#JornalismoSemFakeNews

8 de dezembro de 2009 às 9:50

Bandidos que raptaram sócio da Destaque mataram um acusado de tráfico

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Publicados na página online da Tribuna do Norte, em matéria assinada pelo editor de Polícia, Fred Carvalho, mais detalhes sobre o rapto do empresário responsável pela realização do Carnatal.
Eis:
CARRO DE ROBERTO BEZERRA FOI USADO EM ASSASSINATO EM NOVA DESCOBERTA
Fred Carvalho – Editor
O rapto do empresário Roberto Bezerra está relacionado a um assassinato de um homem suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas em Nova Descoberta, na zona Sul de Natal. Bezerra, que é um dos sócios da Destaque Promoções – empresa que organiza o Carnatal -, foi raptado por volta das 21h desta segunda-feira (7) e o carro dele – uma caminhonete Land Rover – foi usada para dar fuga aos assassinos. Depois do crime, Roberto Bezerra foi libertado e o carro dele, devolvido.
Roberto Bezerra foi abordado por um homem armado com uma pistola no momento em que desceu do carro dele para dar uma entrevista na TV União, em Candelária. “Esse homem mandou o Roberto se afastar e anunciou o crime. Como ele estava falando ao celular com um amigo, foi essa pessoa quem acionou a polícia”, falou o advogado Canindé Alves, assessor jurídico da Destaque e escolhido pela família para falar com a imprensa.
Após ser raptado, Roberto Bezerra foi levado a um outro ponto, onde mais um criminoso entrou no veículo. “Em seguida os três andaram por mais alguns minutos e pararam novamente. Nesse local, mais dois homens entraram no carro, mas o Roberto, que ficou de cabeça baixa durante a maior parte do tempo, não conseguiu visualizar o rosto de nenhum deles”, disse Canindé Alves.
Segundo o advogado, os criminosos fumaram maconha e beberam muito dentro do carro. “Eles ainda pediram dinheiro a Roberto e pararam para lanchar. Em seguida seguiram para Nova Descoberta. No caminho, eles diziam que iriam matar três pessoas lá”, relatou.
Ao chegarem em frente a uma vila na rua Claudionor de Andrade, três dos homens desceram do veículo e invadiram uma casa. “O Roberto disse que deve ter havido alguma troca de tiros, pois houve muitos disparos. Mas já soubemos da polícia que foi registrada a morte de apenas um homem, cuja identidade ainda não foi confirmada”, contou Canindé Alves.
Depois de matarem este homem, os quatro homens seguiram em direção ao conjunto Green Club, na estrada que liga Nova Parnamirim à estrada de Pium. “Quando chegaram lá, todos desceram do carro e aguardaram que outros comparsas aparecessem para resgatá-los. Logo em seguida, o Roberto foi libertado e ligou para a família e para a polícia”.
Ainda de acordo com o assessor da Destaque, o empresário não sabe precisar se foram quatro ou cinco homens que participaram do rapto.
Após ser encontrado, Roberto Bezerra foi levado para o Gabinete de Gestão Integrada (GGI), no Tirol, onde prestou depoimento ao delegado Ronaldo Gomes, do Departamento de Investigações e Combate ao Crime Organizado (Deicor). O delegado não quis conversar com a reportagem da TN Online, que permaneceu no GGI até às 2h45 desta terça-feira (8).
Mobilização
A notícia do rapto do empresário Roberto Bezerra mobilizou boa parte da cúpula da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed). Além do próprio secretário, Agripino Neto, outras autoridades estiveram no GGI para tentar ajudar nas investigações.
Até o momento, a polícia ainda não informações sobre a identidade dos homens envolvidos com o rapto, nem o paradeiro deles. O Itep também não confirmou a identificação do homem morto em Nova Descoberta.
O empresário Roberto Bezerra passa bem e segundo familiares vai para casa após prestar o depoimento aos policiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.