#JornalismoSemFakeNews

18 de novembro de 2010 às 7:15

Micarla agradece liberação de recursos e deixa mais projetos na mesa do ministro do Planejamento

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Numa articulação do padrinho no Planalto e homem forte do governo Dilma, Antônio Palocci, a prefeita Micarla de Sousa teve audiência ontem, em Brasília com o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo.
Para começar a conversa, agradecimentos pela liberação – em tempo recorde como nunca na história dessa gestão em relação ao governo federal – dos 180 milhões de reais para obras do PAC, em Natal.
E depois dos elogios e obrigadas, a prefeita, aproveitando a boa maré, engatou uma primeira e pediu mais: mais milhões para obras de infra-estrutura na cidade para a realização da Copa de 2014.
Micarla deixou na mesa de Paulo Bernardo, dois projetos considerados fundamentais para melhorar o trânsito de Natal: um que prevê a reestruturação da Avenida Amintas Barros, com a construção de um pontilhão elevado no valor de R$ 19,5 milhões, beneficiando diretamente 850 mil habitantes. E outro que reestrutura a Avenida Antônio Basílio, que inclui a construção de um viaduto e um pontilhão elevado, num investimento total de R$ 32,5 milhões para beneficiar diretamente 1,1 milhão de pessoas.
Na área de drenagem, a prefeita entregou ao ministro projeto de microdrenagens e interligações do túnel com lagoas do Preá e Potiguares (R$ 73 milhões), e R$ 85 milhões para drenagem e pavimentação dos loteamentos San Vale e Parque das Colinas.
“Ministro, juntas, estas obras resolverão definitivamente os problemas de drenagem e saneamento da nossa cidade. Os projetos estão adequados, a necessidade é comprovada e acredito que poderemos contar com o apoio do Governo Federal para executar estas obras”, destacou a prefeita, que ainda solicitou recursos para o Prodetur.
A prefeita foi ao gabinete do ministro com os secretários Kalazans Bezerra, chefe do Gabinete Civil, e Antônio Luna, do Planejamento.

                                Micarla com o ministro Paulo Bernardo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.