#JornalismoSemFakeNews

13 de janeiro de 2010 às 18:15

Pastoral da Criança ainda não sabe quando corpo de Zilda Arns chegará ao Brasil

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1:
CORPO DE ZILDA ARNS ESTÁ EM PODER DO EXÉRCITO BRASILEIRO NO HAITI
O corpo de Zilda Arns Neumann, coordenadora internacional da Pastoral da Criança, já está em poder do Exército Brasileiro no Haiti. Ela morreu no terremoto ocorrido nesta terça-feira (12), naquele país. Segundo a coordenação da Pastoral, ainda não há data confirmada para o traslado do corpo até o Brasil, nem quando serão feitos o velório e o sepultamento de Zilda.
Em entrevista coletiva, realizada na tarde desta quarta-feira (13), em Curitiba, Nelson Arns, filho de Zilda, informou que o corpo da mãe será velado na sede da Pastoral da Criança.
De acordo com Silvio Lopes Barbosa, da diretoria da Pastoral, apenas com a chegada do senador Flávio José Arns (PSDB-PR), sobrinho e Zilda, ao Haiti, é que será possível saber as reais condições em que ela morreu durante o terremoto. "Soubemos que ela estava caminhando com um tradutor e dois militares do Exército Brasileiro quando os escombros a atingiram. Outra hipótese que nos chegou ao conhecimento foi a de que ela estaria em uma igreja. Não temos como ter certeza."
Segundo Barbosa, Flávio Arns deve chegar ao Haiti por volta das 20h (horário de Brasília). "Somente após ele ter acesso às informações precisas sobre o terremeoto é que saberemos como ela morreu."
Arns embarcou no mesmo voo em que estavam o ministro da Defesa, Nelson Jobim, comandante da Marinha, Almirante Júlio Soares de Moura Neto, o Comandante do Exército, General Enzo Martins Pery, o secretário executivo da Secretaria Especial de Direitos Humano, Rogério Sotilli, além de representantes do Ministério da Saúde, do Ministério das Relações Exteriores e da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). 

Glauco Araújo Do G1, em São Paulo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.