SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio lateral3(240x200)'ORDER BY RAND() LIMIT 0,1;
  • julho 2015
    S T Q Q S S D
    « jun    
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031  
  • SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio lateral(240x200)'ORDER BY RAND() LIMIT 0,1;
  • @thaisagalvao

    • SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio lateral2(240x200)'ORDER BY RAND() LIMIT 0,1;
      • Swit Sport

      Do delegado de Polícia Civil, Fábio Augusto Leite, se referindo ao delegado encolvido no caso Ipern e ao ex-governador do RN, que já se encontra custodiado no Quartel Geral da Polícia Militar, em Natal:

        

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 0,1;
      • Proviagens 80 dias

      O pedido do ex-governador Fernando Freire, para ir ao hospital, não foi atendido.

      Ele já está no Quartel da Polícia Militar e informação que chega ao Blog diz que ele receberá atendimento médico quando necessário.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 1,1;
      • Home Angels

      Quando desembarcou no aeroporto de São Gonçalo, o ex-governador Fernando Freire saiu acompanhado de policiais federais.

      Ele levava nas mãos um saco de remédios.

      Fonte do Blog afirmou que eles deixaram o aeroporto falando em ir ao hospital.

      Os policiais o acompanham.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 2,1;
      • Loja D`Ámis

      Acompanhado do secretário adjunto de Segurança, Caio Bezerra, e do chefe do setor de Inteligência, o ex-governador Fernando Freire viajou do Rio a Natal na última fila do avião e os três foram os últimos a deixarem a aeronave.
      FF vestia camisa xadrez, não estava algemado, não conversou, não comeu e aparentava tranquilidade.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 3,1;
      • Banner Top Car

      Já está em Natal o ex-governador Fernando Freire.

      Ele desceu do avião da TAM, saiu pelo terminal de cargas em um carro direto para uma viatura do Corpo de Bombeiros.

      Chovia no aeroporto de São Gonçalo.

        

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 4,1;
      • Reviver

      De Kennedy Diniz, direto da Hermes da Fonseca, em Natal.

       
         

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 5,1;
      • Parnamirim  Crescendo com agente

      Com base na aprovação pela Câmara dos Deputados, do Orçamento Impositivo, onde o governo é obrigado a repassar as emendas dos parlamentares incluídas no orçamento  da União, a ex-deputada Sandra Rosado pediu socorro ao ministro Henrique Alves, que presidia a Câmara quando a medida foi aprovada.
      Sandra quer contar com o prestígio de Henrique, agora como ministro, para liberar junto ao governo Dilma Rousseff a emenda assinada por ela ao Orçamento de 2015, no valor de R$ 312 mil reais, para construção do Oratório de Santa Luzia.

      O apelo de Sandra foi feito a Henrique na sexta-feira durante reunião do ministro do Tutismo com o bispo Dom Mariano, o padre Flávio e o padre Walter.

      Também participaram da reunião os vereadores Alex Moacir e Izabel Montenegro, ambos do PMDB e a ex-deputada Larissa Rosado (PSB).

        

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 6,1;

      Da Veja Online:

      Planalto pedirá apoio de Estados em julgamento no TCU

      Estratégia é apoiar-se no temor de alguns governadores ante as chances de reprovação das pedaladas – que podem provocar questionamentos semelhantes nos Estados

      O Palácio do Planalto deflagra nesta semana um movimento em busca de apoio para tentar dissipar a crise e garantir fôlego político à presidente Dilma Rousseff. Um dos principais pontos dessa estratégia é a aproximação com os governadores. Em conversas reservadas, ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) admitem que a possível rejeição do balanço de 2014 apresentado por Dilma preocupa não apenas a Presidência, mas também os Estados.
      O motivo da apreensão dos governadores é que, se o TCU reprovar as contas do governo federal em agosto, haverá brechas para questionamentos semelhantes nos Estados. Com o ambiente político conturbado e manifestações de rua programadas para o próximo mês contra “tudo o que está aí”, o temor é que haja um “efeito cascata” da rejeição de contas, primeiro passo para a abertura de impeachment.
      Ciente das dificuldades dos Estados, o Planalto espera contar com o apoio dos governadores. Um levantamento produzido pelo Planalto mostra que ao menos dezessete governadores praticaram, em maior ou menor grau, operações idênticas às manobras no Orçamento conhecidas como “pedaladas fiscais”, atrasando repasses de recursos a bancos públicos para conseguir cumprir programas sociais.
      Diante desse quadro, se o TCU der parecer contrário à prestação de contas de Dilma – cenário que, embora inédito, é considerado hoje o mais provável -, criará precedentes que podem ser usados pelas Cortes estaduais. Integrantes dos tribunais de contas dos Estados têm conversado com ministros do TCU para manifestar essa preocupação. Na lista dos governadores que estão com dificuldades para atingir a meta fiscal estão o de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), e o de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB). Mesmo sendo de oposição, eles enxergam com simpatia o movimento de Dilma em busca de sustentação.
      A pressão dos governadores sobre o TCU, uma corte de contas com forte vínculos políticos, seria uma arma importante para o Planalto. O governo não revela quais Estados enfrentam problemas para cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal para não se indispor com os governadores. “Estamos apostando no convencimento dos ministros do TCU”, disse o ministro-chefe da Advocacia Geral da União, Luís Inácio Adams. “Temos uma crise, sim, mas não é institucional.”
      Na quinta-feira, a presidente se reunirá com os governadores. A articulação de Dilma tem o objetivo de criar um pacto de união capaz de enfrentar a crise. Com a iniciativa, ela espera se contrapor ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que rompeu com o governo e pode levar adiante pedidos de impeachment. No caso do governo federal, se a rejeição do balanço de Dilma for confirmada, o relatório segue para a Comissão Mista de Orçamento do Congresso e, depois, tem de ser votado pelos plenários da Câmara e do Senado, que podem abrir processo de impeachment contra a presidente por crime de responsabilidade. Nos Estados, a competência para o julgamento é das Assembleias Legislativas. Embora o tema do encontro entre Dilma e os governadores não seja a prestação de contas, o Planalto avalia que o cenário de incertezas batendo à porta dos Estados contribui para o apoio à presidente, apesar de desavenças partidárias.
      Sem briga – Dilma não mencionou as manobras orçamentárias cometidas por Estados ao apresentar sua defesa no TCU, contestando a ponderação de que as “pedaladas” infringiram a Lei de Responsabilidade Fiscal. O plano era esse, mas, com a popularidade em baixa, ela desautorizou a estratégia, sob a alegação de que não é hora de criar atrito com os governadores. Nessa temporada de crise, na esteira de denúncias de corrupção na Petrobrás e prisões da Operação Lava Jato, Dilma solicitará aos governadores que mobilizem suas bancadas no Congresso assim que terminar o recesso, em agosto, para aprovar a reforma do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).
      Também pedirá ajuda para aprovar o projeto que revê as desonerações da folha de pagamento das empresas, visto como “prioritário” para o ajuste fiscal. Há muitas críticas no Congresso às propostas, mesmo na base aliada, e tudo vem se agravando em meio à instabilidade política e dificuldades econômicas. Foi o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva quem aconselhou Dilma a chamar os governadores para conversar, até os da oposição.
      Lula sugeriu ainda reunir os prefeitos, que, a seu ver, podem criar uma rede para divulgar suas ações. Dilma resistiu o quanto pôde, sob o argumento de que todos cobrarão pendências impagáveis nesse momento, como o aval do Tesouro para liberação de dinheiro. Apesar de não ter recursos nem paciência para ouvir queixas, ela resolveu driblar a fase do “pires na mão” para angariar apoio. Agora, falta marcar o café com os prefeitos.
      (Com Estadão Conteúdo)

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 7,1;
      • DNA Center

      O ex governador Fernando Freire, preso sábado no Rio de Janeiro, chega logo mais às 2:30h a Natal.

      Ele está sendo trazido ao Estado pelo secretário adjunto de Segurança, Caio Bezerra, e um delegado do setor de Inteligência da Sesed.

      Do aeroporto o ex-governador será levado ao Quartel do Comando Geral da PM, onde ficará custodiado.
      A secretária de Segurança, Kalina Leite e o procurador geral de Justiça, Rinaldo Reis, receberão a imprensa para uma coletiva logo mais às 14:30h, na Secretaria de Segurança Pública.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 8,1;

      Da Folha:

      Ministro do TCU é acusado de receber dinheiro desviado

      RUBENS VALENTE

      ENVIADO ESPECIAL A CAMPINA GRANDE

      O ex-tesoureiro da Prefeitura de Campina Grande (PB) Rennan Trajano Farias afirmou à Folha que, em 2010, fez entregas de dinheiro em espécie ao então candidato ao Senado Vital do Rêgo (PMDB-PB), hoje ministro do TCU (Tribunal de Contas da União).
      O dinheiro foi desviado, segundo Farias, de um contrato de R$ 10,3 milhões entre a prefeitura e uma empreiteira que não executou os serviços.
      Farias, que gravou um vídeo para o TV Folha (CLIQUE AQUI E ASSISTA) com a acusação, disse que também fez entregas ao irmão do ministro, o deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PMDB-PB), e a firmas que atuavam nas campanhas da família.
      Em 2010, o ministro do TCU disputou e ganhou uma vaga no Senado pelo PMDB-PB. Veneziano era prefeito de Campina Grande. Eles negam as acusações (leia abaixo).
      No TCU, Vital será um dos nove ministros a analisar as contas de 2014 da presidente Dilma Rousseff. Ele é ligado ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). A análise é vista pela oposição como possível via para um processo de impeachment.
      Farias foi uma importante peça das duas gestões de Veneziano (2005-2012) em Campina Grande. Diretor financeiro da Secretaria de Finanças, era responsável pelo fluxo de caixa do município.
      Na segunda gestão, ele e Veneziano se distanciaram e romperam. Segundo Farias, isso ocorreu porque os Vital do Rêgo deixaram de reconhecer as dívidas que ele contraía com agiotas para financiar as campanhas do grupo. O ex-tesoureiro disse que “perdeu tudo” para quitar os compromissos e ainda deve cerca de R$ 1 milhão.

      Farias disse que foi ameaçado de morte pelos agiotas e tentou se suicidar, tendo sido salvo por um amigo. Passou a frequentar uma igreja evangélica e decidiu que deveria tirar o “peso da consciência”.
      “Eu participei e eu também devo e mereço receber a minha sentença para que eu possa, arrependido desses erros, buscar sair dessa prisão de consciência”, disse.
      O ex-tesoureiro contou ter feito as entregas de dinheiro “diretamente no apartamento” do hoje ministro do TCU, no bairro da Prata, em Campina Grande: “[Eu] deixava lá o pacote, ou a caixa, ou a sacola, a caixa de uísque [com dinheiro], depois ele fazia toda a repartição, a divisão, e resolvia seus problemas de campanha”, disse.

      Farias afirma que assinou cheques no esquema e estima os desvios em em pelo menos R$ 4 milhões. A Folha obteve cópias de documentos que comprovam as assinaturas dele no processo de liberação de verba da prefeitura.
      O esquema, disse, funcionou da seguinte forma: a prefeitura assinou contrato com uma empreiteira chamada JGR, que previa genericamente obras “em diversas ruas de diversos bairros” da cidade.
      A JGR, diz, só tinha uma secretária e não realizou os serviços. Os cheques da prefeitura eram repassados a outras firmas, Compecc e Contérmica, sediadas em João Pessoa. Essas sacavam o dinheiro e repassavam a Farias para ser entregue aos políticos da família Vital do Rêgo.

      Além dos desvios da prefeitura, Farias disse ter levantado cerca de R$ 10 milhões junto a agiotas para as campanhas dos Vital do Rêgo. E falou da existência de um “mensalinho” na Câmara Municipal de Campina Grande.
      OUTRO LADO
      Em nota, o ministro do TCU Vital do Rêgo negou ter recebido recursos do ex-tesoureiro da Prefeitura de Campina Grande Rennan Trajano Farias e disse que não tem “relações de qualquer natureza com as pessoas citadas no referido e-mail” enviado pela Folha com perguntas.

      Vital do Rêgo afirmou ter interpelado judicialmente Farias em dezembro de 2013, para que confirmasse ou negasse o que disse em um vídeo divulgado por um blog da Paraíba na internet, no qual o ex-tesoureiro promete revelar fatos comprometedores sobre Vital do Rêgo e seu irmão Veneziano.
      Em janeiro do ano seguinte, a representação foi arquivada por decisão judicial “em razão da não apresentação de explicações por parte do interpelado [Farias]“.
      Segundo o ministro do TCU, “fazer uso do foro competente não foi o interesse deste conhecido cidadão [Farias], que esquivou de se manifestar nos autos do referido processo de interpelação judicial. Aliás, este comportamento soa como subterfúgio de um cidadão que é notoriamente conhecido na Paraíba pela prática de atos reprováveis, como a transferência de recursos públicos para a sua conta pessoal (matéria veiculada pela mídia paraibana)”.
      Em sua nota, o ministro disse que o ex-tesoureiro “procurou” a Folha –na verdade ocorreu o contrário, a reportagem é que procurou e entrevistou Farias.

      Já Veneziano Rêgo (PMDB-PB) disse que as declarações de Farias são “infâmias” e “delinquências verbais” sobre as quais “certamente não faltam estímulos e subvenções”.
      “A obtenção de recursos financeiros em minhas campanhas eleitorais sempre ocorreu conforme as regras legais, sendo as contas respectivas devidamente aprovadas”, escreveu o deputado.
      Rennan Farias disse à Folha que não respondeu à interpelação de Vital do Rêgo, em 2013, porque foi orientado pelo seu advogado, mas “em nenhum momento” recuou das declarações.
      FORO
      Farias também tomou duas medidas para, segundo ele, levar o Judiciário a apurar o caso, além de aceitar fechar um acordo de delação premiada: protocolou representação no Ministério Público da Paraíba e procurou o Ministério Público Federal de Campina Grande, que repassou o assunto para a PGR (Procuradoria Geral da República), em Brasília, pois Vital tem foro privilegiado.

      Em ambos os casos, Farias ainda não foi ouvido.
      Sobre o depósito em sua conta, Farias afirmou que houve um engano da prefeitura e o valor foi devolvido no mesmo dia da operação.
      O empresário Eduardo Ribeiro Victor, da empreiteira Compecc, negou participação em irregularidades no contrato da JGR. “Não tenho nada a ver com isso, não”, disse.
      Victor alegou que Farias “ligou para todo mundo pedindo dinheiro”, caso contrário iria procurar a imprensa, o que Farias nega.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 9,1;
      27
      jul

      A presidente Dilma Rousseff usou sua conta do facebook neste domingo para cumprimentar os avós pelo dia.

      E aproveitou para fazer um anúncio: será avó mais uma vez.

       
      Leia a mensagem postada:
      “DIA DOS AVÓS
      Com a felicidade de quem em breve ganhará mais um netinho, envio um abraço carinhoso aos brasileiros e brasileiras que, como eu, têm a satisfação de ser avô e avó. Um beijo especial para o Gabriel, que torna os meus dias mais alegres! ” 

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 0,1;
      • Proviagens 80 dias

      Quando for transferido para Natal, o que deverá ocorrer ainda essa semana, o ex-governador Fernando Freire deverá ficar preso no quartel do comando geral da Polícia Militar.

      O local está sendo definido pela Secretaria de Segurança Pública, mas o mais provável é o quartel da PM.

      Fernando Freire ocupa hoje uma cela da 12ª Delegacia de Copacabana, no Rio de Janeiro.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 1,1;
      • Home Angels

      O prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, que já lançou o secretário de Obras do Município, Naur Ferreira, como candidato à sua sucessão no próximo ano, disse há pouco, na 96FM que recebeu uma ligação da vice-prefeita de Natal e ex-governadora Wilma de Faria, declarando apoio ao seu candidato.

      Marques disse que Wilma ligou afirmando que o candidato dela em Parnamirim será o mesmo do prefeito.

      A ex-governadora tratou de se acertar com Maurício, vez que se plantou uma onda de boatos em torno de uma candidatura de Wilma à prefeitura de Parnamirim.

      Na entrevista, Maurício Marques disse que seu candidato está lançado, vez que ex-aliados como o deputado Carlos Augusto Maia e o presidente da Câmara, Ricardo Gurgel, que sempre estiveram ao seu lado, decidiram lançar suas candidaturas.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 2,1;
      • Loja D`Ámis

      O secretário adjunto de Segurança do Rio Grande do Norte, Caio Bezerra, acompanhado do chefe do setor de Inteligência do Estado, embarcou ontem para o Rio de Janeiro.

      Missão dos dois: ouvirem o ex-governador Fernando Freire, preso desde sábado na 12ª Delegacia de Copacabana, e trazerem para Natal.

      Freire foi condenado por desviar recursos públicos quando foi vice-governador do RN e criou uma lista de servidored fictícios para pagar gratificações no escândalo conhecido como Gafanhotos.

      Fernando Freire era considerado fugitivo da Justiça.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 3,1;
      • Banner Top Car

      Acompanhado do pai prefeito Arlindo Dantas e da mulher deputada Cristiane Dantas, o vice-governador Fábio Dantas foi neste domingo à procissão de São José de Mipibu.

      A procissão encerrou os festejos dos padroeiros Santana e São Joaquim.

        

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 4,1;
      • Reviver
      27
      jul

      A comunidade de Traíras, em Macaíba, também festejou a padroeira Santana.

      E no fim de semana quem prestigiou os festejos foi a deputada federal Zenaide Maia (PR), que foi recebida pelo vereador Edvaldo Emídio (PMDB) e pelo ex-vereador Emídio Júnior. Todos participaram da missa e do jantar de Santana. 

        

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 5,1;
      • Parnamirim  Crescendo com agente

      Do astrônomo da UFRN, José Dias Nascimento Júnior, descobridor de estrelas gêmeas do sol, atualmente em Harvard como professor convidado, sobre o planetário de Natal, que muito custou ao Estado, mas que nunca saiu das caixas…

      O desabafo sobre um planetário encaixotado desde o governo Wilma de Faria, que permaneceu encaixotado durante todo o governo Rosalba Ciarlini, e agora cai no colo do governo Robinson Faria…

      Eis o texto publicado no facebook:

      O que fazer quando incompetentes se reúnem ? A tragédia do planetário de 2 milhões de reais da cidade do Sol

      Sou Astrônomo e vivo de Astronomia, porém alguns aspectos relacionados com este campo do conhecimento humano em Natal/RN foge minha compreensão. 

      Estes dias visitando o planetário astronômico de Boston voltei a pensar novamente no famoso planetário de Natal que foi comprado por quase 2 milhões de reais em 2009, na gestão Wilma Faria e Isaura Rosado, que estava à frente da Fapern. 

      Segunda consta hoje na página do TCE, a Fapern pagou quase 2 milhões por um planetário de última geração que não saiu do papel, e que encontra-se encaixotado em Natal. Talvez tão bom quanto este de Boston na época. 

      Em 2009 eu já era astrofísico professor contratado da UFRN e já não entendia o porquê da compra do equipamento antes da realização do projeto estrutural e alocação do terreno, etc.

      Também não entendi porque, mesmo a UFRN tendo pesquisadores Astrônomos profissionais, o Governo do RN nunca conversou abertamente com estes, tendo feito uma “panela” em torno do assunto. 

      Aqui em Harvard, praticamente todos os professores participaram e contribuem até hoje com os temas do planetário, e por exemplo, agora mesmo está passando um programa no planetário sobre a viagem da sonda New Horizon até Plutão. 

      Por que é que isso não acontece no RN? Um dos planetários mais vendidos no mundo foi desenvolvido em colaboração Harvard – MIT. 

      No período em que este projeto de enganação estava sendo tratado na Fapern, sem nenhum conhecimento dos interessados da comunidade científico-acadêmica, eu presenciei algumas visitas da Professora Isaura ao DFTE, e mesmo ela sabendo que sou astrônomo, nunca me perguntou nada! 

      Talvez por intermédio de outros ela já sabia qual seria minha resposta. 

      Já disse em entrevistas para as TV’s de Natal que o meu sentimento na época é o mesmo de hoje e que é preciso quebrar este cerco de incopetência e ingerência em torno desta equipamento se quisermos que algo aconteça, e continuo repetindo que dinheiro sem conhecimento técnico é inócuo e só serve para alimentar o buraco negro engolidor dos recursos públicos. 

      Precisamos agir! Sugestões ?

      Bom, por hoje é só pois já perdi até o sono. 

      “Para o triunfo do mal só é preciso que os bons homens não façam nada….”Edmund Burke.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 6,1;

      Do G1

      Bobbi Kristina Brown, filha de Whitney Houston, morre aos 22 anos

      Jovem foi encontrada inconsciente na banheira de casa em 31 de janeiro. Em coma, foi transferida, em junho, para um centro de doentes terminais

        
      Bobbi Kristina Brown, filha de Whitney Houston e Bobby Brown, morreu aos 22 anos de idade neste domingo (26). A informação foi divulgada pela família Houston nas redes sociais.

      Ela estava hospitalizada desde 31 de janeiro, quando foi encontrada inconsciente na banheira de casa em Atlanta, no estado da Geórgia, sudeste dos Estados Unidos. Equipes de emergência conseguiram reanimá-la, mas sua atividade cerebral foi muito afetada.

      Sem ter acordado do coma, foi levada, em março, a um centro de reabilitação. Em junho, diante da situação crítica de Bobbi, sua família optou por transferi-la para “um hospital para doentes terminais”, onde ela vinha recebendo tratamentos paliativos.

      O desenlace da história de Bobbi Kristina se assemelha às condições em que faleceu a mãe dela, em 11 de fevereiro de 2012, um dia antes da festa do Grammy.

      A cantora, de 48 anos, foi encontrada de bruços na banheira do quarto de um hotel de Los Angeles, após sofrer uma overdose de drogas, álcool e remédios.

      Após a morte da mãe artista, Bobbi Kristina ficou aos cuidados de sua avó, Cissy Houston, e manteve uma comunicação intermitente com o pai, Bobby Brown, que teve um relacionamento conturbado com a cantora.
       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 7,1;
      • DNA Center

      Da Veja Online:

      A queda de braço dos advogados de Léo Pinheiro

      Defensores do empreiteiro divergem sobre a conveniência de o amigo de Lula fechar acordo de delação com a Justiça
      Em uma conversa com pessoas próximas, o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro avaliou que são praticamente inexistentes as chances de a Lava Jato vir a ser anulada na Justiça. Essa possibilidade chegou a ser usada como argumento por alguns advogados da empreiteira que consideram que Pinheiro deve continuar calado. 

      Outros defensores, mesmo não tendo simpatia pela ideia da delação, mostraram ao executivo que esta seria a única chance de ele evitar terminar seus dias encarcerado e quebrado financeiramente.
      Avaliam que o acordo livraria Pinheiro de uma condenação em regime fechado, daria margem para a negociação de uma multa mais branda e aumentaria suas chances de continuar trabalhando — como consultor, não mais como presidente. O executivo da OAS tem três bancas encarregadas da sua defesa — em São Paulo, Curitiba e Brasília.
      Ontem, a equipe de Curitiba, contrária à delação, divulgou uma nota em que nega “respeitosamente” que o cliente tenha intenção de fechar um acordo com a Justiça em troca de redução da pena, como revelou reportagem de VEJA desta semana. “Se negociaram a delação do Léo sem eu saber, abandono a defesa dele, porque sou radicalmente contra isso”, afirmou a VEJA o advogado Edward Carvalho, um dos que assinam a nota. As tratativas do acordo de Pinheiro estão sendo feitas na Procuradoria Geral da República em Brasília. Além de informações sobre a participação no petrolão do ex-presidente Lula, de quem é amigo, o ex-presidente da OAS prometeu entregar ao Ministério Público uma lista de políticos beneficiados pelo esquema.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 8,1;

      Com procissão e missa missa celebrada pelo Bispo de Caicó, Dom Antônio Carlos Cruz, e pelo padre local, Erivan Primo, foi encerrada no final da tarde a festa de Santana, em Currais Novos.

      Acompanhado do prefeito Vilton Cunha e do ex-prefeito Zé Lins, o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira, acompanhou a procissão.

      Também fez o percurso religioso a vice-prefeita de Natal e ex-governadora Wilma de Faria.

      Ezequiel e Wilma se encontraram durante o cortejo.

      O senador Garibaldi Filho, o deputado federal Walter Alves chegaram para a missa e não se encontraram com Ezequiel.

      Sem constar nas fotos que chegaram ao Blog, o deputado Tomba Farias também esteve em Currais Novos para o encerramento da festa.

      Fotos Assessorias

         
       

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 9,1;
      Carregar mais...