Thaisa Galvão

24 de outubro de 2019 às 16:53

Pretenso candidato a prefeito nega que sabia que PRB havia definido por não ter candidatura majoritária e partido reafirma nota emitida sobre o assunto [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Ex-secretário de Saúde de Parnamirim, que pretendia disputar a Prefeitura do município na eleição suplementar de 1º de dezembro, Carlos Filho rebateu, através de sua assessoria, a nota do PRB, seu partido, dizendo que os membros da legenda já sabiam que não teriam candidatura majoritária.

O ex-auxiliar do prefeito cassado Marconi Barreto disse através de sua assessoria que nunca conversou sobre isso com o PRB e que no dia 18 passado recebeu a garantia do partido que teria a legenda para ser candidato.

Consultado pelo Blog, o PRB mantém a nota emitida, que agora é publicada na íntegra aqui.

A nota foi emitida depois que Carlos Filho foi para as redes sociais e disse que a política era “suja e rasteira”.

Nota

A Comissão Executiva Provisória Estadual do Republicanos no Rio Grande do Norte, em nome da verdade e da transparência de seus atos, declara que tinha o compromisso e a participação no lançamento de candidatura própria encabeçada por nossa legenda para a Eleição Suplementar em Ceará-Mirim, a ocorrer no dia 01 de dezembro do corrente ano, sendo contemplada em nossa estratégia eleitoral a disputa da chefia do executivo municipal.

Entretanto, colide com as diretrizes e alinhamentos políticos traçados legitimamente pelas instâncias Estadual e Nacional, aliança ou composição para que qualquer filiado dispute na condição de Vice-Prefeito.

Estas informações foram combinadas há mais de um mês com os interessados que agora fingem desconhecer e irrogam inverdades.

Pedimos desculpas pelos excessos e descompromisso com a verdade praticados por algum filiado no uso de suas redes sociais e comunicamos que o ato será apurado para verificação da indisciplina partidária.

*

Em Ceará-Mirim chegou a ser ventilado o nome de Carlos Filho para companheiro de chapa do atual prefeito em exercício Ronaldo Venâncio, daí a nota do PRB falar em vice-prefeitura.

24 de outubro de 2019 às 14:02

Jornalista Alex Medeiros lança hoje o livro ‘Três por Quatro’ [0] Comentários | Deixe seu comentário.

‘Três por Quatro’ é o livro do jornalista Alex Medeiros que será lançado nesta quinta-feira no restaurante Nemésios.

As músicas dos Beatles, pelo trio Galvão, Babal e João Galvão darão o tom da noite de autógrafo que marcará os 60 anos do autor.

24 de outubro de 2019 às 13:38

Empresária da Michelle Tour é eleita nova presidente da Abav/RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Representantes de empresas de turismo elegeram a empresária Michelle Pereira, da agência Michelle Tour, como nova presidente da Associação Brasileira de Agencias de Viagens – ABAV – seccional do Rio Grande do Norte.

A empresária Ohana Fernandes, da Athenas Turismo será a vice.

Michelle vai substituir o empresário Abdon Gosson, da Arituba.

24 de outubro de 2019 às 10:39

Julgamento sobre prisão após condenação em segunda instância só deverá ser concluído em novembro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Vai continuar na tarde desta quinta-feira, no Supremo Tribunal Federal (STF), o julgamento sobre a validade da prisão após condenação em segunda instância.

Até agora, em dois dias de julgamento, votaram quatro ministros.

O relator Marco Aurélio Mello votou contra a prisão antes de da ação transitar em julgado

Já os ministros Alexandre de Moraes, Luiz Edson Fachin e Luís Roberto Barroso votaram a favor da prisão após condenação em segunda instância.

Pela ordem vão votar ainda os ministros Rosa Weber, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Dias Toffoli.

Caso a votação não termine hoje, o julgamento será concluído apenas em novembro, já que não haverá sessões plenárias do STF na próxima semana, de acordo com calendário divulgado pela Presidência da Corte no final do ano passado.

E o julgamento não deverá mesno ser concluído hoje já que o STF não vai estender a sessão.

É que às 18 horas haverá solenidade de abertura do Seminário das Altas Cortes do BRICS, na sede do Tribunal, com presença dos presidentes e vice-presidentes das Altas Cortes da África do Sul, da China e da Rússia.

24 de outubro de 2019 às 10:10

Para os deputados Sandro Pimentel e Isolda Dantas, nova Previdência vai penalizar a população mais pobre do Brasil [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL), na Assembleia Legislativa, ao comentar a aprovação da Reforma da Previdência:

“Foi um ataque aos direitos históricos do trabalhador. O governo está atacando o povo pobre, trabalhador, que recebe até três salários mínimos. Se tivesse pulso, faria taxação das grandes fortunas, cobrando das multinacionais que devem muito”.

“O governo Bolsonaro quer fazer uma cópia falida do Chile, o país onde mais se suicidam velhos por conta da privatização da previdência. Desde que foi feita são os idosos que tem sofrido, com aposentadorias reduzindo os seus valores”.

Da deputada Isolda Dantas (PT), também criticando a reforma aprovada:

“Daqui a alguns anos veremos a impossibilidade de conseguir se aposentar. A reforma vai ser uma tragédia na vida dos trabalhadores rurais e dos municípios”.

“Vai ser uma tragédia nessas pequenas cidades, sem falar da juventude que não vai conseguir se aposentar. Fica a nossa tristeza, o lamento de um governo que está destruindo o país, incapaz de construir um futuro para essa juventude”, lamentou.

“O Estado tem que servir a quem precisa dele e o que está em risco não é só a previdência, ela não é deficitária”, disse.

24 de outubro de 2019 às 10:02

Pedido do MPF pode evitar outra condenação em segunda instância para o ex-presidente Lula [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Ministério Público Federal do Rio Grande do Sul solicitou ontem que o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) anule a condenação em primeira instância do ex-presidente Lula no caso do sítio em Atibaia.

No processo, Lula já foi condenado a 12 anos e 11 meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

O ex-presidente está preso em Curitiba por condenação em segunda instância no caso do triplex do Guarujá, portanto, outro processo.

24 de outubro de 2019 às 9:56

Deputado João Maia é o único potiguar a integrar a ‘Elite Parlamentar 2019’ [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado federal João Maia (PL) foi apontado, no recente estudo da ARKO Advice, como integrante da ‘Elite Parlamentar 2019’.

O deputado do Rio Grande do Norte tem se destacado na sua atuação como presidente de duas comissões na Câmara, de grande importância para a economia do Brasil: a Comissão de Defesa do Consumidor e a Comissão Especial das Parcerias Publico Privadas, Concessões e Fundos de Investimentos.

João ainda é titular de outras comissõed tão importante quanto as que preside: a Comissão Especial da Reforma Tributária e a Comissão Especial do Saneamento Básico.

Também tem lugar como suplente na Comissão de Minas e Energia.

O estudo da ARKO Advice se baseia na conceituação e identificação das “lideranças formais” e “lideranças informais” do Congresso Nacional durante cada ano, e a Elite é formada por 110 parlamentares, sendo 74 deputados federais e 36 senadores e na edição 2019 João Maia é o único nome do Rio Grande do Norte.

Segundo o ARKO Advice, os membros da Elite Parlamentar são aqueles com grau variado de importância, que negociam com o Executivo, representam grupos de pressão, operam na busca do consenso e influenciam nas decisões do Executivo ou deixam sua marca no processo deliberativo do Congresso Nacional”.

A ARKO Advice tem 30 anos e é hoje a principal empresa brasileira de análise política, estratégia e public affairs.

Tem sede em Brasília e escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Nova Iorque e Londres e é a única empresa de public affairs do Brasil a receber os prestigiados Pollie Awards, entregues anualmente pela Associação Americana de Consultores Políticos aos principais estrategistas políticos do mundo.