#JornalismoSemFakeNews

8 de agosto de 2008 às 10:24

Juíza Martha Danielly diz que multa à TV Ponta Negra foi imposta por \”tratamento privilegiado\”

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

A juíza Martha Danielly explicou agora ao Blog, que a multa aplicada à TV Ponta Negra não foi pela veiculação de entrevistas com candidatos.
Porque ela sabe que as entrevistas não aconteceram.
A condenação foi imposta pelo tratamento privilegiado”, declarou a juíza, entendendo que a emissora fixou a série de entrevistas com os candidatos a prefeito de Natal, “de acordo com a ordem invertida das pesquisas eleitorais, privilegiando a candidata ligada ao grupo”.
*
A juíza Martha Danielly é de acordo que a série de entrevistas seja feita a partir de um sorteio entre os candidatos, para definir a ordem.
“A candidata privilegiada pode até ser a última, mas pelo menos foi o sorteio que definiu”, entende a juíza.
A multa imposta foi de R$ 21.282,00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.