Thaisa Galvão

14 de junho de 2008 às 23:06

Secretário de Comunicação rebate informação de que houve partilha de dinheiro na residência oficial [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Secretário de Comunicação do governo, o jornalista Rubens Lemos Filho encaminhou nota ao jornal Folha de São Paulo, que na edição deste sábado publicou que havia sido feita uma partilha de dinheiro de propina na residência da governadora.
No documento, o governo diz que tomará "todas as medidas administrativas necessárias" para apurar as suspeitas levantadas pela Polícia Federal contra alguns assessores de Wilma.
"O governo do Rio Grande do Norte repele com veemência e indignação as insinuações, veiculadas na imprensa, de que uma suposta partilha de propina tenha sido feita dentro da residência oficial da governadora Wilma de Faria", diz a nota assinada pelo secretário.
*
E eu, que li e reli o documento que pedia a prisão preventiva dos 13 acusados de desviar dinheiro público, (continuo lendo neste momento), não entendi de onde a Folha tirou a informação.
O documento fala em pagamento feito no apartamento do secretário adjunto de Esporte, João Henrique Bahia.
Sobre a casa da governadora, a peça jurídica fala apenas em uma reunião de Lauro Maia com o empresário Mauro Bezerra, que supostamente teriam tratado sobre renovação de contrato.
Sem falar em partilha de dinheiro.
Mas…como o povo tem mania de achar que jornal de São Paulo e do Rio não erra…
Tô aqui olhando de novo pro documento…

*
O esclarecimento de Rubens Lemos à Folha está na Folha Online.

14 de junho de 2008 às 22:53

Advogado de Rogério Marinho explica porque acompanhou oficial de justiça à casa da governadora [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O advogado Alexandre Souza, assessor do deputado Rogério Marinho, enviou e-mail ao Blog explicando a sua ida à casa da governadora Wilma de faria, acompanhando o oficial de justiça que tentou – e não conseguiu – entregar a Wilma, a sentença expedida pela juíza Martha Danyelle, determinando a mudança no horário e no local, da convenção do PSB.
Diz Alexandre:
“Sobre a nota que você publicou em seu blog, gostaria de esclarecer que eu pessoalmente fiz um apelo, diante do oficial de justiça, para que o Dr. Fernando Caldas Filho desse o recebimento, para evitar a necessidade de se comparecer à residência do prefeito da capital e da governadora do Estado. Fui claro quando disse que o recebimento dele evitaria o constrangimento das autoridades em face da situação que atravessa a governadora. Agi como advogado e patrocinador da causa. Conduzi o oficial de justiça ao PSB, que estava fechado, e à residência oficial da governadora por orientação do advogado do Diretorio Estadual, expressado diante do oficial de justiça, mesmo perante os apelos feitos.
Respeito, pessoalmente, o momento da governadora Wilma de Faria, e estou seguro que a prisão do seu filho não passa de um equívoco, mas diante da ordem judicial para cumprimento e da orientação do advogado que a representa, não pude agir de outra forma. Membros ligados ao Diretório Estadual e parlamentares do PSB deram declarações que a decisão seria ignorada e isso é um absurdo e um profundo desrespeito à ordem judicial expedida. Tenho certidão emitida pelo oficial de justiça em que é narrado o ocorrido e o encontro com Dr. Fernando Caldas Filho, que está à sua disposição.

Alexandre Souza
Advogado

14 de junho de 2008 às 20:07

Rogerista diz que wilmistas aproveitam sofrimento da governadora para fazer apelo aos filiados [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Um membro do PSB rogerista liga para o Blog.
Para concordar que ninguém deve aproveitar o momento de sofrimento da governadora Wilma de Faria para faturar politicamente…
Para o rogerista, o momento da governadora é delicado…
E isso, os aliados dela também devem respeitar.
Para o rogerista, tem wilmista telefonando para os filiados ao PSB…
E pedindo que vote contra a proposta de candidatura única do partido na convenção de segunda-feira.
Alegando que Wilma não está num bom momento e que precisa vencer a convenção.
Para o rogerista, o sofrimento da governadora não deve ser explorado…nem de um lado, nem do outro.
Tá certo ele.

14 de junho de 2008 às 19:58

Fafá Rosado recebe apoio do PDT de Mossoró [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A prefeita de Mossoró Fafá Rosado recebeu hoje o apoio oficial, ao seu projeto de reeleição, do PDT.
Foi durante a convenção do PDT mossoroense, no final da manhã, no Hotel Vila Oeste.
O anúncio foi feito pelo presidente do PDT estadual, deputado Álvaro Dias.

Fotos: Divulgação\"\\"\\"\"\"\"                                                 Álvaro foi a Mossoró anunciar o apoio a Fafá

\"\"                                                        A foto oficial do PDT fafazista hoje no Hotel Vila Oeste

 

 

 

14 de junho de 2008 às 19:24

PSB rogerista estrebucha em cima do sofrimento da governadora [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Um oficial de justiça foi à casa da governadora Wilma de Faria agora há pouco, tentar entregar a Wilma, como presidente estadual do PSB, a sentença da juíza Martha Danyelle, determinando a mudança de local e horário da convenção do PSB marcada para segunda-feira.
Como a governadora é uma pessoa pública, é público e notório que ela está passando por um momento pessoal difícil, com a prisão do filho.
Fora o fato de ser governadora, vive o drama de ser mãe.
Mesmo assim o PSB rogerista tem achado por bem estrebuchar em cima do momento difícil da governadora.
E mandou junto ao oficial, para a casa de Wilma, assessores do deputado Rogério Marinho munidos de máquina fotográfica.
Numa atitude esquisita de, em pleno sábado, ensinar ao oficial onde mora a governadora.
Auxiliar do governo, o secretário Fabian Saraiva foi quem recebeu o oficial.
E justificou que a governadora estava recolhida, portanto não poderia assinar o documento.
E orientou o oficial que ele procurasse o vice-presidente do PSB estadual, vice-governador Iberê Ferreira de Souza, ou o presidente do diretório nacional, prefeito Carlos Eduardo.
Ou ainda o advogado do PSB, Fernando Caldas.
A assessoria do deputado Rogério Marinho diz que foi Fernando Caldas quem mandou o oficial ir à casa da governadora.

14 de junho de 2008 às 18:57

Executiva Nacional do PSB nega direito de voto a novos filiados em Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Diante da decisão da executiva nacional do PSB, de que só poderá se pronunciar sobre as novas filiações ao partido em Natal, caso fosse provocada, a filiada antiga Eloine Maria Costa do Nascimento apresentou recurso à direção nacional do PSB, questionando se os filiados durante a campanha nacional de filiação deste ano poderiam votar.
A resposta foi dada agora há pouco pelo senador Renato Casagrande, designado que foi pelo presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, para decidir a matéria em caráter liminar.
Segundo Casagrande, "não podemos afirmar, em contraposição ao que foi dito nas decisões recorridas, que tais filiações foram efetivamente aprovadas, e, por isso, esses filiados estariam aptos a votar no Congresso do dia 16, próximo".
Veja o teor da decisão do senador-relator Carlos Casagrande:

“Não havendo, como parece óbvio, a essa altura, condições de reunir a Comissão Executiva Nacional para deliberar sobre o assunto, a única forma de apreciá-lo seria por meio da concessão, ou não, de liminar, que passo a cogitar de ofício.
É que, sem dúvida, o interesse da recorrente seria o de participar do Congresso, já designado para a segunda-feira próxima, dia 16, ou seja, depois de amanhã.
Haveria, desse modo, risco à medida, ou, como consagrado em termos jurídicos, o periculum in mora.
Sucede que a medida cautelar só se justificaria se, além desse requisito, estivesse presente o outro pressuposto jurídico da pretensão cautelar, qual seja a ‘fumaça do bom direito ‘.
Teríamos de considerar, assim, para conceder a liminar, e determinar a revisão da decisão adotada no âmbito da Executiva do PSB de Natal e confirmada nos órgãos superiores (Diretórios Municipal e Estadual), que há manifesta plausibilidade na pretensão deduzida pela filiada Eloine.
Isto é, teríamos que concluir que foi regular a investidura desses filiados, e, para chegar a essa conclusão, não há elementos nos documentos que recebi. Não podemos afirmar, em contraposição ao que foi dito nas decisões recorridas, que tais filiações foram efetivamente aprovadas, e, por isso, esses filiados estariam aptos a votar no Congresso do dia 16, próximo.
Em suma, por mais que, em nome do respeito à ampla defesa, e procurando preservar o direito de qualquer filiado ao PSB, considere a hipótese de conceder eventualmente liminar nesse recurso – creio que falta, no caso concreto, a fumaça do bom direito. Não há elementos que autorizem concluir que, em face dos fatos narrados, será viável a modificação em caráter liminar da decisão tomada pelo PSB de Natal e confirmada pelo PSB do Rio Grande do Norte.
Do exposto, examino, de ofício, a hipótese de medida liminar, mas a indefiro, por faltar um dos requisitos essenciais à tutela de urgência, a plausibilidade jurídica do pedido, remetendo o assunto para futura apreciação da Comissão Executiva Nacional.
Vitória, 14 de junho de 2008.
Senador RENATO CASAGRANDE
Relator

14 de junho de 2008 às 14:47

Vitória de Rogério na convenção não garante presença de Wilma no palanque dele [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A possibilidade de vitória do deputado Rogério Marinho na convenção do PSB, de segunda-feira, não dá certeza de que ele será um candidato bem sucedido na guerra para chegar à Prefeitura de Natal.
Engana-se redondamente quem acha que, sendo obrigada pela lei da fidelidade partidária, a descer do palanque de Fátima, caso o PSB tenha candidato próprio, Wilma subirá no palanque de Rogério.
Não subirá, nem em Natal nem na Grécia.
Caso a tese de candidatura própria do PSB seja aprovada, Wilma vai cuidar de eleger seus prefeitos no interior, já que ficará impedida de subir no palanque de Fátima e de aparecer nos programas de TV.

14 de junho de 2008 às 14:45

Robinson e João Maia serão os fiéis escudeiros de Wilma para derrotar Rogério [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Caso seja obrigada a descer do palanque de Fátima Bezerra, a governadora Wilma de Faria se dedicará ao interior durante toda a campanha.
Mas em Natal, dois fortes aliados da Guerreira tratarão de atirar contra o PSB rogerista.
Os deputados Robinson Faria (PMN) e João Maia (PR), irão fortalecer o palanque da deputada Micarla de Sousa (PV), como a estratégia mais prática e rápida de detonar a candidatura do deputado Rogério Marinho (PSB).
Robinson e João ainda não se definiram pela candidatura de Fátima Bezerra, como já pediu…e pediu muito a governadora Wilma de Faria.
Eles preferiram aguardar o resultado da convenção do PSB.
Porque acham que não terão o que fazer no palanque de Fátima sem a presença de Wilma.
São aliados dela, e não do PT. E não do PMDB.

14 de junho de 2008 às 14:44

Apoio de Robinson e João a Micarla poderá causar estragos no acordão [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A subida dos deputados Robinson Faria e João Maia no palanque de Micarla…
Poderá causar um estrago grande no acordo de novos aliados nas eleições de Natal.
Com Fátima Bezerra ainda patinando nas pesquisas, Rogério sem chegar a dois dígitos, e Micarla acelerada desenfreada na casa dos 40%, a saída de Wilma do palanque de Fátima e a injeção do PR e PMN no de Micarla, poderão cristalizar os índices registrados pelos institutos de pesquisa…
E em vez de enfraquecer, como muitos líderes políticos têm previsto, a Borboleta poderá continuar subindo as escadas do Palácio Felipe Camarão.
O fato de Robinson e João não terem densidade eleitoral em Natal não pode ser usado como argumento de que não acrescentarão em nada o palanque da Borboleta.
Os dois são campeões de votos.
E na campanha passada não tiveram votos na capital, por pura estratégia.
Os dois faziam parte de uma coligação onde, na capital, as bases não pertenciam a eles.
O que não inviabiliza a possibilidade de Robinson e João montarem grande estrutura na capital.

14 de junho de 2008 às 14:43

Não foi vitória antecipada nas pesquisas que derrotou Garibaldi em 2006 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O exemplo do senador Garibaldi Filho, que na campanha contra Wilma, era campeão nas pesquisas antecipadas e terminou perdendo a eleição…pode não ter nada a ver com o momento atual.
Pode não ser repetido pela deputada Micarla de Sousa.
Garibaldi não perdeu a eleição porque estava à frente das pesquisas há meses da eleição.
Ele perdeu a eleição porque, como ele mesmo declarou no seminário de marketing político promovido pelo Jornal de Fato, em Mossoró, seu marketing foi incapaz de elegê -lo.
Para Garibaldi, quem o derrotou na campanha passada foi o seu marketing.
E não o fato de estar à frente das pesquisas.
Acho que Garibaldi quis dizer que o marketing que contratou, a peso de ouro, não conseguiu segurar os índices das pesquisas antecipadas…
Uma coisa é uma coisa.
Outra coisa…é outra coisa.

14 de junho de 2008 às 14:01

Operação realizada na Sexta 13 fez parte do roteiro pirotécnico [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O fato da Operação Higia, realizada pela Polícia Federal no Rio Grande do Norte, em plena Sexta Feira 13…
Não foi coincidência coisíssima nenhuma…
Dentro do sistema pirotécnico com o qual ela foi executada, a Sexta 13 fez parte do roteiro cinematográfico.
Há informação que uma das pessoas detidas ontem pela PF, foi abordada dentro do banheiro.
Tomando banho.
O adjunto da Secretaria de Esporte, João Henrique Bahia, foi acordado com 5 homens dentro do seu quarto, que entraram no apartamento após terem derrubado a porta.
Espetáculo desnecessário.
Caso tivessem sido convocados a depor na Polícia Federal, nenhum dos envolvidos teria se negado.
A prisão fez parte do espetáculo da sexta-feira 13.
*
Há poucos meses tal espetáculo aconteceu em um dos prédios da avenida Getúlio Vargas.
Quando um senhor de mais de 70 anos foi levado para a PF.
Simplesmente para depor.
Depois…
Nada deu em nada…
E a população que assiste à pirotecnia…termina frustrada com seu desfecho, tamanha é a fragilidade com que os espetáculos são encenados.
Pois é…

14 de junho de 2008 às 13:55

Wilma recebe a visita do prefeito de Parnamirim Agnelo Alves [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Quem saiu agora há pouco da casa da governadora Wilma de Faria foi o prefeito de Parnamirim, Agnelo Alves, que estava acompanhado da mulher, Celina Alves.
O casal foi prestar solidariedade à governadora.
Que neste momento conversa com a deputada-candidata Fátima Bezerra.
Fátima foi ontem à residência oficial e retornou agora.
E hoje já passaram por lá o vice-governador Iberê Ferreira de Souza e muitos outros amigos e aliados de Wilma.

14 de junho de 2008 às 13:53

Valério Marinho diz que foi bem recebido na casa da governadora [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E o advogado Valério Marinho, pai do deputado Rogério Marinho, negou hoje ao Blog que não tenha sido recebido pela governadora Wilma de Faria, quando foi à casa dela ontem.
Valério justificou que Wilma estava no quarto e ele respeitou.
“Mas fui muito bem recebido na casa dela”, justificou Marinho.

14 de junho de 2008 às 13:47

Nota de Eduardo Campos desmonta decisão do secretário geral do partido sobre voto dos novos filiados [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A nota assinada pelo presidente do PSB, governador Eduardo Campos, dá um cala-boca no secretário geral do diretório nacional do partido, Carlos Siqueira.
Que em nota enviada ao deputado Rogério Marinho, há alguns dias, atestou que as quase 3 mil filiações ao PSB, feitas por Rogério em Natal, estariam aptas a votar na convenção de segunda-feira.
No item 5 da nota, o governador pernambucano diz que “Qualquer declaração dada por membros da Executiva Nacional deve ser atribuída ao declarante que falou por si e não pela Executiva ou pelo Diretório Nacional”.
O que leva a crer que o documento assinado por Siqueira…foi uma decisão pessoal dele.
E não do partido.
Haja confusão.

14 de junho de 2008 às 11:53

Eduardo Campos diz que quem tumultuar a convenção será processado pelo Conselho de Ética do PSB [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, presidente nacional do PSB, disse que o diretório nacional do partido não vai interferir na convenção de Natal.
A menos que seja necessário, em último caso…
Deixando claro que cabe ao diretório estadual, presidido pela governadora Wilma de Faria, analisar quaisquer questionamentos do diretório municipal, presidido pelo prefeito Carlos Eduardo.
E Eduardo Campos foi taxativo: quem provocar tumulto na convenção será processado pelo Conselho de Ética do PSB.
Leia a nota, na íntegra:

NOTA DO PRESIDENTE NACIONAL DO PSB

O Presidente Nacional do Partido Socialista Brasileiro, em face dos últimos acontecimentos vinculados à eleição municipal de Natal, dirige-se à população do Rio Grande do Norte, especialmente aos militantes do PSB na capital do Estado, para fazer os seguintes esclarecimentos:
1 – O Presidente Nacional reconhece a autoridade e a autonomia do Diretório Municipal do PSB para analisar a matéria, dentro dos limites previstos no Estatuto e no Regimento Partidário.
2 – Possível questionamento à posição do Diretório Municipal deve ser analisado pelo Diretório Estadual.
3 – Somente em último caso a Direção Nacional do Partido poderia se posicionar nesse contexto e, caso fosse provocada, antecipa-se, manifestar-se-ia de acordo exclusivamente com o regimento do partido.
4 – O Diretório Nacional em nenhum momento estimulou disputas internas no PSB de Natal, nem muito menos tomou qualquer tipo de posição sem ser provocado.
5 – Qualquer declaração dada por membros da Executiva Nacional deve ser atribuída ao declarante que falou por si e não pela Executiva ou pelo Diretório Nacional.
6 – Preocupados com a possível repetição dos tumultos que ocorreram recentemente no Diretório Municipal de Natal, enviaremos uma comissão formada por três membros do nosso partido para acompanhar o processo.
7 – Comunicamos que todo aquele que estimular tumultos ou atos de violência ou vandalismo no Congresso do Partido haverá de ser processado pelo Conselho de Ética do PSB.
8 – Solidarizamo-nos com as lideranças maiores do nosso partido em nome da Governadora Wilma de Faria, presidente estadual do PSB, que sempre soube se comportar com honradez na sua vida pública e com grandeza democrática dentro do nosso partido, mesmo nos momentos mais difíceis.
9 – Clamamos pela unidade e pela harmonia do partido nessa hora.

Eduardo Campos
Presidente Nacional do PSB

14 de junho de 2008 às 0:05

Lauro Maia deverá ser ouvido só amanhã [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O advogado Lauro Maia será ouvido só neste sábado.
Ele prestará depoimento ao delegado Santiago, da PF.
Hoje somente Marcos França, funcionário da Secretaria de Saúde, foi ouvido e em seguida liberado.
É que ele teve a sorte de prestar depoimento ao delegado que preside o inquérito, que avaliou ter sido suficiente a fala do acusado de encolvimento no desvio de dinheiro público.
Os depoimentos prestados aos outros 3 delegados designados para apurar o caso, ainda têm que ser submetidos à avaliação do delegado presidente.
O depoimento de Marcos França durou cerca de 5 horas.
Mesmo tempo que durou o interrogatório feito pela polícia à procuradora do Estado, Rosa Caldas.

14 de junho de 2008 às 0:04

Erick Pereira: O habeas corpus não foi negado. O TRF deferiu em parte!! [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E o advogado Erick Pereira é quem declara.
Ao contrário do que está sendo publicado, o habeas corpus pedido por ele para livrar da prisão o advogado Lauro Maia, não foi negado pelo TRF, em Recife.
“O TRF deferiu em parte”, disse Erick, justificando que, como não existe depoimento de Lauro nos autos ainda, fica difícil o julgamento do HC.
Erick chegará logo cedo deste sábado à sede da Superintendência da PF.
Mas a hora do depoimento do filho da governadora não foi marcado.
*
E no TRF, o pedido de habeas corpus em favor de Lauro Maia foi cair nas mãos do desembargador federal Marcelo Navarro Ribeiro Dantas.
Que, por ser potiguar, alegou suspeição.
O caso foi entregue a outro desembargador, que deferiu parcialmente.

14 de junho de 2008 às 0:02

Procurador geral Francisco Salles caiu no choro na sala de aula quando soube de prisão de colega [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Quando chegou à Universidade Federal do RN, às 7 da manhã desta sexta 13, para dar aula no curso de Direito…
O procurador geral do Estado, Francisco Salles, já chegou abalado com as informações sobre mandados de prisão que vinha recebendo por telefone.
Salles estava preocupado com a informação da prisão da procuradora Rosa Caldas, sua colega de profissão.
E quando foi se despedir da turma, que teve nesta sexta sua última aula do ano com o professor…
Haja choro.
Salles conseguiu dizer aos alunos que uma pessoa muito amiga dele estava presa.