SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio lateral3(240x200)'ORDER BY RAND() LIMIT 0,1;
  • Jimmy Vitara
  • outubro 2014
    S T Q Q S S D
    « set    
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031  
  • SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio lateral(240x200)'ORDER BY RAND() LIMIT 0,1;
  • @thaisagalvao

    • SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio lateral2(240x200)'ORDER BY RAND() LIMIT 0,1;
      • Grand Vitara

      O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Dias Toffoli, proclamou nesta terça-feira o resultado provisório do segundo turno das eleições presidenciais de domingo.

      O ministro informou que a chapa Dilma/Michel Temer obteve 54.501.118 votos (51,64% dos votos válidos), e a chapa Aécio Neves/Aloysio Nunes Ferreira recebeu 51.041.155 votos (48,36% dos votos válidos).

      “De acordo com o relatório, ora examinado, constata-se que Dilma Rousseff e Michel Temer obtiveram a maioria absoluta dos votos válidos, consoante o disposto no artigo 77, parágrafo segundo, da Constituição Federal de 1988, e no artigo 2º da Lei 9.504, de 1997”, disse o ministro.

      A proclamação definitiva dos candidatos eleitos somente ocorrerá após o julgamento dos relatórios dos grupos de estados relatados pelos ministros do Tribunal.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 0,1;
      • Banner AleSAT

      O deputado Henrique Alves (PMDB) negou, em contato com o Blog, que tenha aprovado, na Câmara, projeto do DEM que derrubava decreto da presidente Dilma sobre conselhos populares, como revanche pelo fato do ex-presidente Lula ter declarado apoio à candidatura do governador eleito Robinson Faria.

      “Com apoio de 19 partidos contra 3? Todos revanche também?”, justificou Henrique, explicando que a pauta era antiga e travaria a Câmara caso não fosse votada.

      Tentei muito que retirassem decreto e encaminhassem via projeto-de-lei. Com urgência até. E votaríamos com correções e ajustes na visão do legislativo. Mas não consegui. Em junho isso. O governo achava que enfraquecia a presidente e manteve o decreto apesar das minhas ponderações, sentindo reação da Casa”, disse Henrique, afirmando que oposição e outros partidos exigiam votação do decreto legislativo que suspendia o decreto presidencial, sob risco de obstrução de todas as votações.

      “Essa obstrução funcionou durante a eleição porque o quórum era baixo. E se havia ameaça de aprovar, aí era o Governo que obstruía, tirava o quórum. E com mais de 430 deputados na Casa, não tinha obstrução do Governo que resistisse. E a oposição declarou que não votaria nada sem votar o decreto. Impasse. Solução única: o voto”, explicou Henrique, que não teve mais como segurar qualquer reação do Planalto.

      “O Governo ainda tentou estender a votação, mas com 19 partidos contra 3, em algum momento a votação principal aconteceria. E aconteceu. Vontade da Casa. Irreversível. Agora vai para o Senado”, completou o presidente da Câmara.

      Em entrevista nesta quarta-feira, o presidente do Senado já adiantou que o Governo não terá sucesso com seu decreto e que a Casa deverá rejeitá-lo, assim como fez a Câmara.

      A declaração de Renan Calheiros reforça a justificativa de Henrique sobre “revanche” pessoal por causa de sua derrota no Rio Grande do Norte.

      “Ridículo! Essa matéria está na pauta desde julho, mas sem quórum para votar. Desde lá que eu quis votar como presidente da Casa, que não entendia como correto com o Parlamento a formatação apresentada. Fiz pronunciamento em julho, assumidamente contra o modelo apresentado à revelia do Congresso. Agora revanche como, se a pauta é a mesma de três meses atrás? E com apoio de 19 partidos contra 3? Todos revanche também?”, questionou o presidente da Câmara, que permanecerá no cargo até o início de fevereiro, quando terá início a nova legislatura e será eleito o novo presidente.

      Até lá, se depender de Henrique, a relação com o Planalto será a melhor possível.

      “Tive uma ótima conversa com a presidente Dilma e marcamos pessoalmente na próxima semana quando ela voltar da Bahia. Nem tratou do assunto. Acho que respeito ao Parlamento mesmo. E amanhã (quinta) chamado pelo ministro Aloísio Mercadante (Casa Civil), para conversar também. Clima de diálogo importante e necessário entre poderes. E a presidente Dilma muito bem na conversa por telefone. E na sexta o ministro Berzoini (Relações Institucionais) vem tomar café comigo aqui em casa. Relação com eles sempre muito boa. Respeito recíproco. O correto”, revelou Henrique, negando que a boa relação abra a possibilidade do presidente da Câmara assumir um Ministério no segundo governo Dilma Rousseff.

      “Ministério? Sem chance. Fora de qualquer pauta. Não deixo nem concluírem a frase, os que tentam, lógico”, disse Henrique rindo.

      “Vocês vão me aguentar aí agora todos os dias”, disse o deputado, concluindo que, terminado seu mandato, se instalará no Rio Grande do Norte.

      Deverá comandar a oposição ao governo Robinson Faria e cuidar da campanha municipal, em 2016.

      Estaria Henrique disposto a disputar a Prefeitura de Natal?

      Se perdesse…continuaria como está, sem mandato.

      Até 2018, quando deverá disputar mais um mandato de deputado federal.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 1,1;
      • Home Angels

      Por proposição da vereadora Júlia Arruda (PSB), a Câmara Municipal de Natal realizou, no auditório da Casa da Indústria, sessão solene em homenagem ao Dia do Cerimonialista, comemorado nesta quarta-feira.

      Em parceria com a representação do Comitê Nacional do Cerimonial Público (CNCP), através da sua coordenação Nordeste e no RN, o evento reuniu representantes da categoria nas diversas instituições públicas e privadas.

      “Hoje é o dia dos holofotes se voltarem para os bastidores. Vamos prestar uma justa homenagem àqueles que trabalham arduamente para que outros fiquem em evidência. E eu fico muito feliz por proporcionar este momento”, afirmou a parlamentar na abertura da Sessão com cerimonial comandado por Joãozinho Batista, responsável pelo setor na Câmara.

      O Dia do Cerimonialista é comemorado oficialmente no dia 29 de outubro, data instituída através de Projeto de Lei da vereadora Júlia Arruda.

      O presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Albert Dickson (PROS), disse que o setor oferece segurança na organização dos acontecimentos da sociedade. “Hoje é dia de festa para uma categoria que cresce e ocupa um papel de relevo. Em nome do Legislativo Natalense, parabenizo a todos os amigos cerimonialistas”.

       

       

       

      Para o chefe do cerimonial da CMN, Joãozinho Batista, trata-se da profissão guardiã das formalidades das instituições e dos sonhos dos eventos sociais. “Temos que antever situações, planejar detalhes e encontrar soluções rápidas e eficazes para todos os tipos de imprevistos. Para tudo dar certo, organização é fundamental”, explicou Joãozinho, que completou: “O cerimonial garante assessoria qualificada e profissional para as autoridades”.

       

       

       

      O evento, que também comemorou os 2 anos do CNCP, homenageou os “Amigos do Cerimonial” Toinho Silveira, a blogueira Kalina Veloso, Cláudio Paiva, da Nobres Cerimonial, e Júlio César Frederico, do Cerimoniais.Com. Na ocasião, também foram lembrados profissionais e parceiros do segmento.

       

      IMG_9390.PNG

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 2,1;
      • D' Amis - Moda Feminina
      29
      out

      Garibaldi: ministro ou presidente?

      29 de outubro de 2014 às 16:28 — 2 comentários

      Da coluna Painel, na Folha de S. Paulo de hoje, engrossando ainda mais o caldo dos que tratam o senador Garibaldi Filho como futuro presidente do Senado:

      É CANDIDATO O ministro da Previdência, Garibaldi Alves Filho, quer voltar à presidência do Senado. Ele manifestou o desejo a aliados depois que Renan Calheiros (PMDB-AL) declarou, ontem, que não pretende tentar a reeleição.
      *
      Do Blog – Até bem pouco tempo, com o nome de Garibaldi apontado como forte para voltar a presidir o Senado, alguns senadores, alguns interessados na cadeira brilhante de presidente, começaram a discutir a possibilidade de conseguirem um Ministério mais pomposo para o potiguar, na intenção de tirá-lo do páreo onde ele é visto como simpático até demais.
      Porém, com a entrada do deputado Henrique Alves navprovável disputa por um Ministério, o nome de Garibaldi volta a se fortalecer como substituto de Renan Calheiros.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 3,1;

      Deputado federal eleito, Walter Alves (PMDB) participou hoje, em Brasília, da reunião que reconduziu o deputado Eduardo Cunha à liderança do PMDB.
      Walter, assim como os demais deputados eleitos e reeleitos pelo PMDB, foram convocados para a reunião onde o partido deu aval à candidatura de Cunha a presidente da Câmara.
      O presidente da Casa, Henrique Alves, participou da reunião que chamou atenção pela atenção já dispensada aos novatos.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 4,1;
      29
      out

      Definido: a Arena das Dunas será palco do show que Roberto Carlos fará em Natal ainda este ano.

      Este será o primeiro show a ser realizado dentro do conceito geral de arena multiuso.

      A data do show será anunciada esta semana.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 5,1;
      • DNA Center
      29
      out

      Sem dar ouvidos ao resultado geral das eleições no Rio Grande do Norte, os bacuraus do município de Santo Antônio encontraram motivo para comemorar: os 669 votos de maioria para o candidato Henrique Alves (PMDB).
      Comemoração marcada para este sábado, com banda na rua e tudo mais.
      Efeito da eleição municipalizada do segundo turno.
      A festa já deve ser o pontapé inicial das eleições de 2016, com o palanque sendo formado.

      IMG_9346.PNG

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 6,1;

      O governador eleito Robinson Faria comemora vitória agora à noite no município de Montanhas.

      Ao lado do prefeito Algacir, Robinson participa da festa e chama atenção pelo 'look da noite'.

      Depois da campanha vestindo vermelho, Robinson retoma o azul como sua marca.

      Como marca do PSD.

      IMG_9314.JPG
      Nesta quarta-feira a comemoração será em Ceará-Mirim.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 7,1;

      O senador José Agripino negou nesta terça-feira especulações sobre uma possível  fusão do DEM com outra legenda.

      Presidente nacional e líder do partido, JA lembrou que não foi apenas o DEM que diminuiu de tamanho na Câmara, passando de 27 para 22 deputados a partir de 2015.

      O senador justifica que partidos grandes como o PT e o PMDB, por exemplo, também viram suas bancadas encurtarem na Casa.

      O PT que hoje tem 88 deputados mas para a próxima legislatura, só elegeu 70.

      O PMDB caiu de 72 para 66. 

       

      “Não existe absolutamente nada sobre essa ideia de fusão. Todos os partidos praticamente diminuíram de tamanho porque se evoluiu de 22 para 28 partidos, isto é, houve uma distribuição de parlamentares pelos partidos a mais que foram criados”, explicou o senador, que reunirá a Executiva Nacional do DEM na primeira quinzena de novembro.

      “O que nós temos que fazer é discutir internamente qual é a melhor estratégia para atuação do ponto de vista quantitativo e qualitativo do partido. Vamos fazer um debate interno e, a partir daí, desenvolver uma atuação externa com vistas ao crescimento”, destacou o senador. 

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 8,1;

      Em entrevista na Rede TV, nesta terça-feira, o vice-governador, deputado Fábio Dantas (PCdoB), agradeceu a votação da chapa comandada pelo governador eleito Robinson Faria (PSD), e falou sobre a transição que deverá começar na próxima semana.

      Embora não antecipe, Fábio deverá ter participação atuante na comissão.

       

      "Vamos levantar os dados atuais do Estado e faremos uma equipe técnica para organizar as próximas ações”.

       

      Fábio voltou a dizer que não vai ser secretario do governo.

      “Quero emprestar o mandato de vice-governador para ajudar o Rio Grande do Norte. Vou ser parceiro de Robinson no meu mandato, mas sem ser secretário”, repetiu o vice eleito.

      IMG_9312.PNG

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 0,1;
      • Banner AleSAT

      Depois do Outubro Rosa, começa o Novembro Dourado.

      A campanha de combate ao câncer infanto-juvenil será lançada no dia 30 de outubro, na Câmara de Vereadores de Natal, e no dia 3 de novembro no auditório da Fiern.

      Na Câmara o movimento será lançado durante audiência pública da Frente Parlamentar, com início às 9 horas.

      A campanha segue com programação até o final do mês, mas o ponto alto será o dia 23, marcado pela luta contra o câncer infanto-juvenil em âmbito nacional, estadual e no município de Natal.

      No Brasil, o câncer já representa a primeira causa de morte por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 .

      Para lembrar a data e conscientizar toda a população da importância do diagnóstico precoce, a Casa Durval Paiva, o Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC), a Liga Norte-rio-grandense contra o Câncer e o Hospital Infantil Varela Santiago se unem em torno da campanha.

      IMG_9303.JPG

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 1,1;
      • Home Angels

      A CEI dos processos administrativos da Câmara Municipal, ouviu nesta terça-feira a secretária Municipal de Educação, Justina Iva, e o secretário de Saúde, Cipriano Maia.

      As duas pastas têm o maior número de processos trabalhistas aguardando definição.

      De acordo com o vereador Dickson Nasser Jr, relator da CEI, com esses esclarecimentos e das oitivas passadas, observou-se que haverá um avanço significativo no andamento desses processos quando houver a modernização e informatização do sistema.

      “Em janeiro de 2013, quando assumimos a gestão, a secretaria encontrou R$ 70 milhões de restos a pagar e tínhamos apenas R$ 1,5 milhão na conta. Encontramos terceirizados com cinco meses de salários atrasados. Já pagamos quase R$ 20 milhões dessa dívida. Temos 582 processos em diligência, ou seja, que aguardam documento de requerente. Nós temos o dever de dar entrada ao processo do servidor mesmo que não haja a documentação completa. Ele fica encarregado de trazer o que falta, mas nem sempre cumpre”, explicou Justina.

      “É uma lógica disfuncional, e se não mudarmos não haverá solução. Ela nunca permitirá cumprir o prazo de 30 dias que a legislação aponta para andamento do processo. Além disso, se houver uma modernização, o fluxo dos processos será muito maior. Não garantimos orçamento para isso. O orçamento anual na saúde não consegue nem pagar a folha. Precisaríamos ter uma suplementação orçamentária”, justificou Cipriano.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 2,1;
      • D' Amis - Moda Feminina

      Derrota para o Governo agora à noite na Câmara Federal, na primeira sessão pós-reeleição da presidente Dilma Rousseff.

      A oposição conseguiu o apoio de partidos da base, como PMDB e PP, e conseguiu aprovar o projeto do líder do DEM, deputado Mendonça Filho (PE), que derruba o decreto da presidente que criou a Política Nacional de Participação Social (Decreto 8.243/14).

      O projeto ainda será votado no Senado.

      O decreto presidencial causa polêmica no Congresso desde junho e até mesmo o presidente da Câmara, deputado Henrique Alves, já se pronunciou contra a norma por considerar que ela invade prerrogativas do Congresso. Alves disse que a sessão que derrubou o decreto foi histórica e comemorou a “manifestação de altivez e democracia desta Casa”.

      Apenas o PT, o PCdoB, o Psol e parte do Pros ficaram ao lado do governo e tentaram inviabilizar a votação com a apresentação de requerimentos – todos os demais partidos se uniram à oposição. Foram necessárias duas horas e meia de discussão para vencer a obstrução imposta pelos três partidos, mas o decreto presidencial acabou derrotado em uma votação simbólica.

      A líder do PCdoB, deputada Jandira Feghali (RJ), minimizou o resultado. “Estou vendo uma certa alegria no Plenário pela possibilidade de derrotar o decreto, como se isso fosse uma derrota retumbante do governo, mas depois da vitória retumbante da presidente Dilma isso é uma coisa menor”, disse a líder. Para ela, o tema dos conselhos populares pode ser retomado em um projeto de lei.

       

      Participação

      O decreto que a Câmara sustou cria um sistema de participação chefiado pela Secretaria-Geral da Presidência da República. Estão previstos um conselho permanente; comissões temáticas; conferências nacionais periódicas; uma ouvidoria pública federal; mesas de diálogo; fóruns interconselhos; audiências e consultas públicas; e ambiente virtual de participação social.

      A intenção é permitir que as entidades influenciem as políticas e os programas de governo e consolidar a participação como um método de governo.

      Não agradou ao Congresso, no entanto, o ponto do decreto que dá ao secretário-geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, o poder de indicar os integrantes das instâncias de participação e definir a forma de participação.

      Mendonça Filho disse que o projeto tem viés autoritário. “Impõe, via decreto presidencial, um modelo de consulta à população que é definido pelo Poder Executivo. É uma forma autocrática, autoritária, passando por cima do Parlamento, do Congresso Nacional, da Casa do Povo, de estabelecer mecanismos de ouvir a sociedade”, criticou.

      Para o deputado Alceu Moreira (PMDB-RS), os conselhos criados serão comandados “da antessala da Presidência da República”.

      Já o líder do PSDB, deputado Antonio Imbassahy (BA), disse que o decreto inverte a lógica da democracia representativa. “Com esse decreto, a presidente Dilma quer que a escolha dos representantes do povo seja feita pelo governo do PT”, disse.

       

      Debate eleitoral

      Durante a discussão, deputados do PT e do PSol disseram várias vezes que a oposição pretendia criar um “terceiro turno eleitoral” durante a votação do projeto para sustar o decreto de participação.

      Para o líder do governo, deputado Henrique Fontana (PT-RS), o decreto apenas fortalece um conjunto de conselhos. “Ele melhora e amplia a participação da sociedade no controle da gestão pública”, declarou.

      É o mesmo argumento do vice-líder do PT, deputado Afonso Florence (BA). “Não há uma linha sequer neste decreto que prove a subtração de prerrogativas do Legislativo. Ele fortalece a democracia, com a participação da sociedade civil, dos movimentos sociais organizados, setores empresariais, acadêmicos, instituições de pesquisa”, opinou.

       

      Votação

      Ao realizar votações na semana que sucedeu o segundo turno das eleições, o Plenário da Câmara quebrou a tradição das últimas eleições. Em 2002, 2006 e 2010, o Plenário só voltou a realizar votações na segunda semana depois do resultado das urna.

       

      Fonte: Agência de Notícias da Câmara

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 3,1;

      O Ministério Público Federal, a partir da Procuradoria Eleitoral Auxiliar, ajuizou no domingo de eleição, nova representação eleitoral por descumprimento à legislação que impede candidatos e suas coligações de distribuírem material impresso de campanha, no dia da votação.

      São alvos da nova representação as coligações “União Pela Mudança” e “Liderados pelo Povo”, os partidos que as compõem e seus respectivos candidatos ao governo, Henrique Alves e Robinson Faria.

      A prática conhecida como “voo da madrugada”, que consiste no derramamento de “santinhos” na noite do sábado para o domingo das eleições nas proximidades dos locais de votação, voltou a ser registrada, mesmo após a assessoria das coligações receberem, na sexta-feira, uma recomendação alertando especificamente quanto à irregularidade.

       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 4,1;
      28
      out

      Os candidatos nas eleições de 2014 tem até o dia 8 de dezembro para apresentarem as prestações de contas de suas campanhas.

      Dez dias depois, 18 de dezembro, os eleitos serão diplomados.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 5,1;
      • DNA Center

      Tudo o que o Palácio do Planalto não quer…

      Mas o líder do PMDB, deputado Eduardo Cunha, deve ser lançado candidato a presidente da Câmara nesta quarta-feira.

      Pelo combinado do rodízio, o próximo presidente deveria ser do PT.

      Mas…tudo muda.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 6,1;

      O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves, recebeu hoje, na reunião de líderes, requerimento do vice-líder do PP, deputado Esperidião Amim (SC), para que a admissibilidade da PEC da Reforma Política (352/13) seja votada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) nesta quarta-feira. 

      O requerimento foi assinado por 15 dos 22 líderes.

      Esperidião Amim argumentou que os parlamentares foram cobrados durante todo o processo eleitoral sobre a urgência de uma reforma política e a Câmara não pode mais adiar a discussão do tema. Ele lembrou que a proposta que deve ser votada nesta quarta-feira pela CCJ foi elaborada por um grupo de trabalho em 2013

      Henrique concorda que não há mais razão para adiar o debate e acredita que as divergências sobre o mérito da proposta poderão ser discutidas na comissão especial que será criada para analisar a PEC. 

      Foto Rodolfo Stuckert

      IMG_9297.PNG

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 7,1;

      O atual presidente da Fiern, Amaro Sales, e o ex-presidente Flávio Azevedo, foram empossados hoje, em Brasília, como membros da nova diretoria da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

      Amaro Sales também continua na presidência do Conselho da Micro e Pequena Empresa (COMPEM/CNI), e Flávio Azevedo seguirá ocupando o cargo de vice-presidente.

      Do Rio Grande do Norte, participaram da cerimônia os vice-presidentes da Fiern, Pedro Terceiro de Melo e Thiago Gadelha, e os diretores Roberto Serquiz e Heyder Dantas.

      O empresário Robson Andrade foi reconduzido à presidência da CNI, em chapa de consenso, para mais um mandato.

      IMG_9293.PNG

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 8,1;

      A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – ABIH – no Rio Grande do Norte, vai eleger na próxima semana oempresário Ruy Gaspar como novo presidente.

      O Turismo é o setor, que de acordo com o empresariado, vai pedir ao novo Governo a atenção que não tem sido dada pelos governantes.

      Abaixo, entrevista com o diretor executivo da ABIH-RN, Márcio Guedes, enviada pela assessoria da instituição:

       

      Como está atual situação do turismo do RN?

      O nosso turismo tem vivido anos difíceis ultimamente. Um setor da economia tão importante, que movimenta em torno de 50 segmentos, tem sido deixado de lado pelos governantes. A divulgação é praticamente inexistente em outros mercados. O que vemos são os estados do Nordeste fortalecendo seu turismo, acreditando no setor e dando a ele estrutura e investimento para o crescimento e desenvolvimento.

      Outro problema é a perda de voos para Natal. E o que mais deixa em alerta é que os governantes não estão preocupados em, pelo menos, se reunir com os diretores das companhias aéreas para saber os motivos dessa decisão e de que forma pode ser revertida essa relevante perda. A presença do governador, que é a autoridade máxima do estado, tem peso importante para negociação com as companhias.

       

      E o que precisa ser mudado?

      O primeiro ponto é a mentalidade do governante com relação ao que representa o turismo para o seu governo. É preciso focar em um planejamento a longo prazo com ações interligadas para que o turismo do RN cresça como um todo no cenário nacional e internacional. Além disso, a Secretaria de Turismo (Setur) e a Empresa de Promoção Turística (Emprotur) precisam ter estrutura e orçamento necessário para se trabalhar e enfrentar a concorrência já organizada e executada em estados vizinhos por governantes que adotaram o turismo como uma das pastas principais de seus governos.

       

      Qual expectativa da ABIH-RN com o novo governador?

      A expectativa com o governador Robinson Faria é a melhor possível porque nas propostas de seu plano de governo estão temas como a revitalização do Prodetur, a diversificação da oferta do turismo promovendo a interiorização, percentual da mídia institucional do governo para fomentação do desenvolvimento econômico do estado.

      Uma grande medida anunciada pelo novo governador durante a campanha política foi afirmar a redução do ICMS cobrado sobre o querosene das aeronaves no aeroporto de São Gonçalo. Isso é uma reivindicação antiga de todo o trade do Rio Grande do Norte.

      Nossos vizinhos, Ceará e Paraíba, recentemente reduziram as tarifas do imposto e conquistaram novos voos, inclusive internacionais, além de outros benefícios por parte das companhias aéreas.

      Acreditamos que o governador eleito vai tratar a indicação para Setur e Emprotur de forma técnica como tem dito que será sua gestão ou que tenha conhecimento e trânsito no turismo.

       

      Como o trade pode colaborar com o governo que vai iniciar em 2015?

      O trade está à disposição do governador Robinson Faria para ajudar na recuperação da indústria do turismo do RN com ações conjuntas entre poder público e iniciativa privada. Há também o interesse das instituições e associações ligadas ao turismo como Natal Convention, Abrasel, Abav e Coohotur dentre outras trabalharem em sintonia com o governo.

       

      A ABIH-RN terá nova gestão a partir de 2015. Como será essa mudança?

      O mandato do atual presidente, Habib Chalita, se encerra em dezembro e teremos eleição para nova diretoria dia 4 de novembro. No atual momento, a ABIH-RN mostrando união e entendimento dos associados chega com chapa única para o biênio 2015-2016 com os nomes de Ruy Gaspar para a presidência e José Odécio para a vice presidência da Associação.

      O novo presidente e vice fortalecem a ligação entre os destinos Natal e Pipa. Além disso, dentro da nova diretoria haverá representantes dos demais destinos turísticos do RN como forma de integração. Neste momento, quero parabenizar o presidente Habib Chalita pelos seus quatro anos à frente da ABIH-RN com um trabalho voltado para fortalecer a imagem da Associação e de seus associados.

       

      Como será o planejamento da ABIH-RN para 2015?

      Nós teremos um calendário de eventos próprios da ABIH-RN para divulgação do destino RN e nossos associados como tem sido feito há quatro anos em várias capitais do Brasil. Também participaremos das principais feiras nacionais voltadas para o turismo. Além disso, vamos fortalecer as parcerias com empresas nacionais de forma a oferecer serviços e qualificações aos associados.

      Dentro do planejamento está o fortalecimento da Associação com a chegada de novos associados de todo o Rio Grande do Norte.

       

      Pretende alguma ação junto ao novo governo?

      Sim. É importantíssimo essa união do poder público com a iniciativa privada. Cito o exemplo de vários eventos realizados este ano pela ABIH-RN onde Prefeitura de Natal e Governo do Estado não tiveram qualquer participação. Vale lembrar que vendemos o destino Natal e RN.

      Vamos apresentar nosso calendário de eventos ao governo bem e abertos a sugestões de mudanças para fortalecimento de uma nova parceria. Também iremos conhecer a programação do governo para participação em eventos do turismo. A ideia é que tenhamos uma programação conjunta nos principais eventos, pois o mais importante é a divulgação de nosso destino e o fortalecimento do turismo.

      Estamos dispostos a participar de outras ações do governo relacionadas à fomentação do desenvolvimento econômico do estado.

      IMG_9311.PNG

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 0,1;
      • Banner AleSAT

      O governador eleito Robinson Faria será recebido com festa hoje no município de Montanhas, primeira cidade do Agreste a comemorar a vitória de domingo.
      Festa oferecida pelo casal Nino Januário e Otêmia, pais do prefeito Algacir.
      Em Montanhas Robinson teve maioria de 349 votos no primeiro turno e ampliou a vantagem para 1.053 no segundo.
      Amanhã será a vez dos festejos dos apoiadores de Robinson em Ceará-Mirim.
      Grupo comandado pelo ex-candidato a prefeito Júlio César.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 1,1;
      • Home Angels
      Carregar mais...