#JornalismoSemFakeNews

24 de julho de 2008 às 16:59

Atriz Titina Medeiros fará o programa de rádio de Fátima Bezerra

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Será conduzido pela atriz acariense Titina Medeiros o programa eleitoral de rádio da candidata Fátima Bezerra.
Titina o rosto exclusivo da Comjol, daí ela não poder fazer o programa de TV da candidata do PT.
A atriz é bastante conhecida dos palcos natalenses e ficou conhecida em todo o país pelas participações que fazia no Fantástico, da TV Globo, no quadro Brasil Total.
Por causa do sucesso que fazia aos domingos, a atriz foi parar nas páginas da revista Istoé Gente.
Leia a entrevista publicada na edição de 22 de setembro de 2003:

Ping-pong – Titina
ATRIZ POTIGUAR BRILHA NO BRASIL TOTAL
Mayra Stachuk
O projeto Brasil Total tem feito sucesso no Fantástico porque mostra os mais diversos recantos do País pelos olhos de pessoas locais. Um dos destaques é a potiguar
Titina Medeiros, de 27 anos, que já apresentou o quadro três vezes, com os temas chouriço, Paixão de Cristo e caranguejos em Ponta Negra. De Natal, onde mora e
trabalha como atriz de teatro, ela falou a Gente.
O Brasil Total foi sua estréia na tevê?
Sim. Um repórter da afiliada da Globo de Natal me viu em uma apresentação de teatro de rua, me contou do projeto e perguntou se poderia me indicar. Aceitei sem pretensões. Como viver de teatro é difícil, faço vários bicos. Cheguei até a me fantasiar de coelhinha na promoção de um supermercado.
E o que achou da sua performance no ar?
O piloto era uma reportagem de uma campanha antitabagista, e fiquei tão nervosa que não conseguia nem segurar o microfone direito. Não tinha roteiro, e eu fiz cada pergunta cretina que tenho até vergonha de lembrar. Aí decidimos fazer uma outra matéria para mandar junto, com um assunto mais familiar. Foi a do chouriço, que acabou sendo a primeira a ir ao ar.
Sua vida mudou?
Que nada. Essas reportagens são eventuais. Mas tem um sonho antigo que elas me ajudaram a conquistar: passei os últimos três meses na Europa com duas amigas. Não fomos na mordomia, claro. Mas foi a melhor experiência da minha vida. Fizemos teatro na rua e à noite voltávamos para a pensão para contar as moedas. Adoro essas coisas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.