Thaisa Galvão

10 de setembro de 2019 às 11:00

Denúncia mostra que donos da Odebrecht pagaram mesada por mais de 10 anos ao irmão do ex-presidente Lula [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Acusado de pagar mesada ao irmão com dinheiro de propina da Odebrecht, o ex-presidente Lula foi denunciado mais uma vez.

Lula, Frei Chico, os donos da Odebrecht, Emilio e Marcelo Odebrecht, e o ex-diretor da empresa Alexandrino Alencar, foram denunciados por corrupção pela força-tarefa da Lava-Jato em São Paulo.

De acordo com o Ministério Público Federal, Frei Chico recebeu R$ 1.131.333,12, de “mesada” que variou de R$ 3 mil a R$ 5 mil.

Os procuradores dizem que o pagamento era parte de um “pacote” de vantagens indevidas oferecidas a Lula, em troca de benefícios diversos obtidos pela Odebrecht junto ao governo federal.

Segundo a denúncia, os pagamentos começaram em janeiro de 2003, no valor de R$ 3 mil, em junho de 2007 passaram a ser feitos de R$ 15 mil a cada três meses (equivalente a R$ 5 mil por mês), e só terminaram em 2015, com a prisão de Alexandrino Alencar, o executivo responsável por operar os repasses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*