#JornalismoSemFakeNews

27 de dezembro de 2009 às 22:20

Micarla sugere e Padre Fábio concorda: pagamento está suspenso até que empresa detalhe as contas

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois da polêmica sobre o cachê de 221 mil do Padre Fábio, que fez um show sexta-feira, no Machadão, a prefeita Micarla de Sousa mandou suspender o pagamento.
Em uma conversa agora há pouco entre a prefeita e o Padre Fábio de Melo, os dois decidira, em comum acordo, só dar andamento ao processo de pagamento depois que a Talento Produções, empresa mineira que agencia o padre há 10 anos, abrir as contas e apresentar à Prefeitura.
Padre Fábio disse a prefeita que não desconfia nem um pouco da produtora, mas acha que é “prudente” que a mesma apresente o detalhamento das contas.
É que o valor de 221 mil reais foi orçado pela empresa mineira.
A prefeita Micarla de Sousa pediu e o Padre Fábio aceitou: o pagamento só será efetuado depois que as contas forem apresentadas, e que o Padre assine um “De acordo”.
Já que existem dúvidas…decidiram juntos Micarla e Padre Fábio, a pedido da prefeita de Natal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.