#JornalismoSemFakeNews

4 de outubro de 2010 às 19:31

Ainda não será dessa vez que Dagô será eleito pela primeira vez

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Eterno candidato de uma música só (Dagô será eleito, pela primeira vez)…o democrata Dagô se animou todo para assumir a vaga deixada na Câmara Municipal pelo deputado federal eleito Paulo Wagner.
Se animou em vão.
Não e dessa vez, ainda, que Dagô assumirá o cargo de vereador em Natal.

Seguinte:
Hoje dois vereadores estão afastados: Júlio Protásio (PSB), que é secretário de Esportes do Estado, e Edivan Martins (PV), que é secretário Municipal de Educação.
Na vaga de Júlio, está, interinamente, o petista Fernando Lucena.
Na vaga de Edivan, o interino é Assis Oliveira, do PV.
Aí vão sair da Câmara, Paulo Wagner – eleito federal – e Hermano Morais (PMDB) – eleito estadual.
Aí seria nessa vaga de PW que Dagô entraria…
Seria…mas não é.

Paulo Wagner e Hermano só renunciam ao mandato de vereador no final do ano. Na véspera de serem empossados deputados.
E no fim do ano, quem também deixa o cargo – de governador – é Iberê Ferreira.
Logo, Júlio Protásio não será mais secretário e retornará à Câmara, tirando da vaga o interino Fernando Lucena.
Quem também volta é o Verde Edivan Martins.
Não porque será exonerado pela prefeita Micarla de Sousa. Mas porque Edivan foi eleito, para assumir no início de 2011, presidente da Câmara Municipal de Natal.
Então, a interinidade de Assis Oliveira também acaba.

Com a saída de Paulo Wagner, como o primeiro suplente da coligação é Assis Oliveira, ele retorna à Câmara, passando da condição de interino para a condição de efetivo, já que PW renunciará.
Com a saída de Hermano, volta Fernando Lucena, como primeiro suplente da coligação, também passando da condição de suplente para efetivo.
Portanto…sem chances para Dagô ser vereador.

Outro vereador que está fora é Chagas Catarino, do PP. Mas aí já tem o interino Ubaldo Fernandes na vaga de suplente…e a coligação dele não tem nada a ver com Dagô.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.