#JornalismoSemFakeNews

26 de fevereiro de 2008 às 21:53

Juiz decide: Gesane Marinho não foi infiel ao PDT

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

A deputada Gesane Marinho (PDT) já pode até voltar a falar em disputar o cargo de prefeita de Natal…
Depois que o TRE indeferiu o pedido do suplente do partido, José Roberto de Morais, que pedia na justiça o mandato da deputada …
O terceiro mais votado do PDT – os primeiros foram Gesane e Álvaro Dias – alegava que a parlamentar praticou infidelidade partidária.
Na sessão desta terça-feira, o juiz relator da representação 2736, Magnus Delgado, votou contra o pedido do suplente.
"Do ponto de vista jurídico não ocorreu traição ao partido", ressaltou Delgado, que teve o voto seguido à unanimidade.
José Roberto Morais considerou infidelidade o mfato de Gesane ter se desfiliado do PDT em 30 de agosto de 2007, tendo retornado ao partido em 4 de outubro do mesmo ano.
"O próprio partido em declaração oficial refuta, veementemente, qualquer punição de cassação contra a deputada, que segundo partido é uma personagem histórica para o PDT", esclareceu o juiz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.