, diretor-geral da Globo na época] e Arce queriam um jornal com a entrada de locutores de diversas praças. O Armando Nogueira e eu discordamos. O Walter achava que o Armando era contra. Mas, afinal o nosso formato venceu. O conceito do JN foi definido por mim, Armando e Alice-Maria. E eu escolhi o horário para brigar com o Repórter Esso.”

Na noite deste domingo, João Roberto Marinho, presidente do Conselho Editorial do grupo, comemorou a ocasião, lembrando que o JN foi o grande sonho realizado de seu pai, Roberto Marinho.

“Muito bom comemorar com essa equipe os 50 anos do JN, que foi a realização de um sonho do meu pai: um jornal capaz de reunir o país e levar informação de qualidade para os brasileiros”, disse ele, segundo comunicado distribuído pela Globo que aqui reproduzimos. “Parabéns pelo que fizemos e pelo que ainda vamos fazer.”

Atual diretor de jornalismo da casa, Ali Kamel completou: “Gostaria de dizer, em nome de todos, que reconhecemos que só podemos fazer o jornalismo que fazemos graças à independência que a família Marinho tão corajosamente nos garante. E agradecer por isso”.

Além de diretores de jornalismo da Globo, executivos, e profissionais de bastidores, também estiveram presentes na comemoração nomes como Sandra Annenberg, Glória Maria, Maju Coutinho, César Tralli, Léo Batista, Dulcineia Novaes, Chico Pinheiro, Zileide Silva, Caco Barcellos, Sonia Bridi, Ernesto Paglia e Renato Machado.

Marluce Dias da Silva, que sucedeu Boni no comando geral da Globo, tendo passado pouco tempo no cargo, esteve presente.

2 de setembro de 2019 às 15:42

Presidente da Urbana vai à Câmara esclarecer sobre coleta de podas e entulhos em Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente da Urbana, Jonny Costa, explicou hoje à Comissão de Finanças da Câmara sobre a descontinuação do contrato para recolhimento de restos de poda e material descartado pela construção civil.

Segundo Costa, a descontinuação ocorreu por solicitação da própria empresa prestadora do serviço.

O titular da Urbana disse que a participação na Conissão serviu para explicar à população sobre a situação.

Jonny Costa revelou que a empresa RCC Correia começou a realizar o serviço previsto em contrato no mês de janeiro deste ano e, já no mês de março, solicitou um reajuste contratual, alegando defasagem.

“Essa revisão só poderia ser feita após um ano de vigência. Obviamente, descartamos”, disse o presidente da companhia, justificando o encerramento dos trabalhos de forma unilateral.

Jonny disse ainda que foi notificado pelo TCE para esclarecer sobre 22 pontos existentes no contrato, e que o Ministério Público de Contas também analisou o documento e pediu até a suspensão dos pagamentos da Urbana para a empresa, mas isso não foi acatado pelo relator do processo no Tribunal.

Segundo o presidente, para não haver descontinuidade no serviço, a Urbana iniciou o processo para a contratação emergencial de uma nova empresa, e seis empresas apresentaram propostas, incluindo a própria RCC Correia, que ingressou com um pedido na Justiça para suspender a contratação emergencial e obteve uma liminar favorável.

Jonny Costa informou ainda que vai à Vara da Fazenda Pública conversar com o juiz que suspendeu temporariamente a contratação para explicar todo o caso e tentar reverter o impedimento.

“Estamos muito tranquilos em relação ao nosso posicionamento. A Urbana tomou a decisão pensando na preservação do patrimônio público e no bem-estar da população natalense, que estava sendo prejudicada pela paralisação do recolhimento dos restos de poda e de entulho da construção civil. Esses materiais voltaram a ser recolhidos pelas equipes da Companhia e estão sendo depositados em uma área no Município de Macaíba, após uma assinatura de um termo de cooperação com a Prefeitura local”, destacou o presidente da Urbana.

Fotos Alex Régis

2 de setembro de 2019 às 14:14

Após cirurgia na cabeça, ex-prefeito Carlos Eduardo Alves deverá ter alta hoje ou amanhã [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Após se submeter a uma cirurgia na cabeça, para retirada de um coágulo, provocado por uma queda, o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves deverá receber hoje ou amanhã.

Ele está internado no Hospital do Coração, a cirurgia foi tranquila, o estado é bom segundo os médicos, mas ainda está sem receber visitas.

O ex-prefeito caiu quando caminhava na praia, bateu com a cabeça e machucou o ombro.

Na semana passada foi visto andando com o ‘braço na tipóia’.

2 de setembro de 2019 às 13:10

Datafolho aponta crescimento da desaprovação de Jair Bolsonaro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Continua aumentando a desaprovação do Governo Bolsonaro.

Hoje a Folha divulgou mais uma pesquisa Datafolha.

Eis os resultados da avaliação do governo.

 

Ótimo/bom: 29%

Regular: 30%

Ruim/péssimo: 38%

Não sabe/não respondeu: 2%

 

Em julho e em abril, quando foram realizadas as pesquisas anteriores, os índices foram:

 

Ótimo/bom: 33%, em julho; 32%, em abril

Regular: 31%, em julho; 33%, em abril

Ruim/péssimo: 33%, em julho; 30%, em abril

Não sabe/não respondeu: 2%, em julho; 4%, em abril

2 de setembro de 2019 às 12:14

Presidente do PT de Severiano Melo diz que está fora do grupo de oposição e que partido terá candidato próprio [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Presidente do PT do município de Severiano Melo, o professor  Yure Paiva disse ao Blog que o partido já foi procurado, tanto pelo grupo governista quanto pelo grupo da oposição, para tratar de eleições municipais do próximo ano.

Porém, de acordo com a plenária do partido, o PT de Severiano Melo terá candidato a prefeito.

E Yure Paiva poderá ser o candidato, já que o nome está entre os prováveis a serem definidos pela legenda.

O presidente do PT disse que não participou da reunião de ontem com o grupo de oposição ao atual prefeito, e portanto, não faz parte do grupo.

2 de setembro de 2019 às 8:57

Cantor Nando Reis grava vídeo afirmando que não foi agredido em Mossoró [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O cantor Nando Reis gravou um vídeo para desmentir a notícia de que teria sido agredido no show que fez na sexta-feira em Mossoró.

Confira o que disse o cantor.