#JornalismoSemFakeNews

13 de junho de 2008 às 8:57

PF prende filho da governadora sob acusação de ter influenciado contratos ilegais com o governo

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

O advogado Érick Pereira disse agora ao Blog que vai esperar o filho da governadora Wilma de Faria – que está em casa, em poder da Polícia federal – ser ouvido, para só aí tomar providências, já que o pedido cumprido pela PF é de prisão temporária.
Segundo Erick, caso Lauro permaneça detido, ele entrará com um pedido de hábeas corpus para que o juiz o libere.
Erick disse que o pedido de prisão de Lauro é por acusação de “influência” junto à ex-candidata à vereadora Jane Alves, que já foi presa uma vez.
Jane é acusada de fechar contratos de serviços temporários com o governo do estado e ter contado com a influência de Lauro para conseguir.
Segundo ainda Erick Pereira, a “influência” justificada pelo pedido de prisão do filho da governadora, “não pode ser subjetivo e não existe isso nos autos”.
Desde cedo que a Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão e de prisão.
A lista dos que estão sendo detidos pela PF é a seguinte e o Blog divulga em primeira mão:

1 – Lauro Maia
2 – João Henrique Lins Bahia
3 – Maria Eleonora Lopes Oliveira Castim
4 – Anderson Miguel
5- Jane Alves
6- Mauro Bezerra Silva
7- Rosa Maria da Apresentação Figueira Caldas Câmara
8- Marco Antônio França
9- Ulisses Fernandes de Barros
10- Francisco Alves Souza Filho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.