#JornalismoSemFakeNews

25 de agosto de 2009 às 1:30

Geraldão repudia comentário do Blog e deixa claro que democracia é pensar como o PT

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente do PT-RN, Geraldo Pinto, o Geraldão, não gostou de ler no Blog a nota sobre as reuniões do partido para enquadrar – ou seria emparedar? – os governadoráveis.
Tem todo direito.
Eu, no lugar dele, também não teria achado a menor graça.
Como eu falei que não tinha entendido o porquê da prova oral do PT com os pré-candidatos ao governo, ele tentou explicar.
Quando eu falei que o partido não tinha vereador…ele disse que tinha 52.
Mas não reiterou que na capital tinha 2 e perdeu nas eleições passadas.
Disse que tinha 4 prefeitos, 8 vice-prefeitos…e 9.700 filiados…
Tá, mas vamos deixar os filiados para depois, pois como se sabe, filiado nunca ajudou partido nenhum a tomar decisões.
Geraldão disse que a prova oral criada pelo PT-RN foi elogiada pelos governadoráveis.
É…
Eu, se fosse pré-candidata a alguma coisa, e tivesse numa disputa ferrenha precisando de apoios para viabilizar minha candidatura…também elogiaria…
Lógico.
Não é meu caso.
E não é porque os governadoráveis elogiaram que eu vou elogiar também.
No e-mail que enviou ao Blog, o presidente do PT disse que o partido ainda não escolheu candidato…e disse que é um direito do diretório ouvir os pré-candidatos para saber depois quem apoiar…
Como se precisasse…
Como se fosse possível o PT, aliado do governo, não apoiar o candidato de Wilma e de Lula.
Eles podem até dizer que não…neste momento.
Geraldão seguiu o e-mail considerando meus comentários de ‘baixo nível’…digno de uma postura ‘antidemocrática’.
Tá…
Então a democracia do PT é você não ter opinião.
E se tiver, por favor que seja igual à dos dirigentes do partido.
Não ouse ter opinião própria, porque ‘opinião própria’, no dicionário petista, quer dizer ‘anti-democracia’.
Por fim, Geraldão fez um balanço do PT em 2002, quando teve 220 mil votos para o governo e 150 mil para o senado…
Fez um balanço de 2006, quando a governadora Wilma de Faria se reelegeu com o apoio do partido…
Mas não falou em 2008…quando em mais uma eleição majoritária, com apoio do presidente, da governadora, do prefeito e do presidente do Senado…perdeu a eleição.
E para encerrar…apresentou as questões da prova oral:
Eis o questionário que Carlos Eduardo já respondeu, e que Iberê, Robinson e João Maia irão responder:
a) Quais as propostas principais que sua eventual candidatura pretende apresentar?
b) Com quais partidos e setores sociais?
c) Como avalia as pré-candidaturas à presidência e qual a posição em relação à pré-candidatura do PT?
d) Como será a relação com o PT e os movimentos sociais em um governo comandado por este pré-candidato?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.