#JornalismoSemFakeNews

17 de junho de 2008 às 20:35

Adelmaro Cavalcante e Rui Pereira afirmam: Saúde pagou mais de 28 milhões por serviços executados

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Na entrevista coletiva que concederam hoje à tarde, sobre as acusações de desvios de recursos da Secretaria de Saúde, que culminaram na realização da Operação Hygia, o atual secretário Adelmaro Cavalcante, e o ex-titular da pasta, Rui Pereira, tiveram papéis complementares.
Adelmaro se ateve às questões administrativas.
E Rui, às questões políticas da Sesap.
Os dois foram enfáticos em afirmar que não houve desvio de recursos públicos na contratação de empresas para a prestação de serviços de limpeza, higienização e vigilância para as 22 unidades de saúde públicas do Estado.
Também afirmaram que os contratos, firmados com licitações públicas de caráter nacional, estão sendo efetivamente executados pelas empresas ganhadoras e pagos pelo governo do Estado, num total de R$ 28.038.423,48.
“Esses recursos foram pagos às empresas, e os funcionários a serviço do governo cumpriram o serviço contratado pela Sesap. Não houve desvio de um centavo sequer da Secretaria. Temos documentos legais para provar que todas as licitações foram feitas com total lisura e transparência”, afirmou Rui Pereira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.