Thaisa Galvão

3 de janeiro de 2012 às 13:00

Rosalba comemora: obras do estádio estão adiantadas em dois meses [1] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Roalba Ciarlini visitou hoje as obras de construção da Arena das Dunas, e terminou a visita comemorando que a empresa contratada já antecipou, em dois meses, o prazo de entrega do novo estádio que sediará jogos da Copa de 2014.

“O avanço nas obras da Arena das Dunas superou todas as nossas expectativas. Já conseguimos cerca de 60 dias de antecipação no cronograma e isso nos deixa numa posição confortável, onde garantimos a economia de tempo para o restante da obra. Sem dúvida, agora temos mais tranquilidade para afirmar que a cidade estará preparada para realizar um grande evento”, destacou a Rosa, depois de ouvir o diretor da empresa Arena das Dunas Concessão e Eventos S/A, Charles Maia.

Que adiantou à Gove: de um total de 3.300, até o momento já foram executadas 87 estacas de concreto e a etapa deverá ficar pronta em cerca de 5 meses. A próxima etapa será a estrutura do estádio, que começará a ser erguida em cerca de 90 dias, enquanto as fundações são finalizadas.

Governadora convicta que as obras estão adiantadas (Fotos: Cláudio Abdon)

Rosalba levou equipe para checar obras do novo estádio

 

 

Uma resposta para “Rosalba comemora: obras do estádio estão adiantadas em dois meses”

  1. Elineide Lourenço disse:

    Muito bom que no estado estejam constrindo muitas obras para um evento esportivo tão grandioso, mais a população do estado creio que seja mais grandiosa que qualquer obra e ontem quando a governadora concedeu entrevista em um canal de tv do estado falou sobre a saúde que está péssima, abordou que vai melhorar quando tiver mais leitos, então penso por que não colocar pra funcionar efetivamente os que já existem, o hospistal regional de Canguaretama ficou praticamente dois meses sem funcionar por determinação da vigilância sanitária e agora reaberto não existem mais anestesistas para atender a população, será que aquela região e as pessoas que nela moram é diferente das outras do estado, não merecem a mesma atenção, por que não colocar um hospital para funcionar? a população não merecem?, fica a questão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*