#JornalismoSemFakeNews

10 de outubro de 2010 às 11:35

Vivaldo Costa confirma liderança de João Maia, lança chapa da oposição e diz que Wilma fará falta

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Entrevistado em Caicó, neste sábado, o deputado eleito Vivaldo Costa, do PR, reafirmou sua amizade e aliança com o deputado João Maia, apagando mais uma vez o fogo da boataria que vez por outra dá conta de uma crise entre os dois.

Vivaldo deu prova de que não disputará a Prefeitura de Caicó, atribuindo a missão a quem ele chamou de "líder": o deputado e candidato a vice-governador, Álvaro Dias. Aliás, Vivaldo até lançou a chapa da oposição: Álvaro prefeito e Roberto Germano vice.
Também disse que a ex-governadora Wilma de Faria fará falta no Senado, como fariam Garibaldi e Agripino, caso tivessem sido derrotados nas urnas. Para Vivaldo, nestas eleições, as 3 vagas do Senado deveriam ter sido renovadas.
Eis trechos da entrevista de Vivaldo Costa ao programa “Comando Geral”, apresentado por Marcos Dantas e F. Gomes, na Rádio Caicó.

VITÓRIA NAS URNAS 
Quero agradecer primeiro a Deus, que mais uma vez foi muito generoso comigo. Depois à nossa padroeira, a senhora Sant’Ana e ao meu padrinho Frei Damião, de quem eu sou devoto fervoroso. Agradeço a cada um dos meus 38.463 eleitores, que me depositaram a confiança de ser a voz na Assembleia Legislativa.

JOÃO MAIA
“O meu voto em Caicó, pela segunda vez, foi casado com João Maia. Eu tive 32% dos votos e João teve 30%. Vou aproveitar essa oportunidade para fazer uma revelação: eu fui o candidato a deputado do PR que dei mais votos a João Maia na minha cidade de origem.
Em Currais Novos, cidade de Zé Lins, João Maia teve apenas 24% dos votos.
Em Assu, cidade de George Soares, João Maia teve apenas 8,73% dos votos.
Em Apodi, cidade de Kelps Lima, João Maia teve apenas 8% dos votos.
Em Natal, cidade de Adão Eridan e onde Kelps tem forte influência, João Maia teve apenas 6%.
Em São Gonçalo do Amarante, cidade administrada pelo prefeito Jaime Calado, João Maia teve apenas 23%.
Então, contra números, não há argumentos. Eu fui corretíssimo com João Maia.

QUEM É LÍDER NO PR
Ele é quem vai dar o tom. João Maia, acima de tudo, é meu amigo. É uma pessoa que eu quero bem. Eu quero continuar a fazer política ao lado de João Maia.

ÁLVARO DIAS
Quem pensa que Álvaro está morto, engana-se. Líder não morre. Álvaro está vivo, e será o próximo candidato a prefeito de Caicó, pelo sistema da oposição.

ROBERTO GERMANO
Tem tudo para ser o candidato a vice de Álvaro, aliás, é um bom vice.

WILMA DE FARIA
Qualquer um dos três (Wilma, Garibaldi ou José Agripino) que perdesse a eleição, ia fazer falta. Wilma vai fazer muita falta.

SEGUNDO TURNO
Ainda não decidi meu voto, mas estou vendo uma vontade muito grande do povo votar em Serra.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.