Thaisa Galvão

14 de janeiro de 2012 às 20:27

Alber Nóbrega assume a secretaria de administração [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Foi publicado no Diário Oficial de hoje o nome de Alber Nóbrega para titular da secretaria de administração.

 No mesmo DO foi publicada a exoneração de Fátima Moreira que exercia a função de secretária particular de Rosalba.

Com a nomeação de Alber mais um mossoroenese que assume o primeiro escalão do governo.

Uma resposta para “Alber Nóbrega assume a secretaria de administração”

  1. BRUNO CALIBRE 50 disse:

    Circulando em Off – Por Gilberto de Sousa
    Postado em 2012-01-14 por Gilberto de Sousa

    Sob o título “Contradições do governo de Rosalba”, recebi o seguinte e-mail, de uma fonte, indignada, da Secretaria Estadual de Tributação: “Mais uma medida contraditória está para ser tomada no Governo do Estado do RN, desta vez é a nível de Secretaria da Tributação. A governadora Rosalba, como ex-prefeita da maior cidade do interior do Estado se elegeu gerando a expectativa de que agora o interior do RN seria contemplado nas ações do governo, mas a nível de SET não é o que está para acontecer, das sete unidades regionais de tributação, quatro serão fechadas, as de Macau, Pau dos Ferros, Currais Novos e Nova Cruz, apenas as unidades de Natal, Mossoró e Caicó permanecerão, e isso mesmo parcialmente, porque somente ficará funcionando no interior a parte de atendimento, e este será nas Centrais do Cidadão, que como já sabemos estão sucateadas e abandonadas pelo poder público. A parte de fiscalização propriamente dita será transferida para Natal, só para se ter uma ideia a nível de 6ª URT com sede em Mossoró, essa mudança implicará na transferência de pelo menos 40 funcionários para Natal, são pais e mães de família que desde de já estão preocupados com o seu futuro. A alegação mais uma vez é a contenção de gastos e a economia de despesas com custeio, o que não deixa de ser uma grande ironia, mais uma vez o interior do RN vai pagar a conta pelo desequilíbrio financeiro do Estado, prejudicando contribuintes, funcionários, contadores e cidadãos de todas as regiões do interior do Estado que terão que se deslocar para Natal a fim de resolver os seus problemas com a tributação, em benefício de uma elite de funcionários públicos que ficam trancados nos seus gabinetes refrigerados no Centro Administrativo na capital”. Está registrado e só nos resta aguardar os desdobramentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.