#JornalismoSemFakeNews

28 de março de 2011 às 6:41

Frequentadora de restaurante da Praça das Flores conta como aconteceu o assalto

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Sobre o assalto em um restaurante da Praça das Flores, noite de sábado, noticiado pelo Blog, recebo e-mail de uma das pessoas que estavam dentro do restaurante, que narra os momentos de pavor. Eis:

Estava no restaurante, mais precisamente no banheiro, no segundo em que os assaltantes entraram armados, e Deus meu, que situação!
Eu atrás da cortina e meu marido com as mãos na cabeça falando: Não sai, fica quieta, fica aí. Um filme de poucos segundos onde podemos rever na gravação do sistema de segurança do BIGI. Um deu um tiro lá fora, e o outro entrou pedindo para não olhar pra ele e pedindo o dinheiro, disseram-me. E logo vimos que o tiro atingiu o split da entrada, ou seja, dentro do restaurante acima da porta.
Gente, graças a Deus eles não nos fizeram nada, apenas levaram o dinheiro e alguns pertences, estavam tão nervosos quanto as vítimas. Lá dentro, eu, meu marido, minhas duas irmãs (uma grávida de 3 meses), dois cunhados, e um casal amigo.
Tudo isso prova o quanto estávamos inseguros (sim, porque agora a segurança deverá ser reforçada), e o dono do restaurante então? Nossa, somos frequentadores assíduos do BIGI, um restô maravilhoso, de atendimento impecável que agora deverá sofrer um injusto preconceito por um fato que não o diz respeito.
Nós, que pagamos nossos impostos, nem ao menos podemos sair pra jantar num restaurante perto de casa, onde ambos pagam um IPTU bem generoso, porque as autoridades que gerenciam esse mesmo imposto, parecem não desfrutar dos mesmos gostos, com isso, não enxergam a verdade porque ela não acontece para eles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.