Thaysa Galvão
Thaysa Galvão
Thaysa Galvão
Thaysa Galvão
Holiday

Thaisa Galvão

24 de setembro de 2016 às 8:16

Rosalba desce hoje o Alto de São Manoel e Tião a Alberto Maranhão [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Hoje tem descida do Alto de São Manoel em Mossoró.

Quem faz o tradicional percurso de final de campanha é a candidata Rosalba Ciarlini (PP).

O adversário Tião Couto (PSDB) que fez o percurso no sábado passado, faz hoje a descida da Alberto Maranhão.

O prefeito Francisco José Júnior (PSD) desceria no próximo fim de semana, o último da campanha, mas como retirou a candidatura o trajeto não será cumprido.

24 de setembro de 2016 às 3:05

Em Mossoró, Rosalba mostra números de pesquisas feitas de abril de 2015 a maio de 2016, bem antes da campanha começar [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Causa estranheza na campanha de Mossoró, a falta de pesquisas eleitorais.

Desde que a propaganda eleitoral começou que em Mossoró não se faz pesquisa.

E na cidade, o cenário político sofre alterações…

A ex-governadora e candidata Rosalba Ciarlini começou como franca-favorita e hoje, apesar de parecer bem, começou a ser seguida mais de perto pelo candidato Tião Couto (PSDB).

Outra alteração foi a desistência do prefeito Francisco José Júnior e o desembarque de mais de 100 candidatos a vereador na campanha de Tião.

Sem pesquisas registradas no TRE há mais de 5 meses, a candidata Rosalba publicou um gráfico de pesquisas no seu programa de TV desta sexta.

Pesquisas feitas no ano passado e agora em 2016, mas bem antes da campanha começar…

Ignorou a fila que vem andando em Mossoró.

Tipo, se a eleição fosse hoje, os gráficos não seriam os que ela mostrou no programa eleitoral.

Abaixo as pesquisas publicadas no programa:

Consult – Abril de 2015, há um ano e meio. Pesquisa sem registro, já que não havia chegado ainda o ano eleitoral.
Certus – Dezembro de 2015, há 10 meses. Também sem necessidade de registro.
Consult – Fevereiro de 2016, há 7 meses, bem antes da campanha começar. Pesquisa registrada no TRE sob número RN-06811/2016
Perfil – Maio de 2016, há quase 5 meses, antes da campanha começar. Registrada no TRE sob número RN-07755/2016

24 de setembro de 2016 às 2:56

A linguagem das pesquisas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em Natal, os institutos de pesquisa resolveram falar a mesma linguagem.

Depois de errarem os resultados das pesquisas nas eleições passadas, os institutos parecem ter se abraçado nestas eleições e divulgarem números parecidos.

Tipo assim: se você cai no buraco, caimos todos juntos, mas se você subir, subiremos todos juntos.

Indiscutível que o prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) esteja na frente, mas o fato de outros 3 candidatos não darem um passo, é, no mínimo, “curioso”.

24 de setembro de 2016 às 2:49

Operação da PF teve vereador como alvo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A operação ‘Três é demais’, realizada pela Polícia Federal nesta sexta-feira em Natal e São José de Mipibu, teve como alvo o vereador Joelmo Teles (PTN), de São José.

O vereador, que vem sendo investigado há alguns anos, foi o mais votado na eleição passada e é candidato à reeleição.

Teles integra o grupo de oposição ao prefeito Arlindo Dantas.

23 de setembro de 2016 às 17:40

Juiz federal derruba decisão de juíza eleitoral que mandou Kelps abrir espaço em seu facebook para Carlos Eduardo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Tribunal Regional Eleitoral, em decisão liminar de segunda instância, suspendeu o direito de resposta que o candidato a prefeito de Natal, Kelps Lima (SD), teria que conceder, em suas redes sociais, ao prefeito Carlos Eduardo Alves PDT).

A suspensão foi deferida ontem pelo juiz federal Almiro Lemos, após duas decisões conflitantes sobre a mesma ação na 1a instância antes do processo chegar ao juiz federal.

Almiro Lemos classificou o andamento do processo contra Kelps na primeira instância de “situação pouco ortodoxa e carente de fluência adequada para recurso”.

23 de setembro de 2016 às 17:31

Quem são os envolvidos na operação da PF que cumpriu 12 mandados judiciais hoje no RN? [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O que mais chamou atenção na notícia da Polícia Federal sobre a operação Três é Demais, deflagrada em Natal e em São José de Mipibu:

O trecho do texto que diz que a Polícia Federal não concederá entrevista.

Por quê?

Quem não pode nem deve ser exposto?

Na sede da PF o que se diz é que como foram cumpridos apenas mandados de busca e apreensão, é preciso que o material recolhido seja investigado para dizer se há envolvimento dessas pessoas…

 

A operação começou há 4 anos, quando denúncias de fraudes em licitações realizadas por autarquias e órgãos públicos federais para contratação de mão de obra terceirizada passaram a ser apuradas.

 

Hoje mais de 50 policiais federais cumpriram 12 mandados judiciais de busca e apreensão, na tentativa de comprovar crimes de falsificação e de uso de documento falso, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

 

No decorrer da investigação, iniciada há 4 anos, verificou-se que um principal suspeito controlava diversas empresas sendo o fato ocultado pela participação de “laranjas”, o que permitia que ele as utilizasse para participar de inúmeros processos licitatórios, simulando, assim, a existência de uma disputa que, na verdade, era fictícia.

Durante a investigação não foram encontrados indícios da participação de servidores públicos nas supostas ações criminosas.

23 de setembro de 2016 às 15:18

MP e polícia conduzem pessoas à delegacia de Baraúna para esclarecer sobre suspeita de troca de favores eleitorais [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Ministério Público e a Polícia Civil no município de Baraúna, conduziram três pessoas à delegacia para prestar esclarecimentos.

Uma das pessoas é funcionária da Agência de Fomento em Natal e estava está em Baraúna cadastrando pessoas para participar do programa Microcrédito do Governo do Estado.

A Promotoria local desconfiou que pudesse estar havendo troca de favores entre eleitores e o Governo e conduziu as pessoas para prestar esclarecimentos.

Neste momento estão na delegacia o técnico da AGN e mais duas pessoas que foram contratadas na cidade para fazer o trabalho.

Segundo informações da delegacia local, após prestarem esclarecimentos as pessoas serão liberadas.

A medida do MP ocorreu devido a informacões que circularam na cidade de que a ação de Governo no município poderia estar beneficiando a candidata do partido governista (PSD) Divaneide, que disputa a Prefeitura de Baraúna.

23 de setembro de 2016 às 11:36

Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank chegarão a São José de Campestre para campanha de Alda Romão [1] Comentários | Deixe seu comentário.

A campanha da candidata à prefeita de São José de Campestre, Alda Romão (PSD), deverá ganhar um apoio badalado nos próximos dias.

O ator Bruno Gagliasso e a mulher, apresentadora global Giovanna Ewbank, devem anunciam presença no município, e com certeza estarão no palanque de Alda.

Contrato com os atores?

Não.

Alda é irmã de Auricélio Romão, Chef de cozinha estrelado, que já comandou cozinha de restaurante em Fernando de Noronha e hoje é cozinheiro do casal Gagliasso.

É com Auricélio que Bruno e Giovanna estão passeando em Noronha e chegarão a Campestre para a campanha de Alda.

Na amizade.

22 de setembro de 2016 às 17:52

Juíza manda Kelps parar de “ridicularizar” Carlos Eduardo que ganha direito de resposta nas redes sociais do candidato [1] Comentários | Deixe seu comentário.

A juíza eleitoral Suely Silveira condenou o candidato a prefeito de Natal, Kelps Lima (SD), a conceder direito de resposta ao prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) em suas redes sociais, por fazer postagens, segundo Suely, “com o objetivo de degradar ou ridicularizar a imagem do atual chefe do executivo municipal”.

A juíza Suely Silveira ainda mandou Kelps retirar o material de seus perfis imediatamente.

Na sentença, a juíza Suely Silveira também disse que Kelps ultrapassou os limites da legislação vigente:

“As postagens nas redes sociais do representado, com imagens que carregam em si uma mensagem subliminar, que é aquela de conteúdo dissimulado, que atua no subconsciente da pessoa a ela exposta, usada como uma forma subutil de incentivar algum comportamento, não deve ser utilizada para degradar ou ridicularizar outrem. Vê-se, portanto, que houve extrapolação do limite da crítica razoável, ínsita ao jogo político, e parte para ofensa pessoa do candidato representante, atingindo-lhe a honra, É nesse viés que se faz necessária a atuação da Justiça Eleitoral no sentido de coibir tais práticas”.

O direito de resposta a Carlos Eduardo deverá ser no mesmo veículo, espaço, local, horário, página eletrônica, tamanho, com caracteres e outros elementos de realce usados na ofensa, ficando disponível para acesso pelos usuários do serviço internet pelo tempo de 03 (três) dias, tempo não inferior ao dobro de sua veiculação.

Na decisão, a juíza Suely Silveira também determinou a abstenção de novas postagens com o uso de mecanismos ou expressões que “ridicularizem candidatos”, impondo multa de 10 mil reais e suspensão por 24 horas do acesso a suas redes sociais, caso a determinação não seja cumprida.

22 de setembro de 2016 às 16:25

Ministério Público do RN ganha é o mais premiado em evento do Conselho Nacional do MP [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte  foi o grande vencedor do Prêmio Nacional de Gestão do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), ontem em Brasília, durante abertura do VII Congresso Brasileiro de Gestão do Ministério Público. 

Dos quatro projetos finalistas, o MPRN conquistou primeiro lugar em três categorias, sendo uma das duas unidades com mais projetos selecionados. 

De cinco projetos apresentados, quatro foram escolhidos e premiados: Nascer com Dignidade (1º lugar); Grupo Reflexivo de Homens: Por uma atitude de paz (1º lugar); MP NÃO PARA – Núcleo de Apoio Administrativo Volante (1º lugar); e Transformando Destinos (2º lugar).

 

O “Nascer com Dignidade” conquistou a 1ª colocação na categoria Indução de Políticas Públicas sendo uma articulação institucional voltada para o fortalecimento das ações e da rede de atenção básica de saúde da mulher e da criança (até o primeiro mês de vida), visando a redução dos indicadores de morbimortalidade materna e neonatal. 

O projeto contou com 56 adesões de Promotorias de Justiça, abrangendo 137 municípios do Rio Grande do Norte.

 

O “Grupo Reflexivo de Homens: Por uma atitude de paz” conquistou a 1ª colocação na categoria Redução da Criminalidade e é um projeto pioneiro no Ministério Público brasileiro. Ele consiste em um grupo reflexivo de homens em processo judicial, que estejam envolvidos em contexto de violência doméstica e familiar contra a mulher, a fim de despertar uma reflexão sobre suas atitudes, fazendo com que internalizem uma conduta de comportamento assertivo, não mais praticando atos agressivos.

 

O “MP NÃO PARA – Núcleo de Apoio Administrativo Volante” conquistou o 1º lugar no prêmio dentro da categoria Unidade e Eficiência da Atuação Institucional e Operacional. 

O projeto tem por objetivo assegurar a continuidade do serviço de apoio à atividade-fim nas unidades ministeriais que vivenciam afastamento prolongado de seus próprios servidores, bem como prover suporte extraordinário para unidades que apresentem excesso temporário de demanda de apoio, notadamente aquelas resultantes da deflagração de operações em decorrência da investigação de ilícitos cíveis e penais pelos órgãos de execução.

 

O “Transformando Destinos” conquistou a 2ª colocação na categoria Indução de Políticas Públicas e é uma articulação institucional voltada para o enfrentamento diferenciado e sistemático às drogas no âmbito estadual e em municípios estratégicos do Rio Grande do Norte, com objetivos em todos os eixos de atuação (prevenção, tratamento e repressão). 

 

Este ano, o projeto teve reconhecimento nacional por parte da Secretaria Nacional de Política sobre Drogas (Senad), do Ministério da Justiça. Além disso, o Transformando tem levado sua atuação a outros estados do Brasil, como referência nessa área. O projeto tem parceria com a apoio da Associação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (Ampern) e patrocínio da Cosern.

 

O procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis Lima, ressaltou que a conquista faz parte do trabalho desenvolvido dentro do MPRN sempre buscando a excelência em suas funções. 

Na opinião dele, as conquistas colocam a Instituição em destaque no que se refere a projetos de grande relevância e alcance social feitos pelo Ministério Público.

 

O governador Robinson Faria, que estava em Brasília e participou da solenidade, frisou as conquistas dos projetos do MPRN e, em especial do Transformando Destinos, que tem a participação do Executivo estadual. “O Ministério Público está de parabéns com o engajamento de todos”, disse Robinson.

 

“A gente sabe que é responsabilidade maior porque somos modelo e vão buscar informações para difundir”, comentou o presidente da Ampern, Fernando Vasconcelos.

 

Ainda dentro da solenidade, houve a entrega ao projeto Força Tarefa Lava Jato, que foi aplaudido de pé pelos participantes da premiação, na categoria combate à criminalidade.

 

A premiação foi criada para dar visibilidade aos programas e projetos do Ministério Público brasileiro que mais se destacaram na concretização e alinhamento do Planejamento Estratégico Nacional. 

No total, foram 782 projetos inscritos de 30 unidades do Ministério Público de todo o Brasil. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, representantes de todos os Ministérios Públicos, Judiciário, comunidade jurídica, Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), Associação Brasileira de Imprensa (ABI), dentre outros participaram da solenidade.

 


22 de setembro de 2016 às 15:05

Lula é atração de almoço para arrecadar dinheiro para campanha de Mineiro a prefeito de Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Enquanto na Via Costeira o trânsito está congestionado, e petistas entram em rota de colisão com os anti-PT, para saber quem grita mais alto, dentro do restaurante Tábua de Carne, o ex-presidente Lula é a atração do almoço de adesão para arrecadar dinheiro para a campanha do candidato a prefeito de Natal, deputado Fernando Mineiro (PT).

À mesa com Lula, Mineiro e a vice Carla, que Lula chama de “o Cara” e “a Cara”, e a senadora Fátima Bezerra.

22 de setembro de 2016 às 14:56

Consult repete pesquisas anteriores que mostram Carlos Eduardo reeleito no primeiro turno [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Mais uma pesquisa do instituto Consult aponta quase unanimidade do prefeito Carlos Eduardo e demais candidatos emperrados sem sair do canto.

Coisa inédita em campanhas de Natal e do Estado também.

Veja os números da Estimulada:
Carlos Eduardo (PDT) – 54,5%

Márcia Maia (PSDB) – 6,3%

Fernando Mineiro (PT) – 6,3%

Kelps Lima (SD) – 5,1%

Robério Paulino (PSOL) – 4,5%

Rosália Fernandes (PSTU) – 0,3%

Freitas Jr (Rede) – 0,1%.

Branco/nulo – 14,3%

Indecisos – 8,8%

22 de setembro de 2016 às 14:43

Institutos de pesquisa mostram candidatos que disputariam com Carlos Eduardo ainda em posição de largada [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O que aconteceu, levando em consideração os números das pesquisas feitas em Natal, com os candidatos a prefeito que não saem do lugar?

Márcia Maia (PSDB), Fernando Mineiro (PT), e Kelps Lima (SD) em posição de largada aguardando o apito do juiz.

Imaginava-se que, mesmo sem ameaçar a dianteira do prefeito Carlos Alves (PDT), algum dos três largaria, pelo menos.

Nem isso.

Mas isso de acordo com as pesquisas eleitorais, que estão apostando todas no mesmo resultado.

É esse mesmo?

Vamos acompanhar para avaliar o ‘day after’ dos institutos de pesquisa, que no RN erram mais do que acertam.

Pelos números, o Professor Robério (PSOL) se fixou antes da largada.

Novidade nenhuma para o Blog que sentia cheiro de mofo no discurso do candidato, que não evoluiu em relação à eleição passada.

Os institutos de pesquisa seguem falando a mesma linguagem.

Resta saber se estão todos certos, ou se, como aconteceu na eleição para o governo, estão todos errados.

O Blog vai mostrando os números publicados, mesmo não ‘curtxindo’, e isso há 10 anos, desde sua criação, as tais pesquisas .

Mas publica para depois cobrar o erro. Ou parabenizar o acerto.

22 de setembro de 2016 às 14:01

Moro diz não saber sobre estado de saúde da mulher de Guido Mantega e revoga prisão de ex-ministro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O juiz Sérgio Moro revogou o mandado de peisão do ex-ministro Guido Mantega.

“Procedo de ofício, pela urgência, mas ciente de essa provavelmente seria também a posição do MPF e da autoridade policial. Assim, revogo a prisão temporária decretada contra Guido Mantega, sem prejuízo das demais medidas e a avaliação de medidas futuras”, declarou o juiz, que não tinha informação sobre estado de saúde da mulher de Mantega.

O ex-ministro estava no Hospital Albert Einstein acompanhando a mulher em procedimento cirúrgico e foi chamado pelo telefone para se apresentar fora do hospital aos policiais federais.
Durante entrevista coletiva, na qual a força-tarefa detalhou a 34ª fase da Lava Jato, o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima afirmou a prisão do ex-ministro teve como base “o fundamento foi a ordem pública”.

“Estamos falando de valores bilionários desviados dos cofres públicos”, disse. Ele afirmou que foi pedida a prisão preventiva do ex-ministro, mas o juiz recusou e deferiu prisão temporária. Carlos Fernando classificou de “coincidência infeliz” o fato de a prisão ter acontecido no momento em que Mantega acompanhava a mulher no hospital.
Do G1

22 de setembro de 2016 às 11:46

Vereador Alex do Frango e candidatos de vários partidos se integram à campanha de Tião Couto em Mossoró [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Candidato a prefeito de Mossoró, Tião Couto (PSDB), recebeu ontem o apoio dos candidatos a vereador Fábio Bento (PSD), Manoel Bezerra do (PRTB), Claudionor dos Santos (PEN) e Zé Peixeiro (PTC). 

Hoje foi a vez do PMB anunciar apoio ao candidato/

O partido chega para a campanha se Tião com o vereador e candidato à reeleição, Alex do Frango, e mais 8 candidatos.

 
Anteontem foi o PMN que chegou à campanha de Tião Couto.

22 de setembro de 2016 às 10:31

Justiça manda sindicato de bancários cumprir a lei de greve na Caixa e BB [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Decisão liminar assinada ontem pela juíza do Trabalho, Simone Jalil, determina que o Sindicato dos Bancários garanta, de imediato, durante todo o expediente bancário, o efetivo mínimo de 30% de trabalhadores nas agências e postos de atendimento da Caixa Econômica Federal e Banco Brasil conveniadas e estabelecidas nos órgãos do Poder Judiciário Estadual e Federal em Natal.

Na decisão, a juíza Simone Jalil fixa multa diária de R$ 5 mil reais a ser aplicada ao Sindicato dos Bancários, cujos valores serão revertidos em favor do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), limitada a R$ 200 mil reais, em caso de descumprimento.

 

22 de setembro de 2016 às 7:54

Lava Jato chega a Eike Batista [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De Lauro Jardim

A batizada Operação X, 34ª fase da Lava-Jato, em curso desde a manhã de hoje está procedendo um mandado de busca e apreensão de documentos na sede da OSX, no centro do Rio de Janeiro.

A empresa está em recuperação judicial e é um da das poucas que restaram o ex-império de Eike Batista, que continua seu controlador.

22 de setembro de 2016 às 7:48

Ex-ministro de Lula e Dilma, Guido Mantega já está preso [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, já está preso.

Ele estava no Hospital Albert Einstein, onde sua mulher passa por tratamento médico.

Mantega foi ministro da Fazenda e ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão do Governo Lula. 

Foi o ministro da Fazenda no primeiro Governo Dilma Rousseff.
Ele foi citado na Lava Jato pela publicitária Mônica Moura, mulher do marqueteiro João Santana.

22 de setembro de 2016 às 7:39

PF deflagra mais uma fase da Lava Jato com mandado de prisão contra o ex-ministro Guido Mantega [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1:
Polícia Federal cumpre mandados da 34ª fase da Operação Lava Jato

Operação começou em 2014 e investigada esquema de corrupção. O ex-ministro Guido Mantega é alvo de um mandado de prisão temporária
Por Adriana Justi
Policiais federais estão nas ruas desde a madrugada desta quinta-feira (22) para cumprir mandados da 34ª fase da Operação Lava Jato. As ordens judiciais estão sendo cumpridas em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Bahia e no Distrito Federal. 
A ação foi batizada de Operação Arquivo X. 

O ex-ministro Guido Mantega é alvo de um mandado de prisão temporária.

Foram expedidos 33 mandados de busca e apreensão, oito de prisão temporária e oito de condução coercitiva, que é quando a pessoa é levada para prestar depoimento.

Em São Paulo são cumpridos 9 mandados: 2 de prisão e 7 de busca e apreensão – desses, 6 na capital e um em Sorocaba.

José Roberto Batochio, advogado do ex-ministro Guido Mantega, afirmou que policiais foram à casa do ex-ministro, em Pinheiros, para cumprir mandados de busca e apreensão. Ele não soube dizer quais objetos foram apreendidos.“Até agora não cumpriram nenhum outro mandado”, disse.
Segundo Batochio, Mantega não está em casa. O ex-ministro está no hospital Albert Einstein, no Morumbi, Zona Sul de São Paulo, onde a mulher passa por uma cirurgia.

A atual fase investiga fatos relacionados à contratação pela Petrobras de empresas para a construção de duas plataformas (P-67 e P70) para a exploração de petróleo na camada do pré-sal, as chamadas Floating Storage Offloanding (FSPO´s).

33ª fase

A penúltima fase da operação foi deflagrada no dia 2 de agosto e foi batizada de Resta Um. 

O principal alvo foi a Queiroz Galvão, suspeita de fraudar licitações da Petrobras e de pagar propina para evitar investigações de uma CPI no Senado.

O ex-presidente da construtora Ildefonso Colares Filho e o ex-diretor Othon Zanoide de Moraes Filho foram presos preventivamente. Já Marcos Pereira Reis, que é ligado ao consórcio Quip, foi solto no dia 9 de agosto.

22 de setembro de 2016 às 7:20

Em dia de paralisação, manifestantes queimam pneus e interditam anel viário do campus [1] Comentários | Deixe seu comentário.

De Kennedy Diniz: