#JornalismoSemFakeNews

19 de agosto de 2009 às 15:01

Wilma vai cobrar medida de Lula para salvar indústria salineira do RN

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Wilma de Faria vai aproveitar a presença do presidente Lula amanhã, em Mossoró e Ipanguaçu, para cobrar a renovação, por tempo indeterminado, do prazo de suspensão da exploração da mina de sal-gema que a Petrobras tem no Espírito Santo.
A exploração do mineral substitui o sal marinho produzido no RN em condições favoráveis de competitividade…
O que pode acabar com a indústria potiguar, fechar postos de trabalho em massa e impactar fortemente a economia das regiões salineiras do Estado.
Há dois anos Wilma mobilizou a bancada parlamentar e conseguiu que o governo federal, através do Ministério das Minas e Energia e do próprio presidente, determinasse a suspensão, por 2 anos da exploração do sal-gema do Espírito Santo.
O prazo está acabando…
"O governo não pode permitir que uma mina na região mais desenvolvida do país acabe com uma das poucas opções econômicas do nosso Estado. Dizimar empregos no sertão nordestino para favorecer o rico Sudeste? Que política de desenvolvimento regional seria esta?", questiona Wilma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.