#JornalismoSemFakeNews

2 de setembro de 2010 às 17:51

Justiça devolve os bens de João Henrique Bahia, que teve o nome envolvido na Operação Higia

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

De ofício na mão assinado pelo juiz federal Mário Jambo, o advogado com mestrado em Processo do Trabalho, e analista judiciário do TRT (funcionário concursado) e assistente da desembargadora Maria de Lourdes Alves Leite, João Henrique Lins Bahia, que teve o nome envolvido na Operação Higia (que apura desvios de recursos da área da Saúde Estadual), receberá amanhã todos os seus bens que foram bloqueados pela justiça.

O TRF – Quinta Região, em Recife, já havia julgado favorável a devolução dos bens mas o Ministério Público Federal recorreu.

Hoje, em mais um julgamento, o TRF não acatou o recurso do MPF e o vice-presidente do Tribunal em Recife, Marcelo Navarro Ribeiro Dantas, comunicou a decisão ao juiz Mário Jambo.

Amanhã João Henrique receberá de volta o seu carro, apreendido há cerca de 2 anos, e terá seus apartamentos desbloqueados.

À Justiça, João Henrique conseguiu provar que 3 apartamentos em seu nome lhe foram dados pelo pai, advogado Rubélio Lins Bahia.

Os tais apartamentos foram construídos em terrenos deixados de herança pelo pai de Rubélio Bahia, que negociou a venda dos mesmos recebendo como pagamento os imóveis que deu aos filhos…

Portanto, difícil da justiça provar que foram adquiridos com dinheiro de origem duvidosa.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.