Thaisa Galvão

21 de dezembro de 2012 às 1:26

Livre da cassação, Carlos Eduardo acusa Micarla e Edivan de ‘inventarem’ processo [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Eleito, diplomado e agora livre de entraves jurídicos para tomar posse, o prefeito Carlos Eduardo culpou a prefeita afastada de Natal, Micarla de Sousa, e o presidente da Câmara, Edivan Martins, por terem “inventado” um processo para prejudicá-lo.

Em entrevista à 98FM, Carlos Eduardo comentou a decisão do juiz Geraldo Motta, que ao julgar o mérito anulando decreto da Câmara que reprovou as contas dele referentes ao exercício de 2008.

“Ganhamos em todas as instâncias. Pegamos juízes, juízas, desembargadores, pessoas inabordáveis, que fizeram com que hoje eu esteja aqui, respaldado pela Justiça do meu estado”, disse Carlos na entrevista.

Uma resposta para “Livre da cassação, Carlos Eduardo acusa Micarla e Edivan de ‘inventarem’ processo”

  1. Natal há muito corre em linha de irregularidades e atos desabonadores de seus titulres do Executivo Municipal. O Poder Legislativo completamento ocupado por gente despreparadas e desonestas – comprovações julgadas judicialmente – fora os que estão nas antesalas de juizes e desembagadores. Esse ato que desqualificava o prefeito eleito, é um exemplo. è um estrupicio só. Essa prefeita afastada completou o cíclo de descalabro. Não tem sobrenome, por isto sua vida pessoal e política se acabou. Quem chega não será diferente. Como sou Cristão, acredito na regeneração dos degenerados. Feliz Natal, Natalenses e imprensa que cobre com quase perfeitção os acontecimentos da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.