#JornalismoSemFakeNews

27 de março de 2011 às 12:15

Dizer que Natal saiu e voltou à lista de sedes da Copa é história pra boi dormir

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Se é verdade que Natal chegou a ficar fora da Copa…e depois voltou…é porque Natal nunca esteve.
As declarações, cada vez mais frequentes, entoando a mesma frase, têm apenas um propósito: fazer a população acreditar que a Copa é um assunto novo, trazido à tona e conquistado pelo atual governo.
Quando a gente sabe, sem puxar a sardinha pra ninguém, que todos tiveram sua participação.

-Desde o governo Wilma de Faria, que no começo ignorou o assunto, deixando nas mãos apenas do então secretário de Esportes, Miguel Weber, que viajou para a Suíça para a primeira reunião, providenciou o primeiro projeto do estádio (era uma Estrela, lembram?), mas depois que viu a coisa ficar séria entrou de cara, contratou consultorias, projetos…e fez a sua parte….

-Desde o deputado federal Fábio Faria, que como integrante da Comissão de Esportes da Câmara, foi atrás do presidente da CBF, Ricardo Teixeira, e agendou reunião da então governadora Wilma com ele….e na imprensa defendeu, o tempo todo, a biabilidade de Natal como sede da Copa de 2014….

-Desde a Prefeitura de Natal – mas somente após o início da gestão Micarla de Sousa, já que, no começo da história, quando Natal surgiu na lista das possíveis sedes de Copa, o então prefeito Carlos Eduardo disse que não interessava a Natal….mas após empossada prefeita, Micarla criou a Comissão, criou projetos de Mobilidade já aprovados pela Fifa, se aliou à Câmara para doar ao Estado o terreno do Machadão, pertencente ao Município, para que o Estado assumisse a construção da Arena das Dunas – hoje Estádio das Dunas – e à frente do governo estadual, entregou toda a documentação sem pedir adiamento de prazo como fez o Estado…

-Desde o governo Iberê Ferreira de Souza – o mais lento de todos na questão – que criou a Secretaria da Copa, providenciou a licitação, embora a mesma tenha dado "vazia" como resultado, já numa articulação da nova gestão que ora se iniciaria…

-E desde o governo Rosalba Ciarlini, que deu andamento aos projetos, nomeou como secretário da Copa o ex-secretário de Obras do Município, que já vinha tratando do assunto em âmbito municipal, inclusive tendo partidipado de reuniões decisivas com equipes da Fifa e CBF…que redefiniu o projeto da Arena, transformando em estádio…que antecipou o processo de licitação, numa articulação para emplacar a OAS como empresa vencedora…

-E para ser justa, desde a gestão do prefeito Agnelo Alves, em Parnamirim, que diante da negativa do filho Carlos Eduardo, então prefeito de Natal, declarou à época que interessava a Parnamirim sediar a Copa de 2014, já que a Natal não interessava…

Então…
Essa história de dizer que Natal ficou fora da Copa…e depois voltou, é conversa pra boi dormir.
É coisa de quem mostra dificuldade pra vender facilidade…
Coisas da nossa mesquinha política.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.