Thaisa Galvão

14 de agosto de 2007 às 13:54

Para consultor do governo potiguar, biocombustível é uma “realidade inexorável” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O consultor da Indústria de Petróleo e Gás, Jean Paul Prates, que também presta assessoria na área ao governo do Rio Grande do Norte, foi entrevistado hoje em reportagem exibida no Bom Dia Brasil, da Rede Globo.
Sobre a aposta do Brasil no etanol, onde a Venezuela se posicionou contrária, Jean-Paul deu a seguinte declaração:

“No curto prazo Chavez tem mais cacife, mas Lula tem um cacife de longo prazo. Os países que seguem, de antemão, uma orientação mais realista, ou seja, de que o recurso do petróleo é finito, que ele tem um preço ascendente tem a consciência de que o biocombustível é uma realidade inexorável. Devem passar a investir nele parcial ou totalmente, dependendo dos recursos que o país já tem”.

Segundo a reportagem do Bom Dia, o Brasil começa a aparecer como um país de ponta em matéria de produção de energia, graças à perspectiva de que o mundo vai se render ao etanol.
Hoje esse mercado se resume a Estados Unidos e Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*