#JornalismoSemFakeNews

21 de outubro de 2010 às 22:25

Luciana Fieri: como a dermatologia atua para “postergar” uma cirurgia plástica

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Diário de um SPA.
Cinco dias de dieta, malhação, caminhadas…procedimentos estéticos e dieta balanceada, sem gluten, sem lactose…e com muita criatividade.
A quinta-feira foi marcada por uma gincana com direito a perda de muitas calorias…treinamento funcional, hidroginástica, caminhada na praia…e a chegada de mais 4 pessoas.

Thaisa Galvão                                   Luciana Fieri: dois dias dedicada às integrantes do SPA

O dia também foi dedicado aos cuidados com a pele, com a presença no SPA da dermatologista paulista Luciana Fieri.
Luciana está há 7 meses em Natal, atende na Revivare e já conseguiu abrir a Clínica Dermatológica Luciana Fieri, onde alia os tratamentos dermatológicos a sessões de Pilates.
Com o Blog, ela conversou sobre a importância de cuidar da pele, num SPA ou fora dele. 

Luciana Fieri – No SPA, é uma questão de bem estar. Você vem em busca de saúde e acaba buscando a estética para aliar beleza à saúde. E as pessoas acabam tendo pouco tempo, e no SPA elas estão mais dispostas a se cuidar. 

Thaisa Galvão – Num SPA as pessoas procuram perder peso…Já se o problema é no rosto, o que a dermatologia já oferece para evitar a cirurgia plástica?
Luciana
– Existem muitos procedimentos que conseguem postergar a cirurgia, claro que dependendo do grau de cada pessoa. Se você começa desde cedo com tratamentos dermatológicos, consegue retardar uma plástica.

Thaisa – Que tipo de procedimentos substitui?
Luciana
– Dependendo do que está incomodando o paciente, o Laser CO2 Fracionado pode chegar a evitar a cirurgia de pálpebra. Já o laser IInfra-Vermelho pode postergar um lifting. O próprio botox levanta a sobrancelha e ameniza a pálpebra caída. Tem ainda a aplicação de ácido polilático que estimula o colágeno diminuindo a flacidez da pele.

Thaisa – Mas um procedimento desse tem prazo de validade…
Luciana
– Até dois anos.

Thaisa – Quais as vantagens de se submeter a um tratamento dermatológico, cheio de novidades, e não a uma plástica?
Luciana
– A cirurgia plástica só vai mexer na anatomia do seu corpo, o estica e puxa. Já um procedimento dermatológico, além de mudar o contorno do seu rosto, trata a pele.

Thaisa – Existe uma idade certa para se submeter a uma cirurgia ou a um tratamento desses?
Luciana
– Depende do envelhecimento cutâneo, de pessoa pra pessoa.

Thaisa – As pessoas hoje procuram mais esses procedimentos e menos a plástica?
Luciana
– Muitas vezes por medo da cirurgia, do pós-operatório prolongado. Com a dermatologia você pode voltar ao normal mais rápido.

Thaisa – Dermatologia estética cuida só do rosto?
Luciana
– Do resto do corpo também. Cuida de flacidez, de celulite, estrias…

Thaisa – Os homens estão recorrendo mais à dermatologia?
Luciana
– 25% das pessoas que atendo são homens. A maioria já para cuidar da prevenção. Eles têm média de idade entre 30 e 40 anos.

Thaisa – Você alerta seus pacientes sobre o sol de Natal?
Luciana
– O índice de raio Ultra Violeta de Natal é um dos mais altos do país. Ele oscila de acordo com o vento, as nuvens, a umidade. A escala de raios UV é de até 14. A de Natal atinge 9, 10…

Thaisa – O jeito é o protetor solar.
Luciana
– O uso é obrigatório até para atravessar a rua e não só para ir à praia. Isso para evitar o câncer de pele. E as estatísticas de câncer de pele de Natal são maiores que as estatísticas nacionais. Em Natal, o índice de incidência é de 16%, já em todo o país é de 10%. Isso falando sobre câncer de pele causado por exposição ao sol.

Thaisa – Qual a hora certa para enfrentar o sol na praia?
Luciana
– Nunca das 10 às 15 horas. E é bom saber que o filtro solar apenas filtra o sol, não bloqueia. Então é bom usar sempre aliado a óculos escuros, chapeú…

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.