#JornalismoSemFakeNews

3 de junho de 2011 às 16:15

Comitê de Imprensa da Câmara repudia ato de censura de vereador do PMDB

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Comitê de Imprensa da Câmara Municipal de Natal

NOTA DE REPÚDIO

O Comitê de Imprensa da Câmara Municipal de Natal vem a público repudiar a Resolução Nº 388 de 25 de maio de 2011, de autoria do vereador Luiz Carlos, do PMDB, aprovada pelo plenário do Legislativo Municipal, que engessa a grade de programação da TV Câmara. Pela nova regra, o canal passa a transmitir basicamente as sessões plenárias, fechando o espaço para os programas produzidos pela equipe de jornalistas da TV Câmara, de caráter informativo e educativo.

Embora este Comitê entenda a emissora como um instrumento cuja função primeira é a de dar transparência aos debates ocorridos no plenário da Câmara Municipal, não se concebe que sua programação se resuma à transmissão e reprise das sessões. No entendimento do Comitê de Imprensa, a grade da TV Câmara deve ser definida exclusivamente pela equipe de profissionais que trabalha na emissora, técnicos especializados e que entendem de Comunicação.
A TV Câmara inaugurada há oito anos, sendo a primeira emissora legislativa da região Nordeste, pode entrar, mais uma vez, para a história de pioneirismo. Mas, infelizmente, desta vez, como a primeira TV a transmitir exclusivamente as sessões plenárias, diferente das demais emissoras do País que têm seguido a tendência de diversificar sua programação. Tendência, inclusive, que vem sendo seguida pela TV Câmara de Natal.

Pela nova regra, a reprise da sessão plenária deve ir ao ar uma hora após o seu término. Nos feriados, sábados e domingos, as sessões deverão ser reprisadas duas vezes pela manhã, à tarde e à noite. Considerando que as sessões plenárias têm duração média de três horas, não restará espaço para outros programas.
O Comitê de Imprensa solicita ao nobre vereador Luiz Carlos e aos seus pares que revejam tal posicionamento sem precedente e que deixem a cargo da equipe de profissionais da TV Câmara, como tem sido até hoje, a administração da sua grade de programação, assim como os jornalistas não legislam e nem determinam o andamento dos trabalhos no plenário desta Casa.

Flávia Urbano
Presidente do Comitê de Imprensa da Câmara Municipal de Natal

Do Blog – Isso só tem um nome: CEN-SU-RA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Perfil