#JornalismoSemFakeNews

1 de dezembro de 2011 às 15:01

Repasse de 1 milhão só quitou dívidas de 28 ex-servidores da Datanorte

[2] Comentários | Deixe seu comentário.

Para conseguir receber o que o governo deve há tempos, teve ex-sevidor da Datanorte que chegou hoje ao Tribunal Regional do Trabalho, em Natal, por volta das 4 da manhã.

Ontem a juíza Maria Rita Manzarra determinou que o governo repassasse um milhão de reais para pagar a ex-servidores que tem processos em execução.

A prioridade seria dada a partir de idade e estado de saúde….e dos que compareceram, muitos já tinham idade mais avançada, dado o tempo em que brigam na justiça.

O lote de um milhão de reais só deu mesmo para quitar dívidas com 28 reclamantes.

Teve quem recebesse mais de 300 mil reais…

Os 28 sortudos tiveram audiência com a juíza.

Como o dinheiro só deu para quitar 60% da dívida, outro grupo de reclamantes vai ter que aguardar novo acordo entre Justiça do Trabalho e governo do Estado.

No caso de reclamantes preferenciais (idosos e doentes), a conciliação foi feita sobre 75% do valor da dívida, mais os 10% de honorários.

Os 28 acordos individuais totalizaram R$ 1.046 mil.

Audiência de reclamantes com a juíza

 

 

2 respostas para “Repasse de 1 milhão só quitou dívidas de 28 ex-servidores da Datanorte”

  1. marcos pinto disse:

    a DATANORTE, apenas para esclarecimento, ja ofereceu um rol de bens para leilao pela Justiça do Trabalho, todos oriundos da extinta COHAB, visando sanear o passivo trabalhista. Esta pendente de avaliação pela propria Justiça do Trabalho, quando sera aprazado o leilao e, com estes recursos, serao pagas mais dividas trabalhistas.

  2. maria jose camilo disse:

    Cara Thaisa, pense numa decepção!!! Cheguei lá as 4:30 h e peguei a senha 41, não cheguei nem perto de ser atendida, e é porque o meu processo já tinha sindo executado a um ano atrás. O grande vilão dessa história é o governo do estado, que tem dinheiro para gastar com toda besteira e nao se preocupa com o funcionalismo público. fora para a ROSAdespetalada, volte para MOssoró.

Deixe uma resposta para marcos pinto Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.