#JornalismoSemFakeNews

9 de janeiro de 2010 às 2:57

Leitor diz que classe médica “tenta enterrar o SUS e privatizar a Saúde”

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do leitor Paulo Oliveira Guedes, o Blog recebe uma crítica à classe médica.
Acusada de trabalhar para “enterrar o SUS e privatizar a saúde”.
Eis:
Cara Jornalista,
Em recente edição Especial da revista Veja, sob o título "Vocação", é possível se fazer algumas leituras:
No Brasil existem aproximadamente 344 000 médicos em atividade.
Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), é o dobro do que o país precisa. Mas, todos os recém-formados são absorvidos pelo mercado.
Motivo ???????
A profissão médica se posiciona na terceira colocação entre as mais bem pagas, só perdendo para juízes, desembargadores e diretores gerais.
Portanto, apesar de vivermos em um estado pobre, dinheiro não é o maior problema. Observe senhora jornalista, que são estatísticas nacionais, portanto desvinculadas de políticas regionais, elas são incontestes.
O que ocorre com a classe médica é uma vontade sem medida de eliminar o juramento de Hipócrates do final do curso (já que para a maioria perdeu o sentido), enterrar o SUS, acusar o estado de incompetente (com razão) e privatizar a saúde, para nosso prejuízo e desespero, pois pode ter certeza que serão pouquíssimos os que poderão arcar com os custos de uma saúde privatizada.
Atenciosamente
Paulo Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.