Thaisa Galvão

10 de outubro de 2019 às 1:21

Prêmio Nobel de Física foi orientador de professor da UFRN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Prêmio Nobel de Física 2019, conquistado pelos físicos suíços Michel Mayor e Didier Queloz, da Universidade de Genebra, e pelo americano James Peebles, da Universidade de Princeton, tem uma ligação com o Rio Grande do Norte.

Um dos dois suíços foi orientador de Doutorado do professor-Doutor da UFRN, José Renan.

O também potiguar Bruno Leonardo Canto Martins, astrônomo e professor de Física na UFRN, compôs o grupo de Renan quando fazia Doutorado em Genebra.

Os cientistas premiados descobriram o primeiro planeta orbitando uma estrela similar ao Sol e o teórico que lançou a base moderna para estudo do nascimento e desenvolvimento do Universo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*