#JornalismoSemFakeNews

2 de maio de 2008 às 15:02

Mérito de união de adversários é da governadora Wilma de Faria

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Não dá para tirar o mérito da governadora Wilma de Faria na formação dessa aliança de antigos desaliados.
Wilma começou a juntar os adversários há poucos meses, quando reuniu em Brasília toda a bancada federal…e fez com que todos abraçassem a luta por grandes projetos.
A força foi tanta que até uma refinaria, coisa que o Estado já considerava perdida de vez, a Petrobrás anunciou para o Rio Grande do Norte.
A governadora soube fazer a coisa certa no momento certo.
Aproveitou a boa relação com o presidente Lula, a eleição do senador Garibaldi Filho para a presidência do Senado, e a consolidação do nome do deputado Henrique Alves como líder do maior partido na Câmara Federal.
Uniu forças e deixou as futricas políticas para o passado.
Pensou na administração, e não na politicagem.
E como ainda tem dois anos para administrar o Rio Grande do Norte, optou mais uma vez pela união de forças.
Ganhou o respeito do presidente Lula, que fez questão de parabenizar, um a um, os protagonistas dessa nova história política: Wilma, Garibaldi e Henrique.
Claro que com isso teve que ferir…
Teve que dizer não.
Em nome de uma aliança com o presidente da República, maior beneficiado disso tudo.
E em nome da governabilidade.
Wilma quer ser senadora.
Mas quer chegar ao legislativo e olhar para trás…
E ver que pode ter entrado para a história como a única governante capaz de desarmar forças adversárias…
E de ter deixado o Estado com obras que os potiguares jamais acreditaram ser possíveis.
Ela soube apenas enxergar o momento certo.
Quando será que o Rio Grande do Norte terá um presidente aliadíssimo de um governador, com um senador presidente do Senado e um deputado líder da maior bancada na Câmara?
Bote aí mais uns 100 anos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.