#JornalismoSemFakeNews

21 de setembro de 2010 às 19:27

8 horas depois de manter agente como refém, preso de entrega à polícia em Mossoró

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

A notícia sobre falha na segurança no presídio de segurança máxima de Mossoró, publicado hoje em primeira mão pelo Blog, é notícia no portal Uol.
Que já conta o desfecho da história, com o preso se entregando à polícia.
Eis:

PRESO MANTÉM AGENTE PENITENCIÁRIA REFÉM POR OITO HORAS EM UNIDADE FEDERAL NO RN

ESTELITA HASS CARAZZAI
DE SÃO PAULO

Um preso que trabalhava na penitenciária federal de Mossoró (RN), que abriga detentos considerados mais perigosos do país, fez uma agente penitenciária refém por oito horas nesta terça-feira (21).

O detento Leandro Felipe Leocádio é de um presídio estadual, mas trabalhava na limpeza da penitenciária federal como parte do regime semiaberto (quando o condenado trabalha durante o dia e dorme na prisão à noite). Segundo o Ministério da Justiça, responsável pela administração das unidades penitenciárias federais, esse tipo de parceria com as unidades estaduais é comum.

Leocádio limpava um banheiro de uma torre de observação, área isolada das celas, por volta das 10h, quando rendeu a agente. Ele não estava armado, mas tomou posse da pistola da funcionária.

O local ficou isolado e tropas da Polícia Federal foram enviadas ao presídio para conduzir as negociações, feitas por telefone. Ainda de acordo com o Ministério da Justiça, os 90 presos da penitenciária não foram envolvidos no incidente e a rotina do local continuou normal.

Leocádio se entregou por volta das 18h. O Ministério da Justiça ainda não tem informações sobre o estado de saúde da agente penitenciária.

O diretor do Sistema Penitenciário Federal, Sandro Avelar, determinou a abertura de uma sindicância para investigar o episódio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.