#JornalismoSemFakeNews

22 de dezembro de 2012 às 13:10

Risco à saúde: carne vendida em Assu é transportada sem condições de higiene

[3] Comentários | Deixe seu comentário.

Fim do mundo.

O Blog reproduz flagrante publicado no blog De Olho no Assú, para mostrar o horror a que a população do município de Assu está se submetendo.

A carroça abaixo transporta carne.

Não para o lixo, como parece. Mas para as feiras, as mesas dos consumidores.

De onde vem o horror?

De um lugar qualquer, tão nojento quanto a cena abaixo, já que o abatedouro público da cidade está fechado há vários meses, e pelo mesmo motivo que se vê no flagrante…

Alô Ministério Público!

http://coloraldeolhonoassu.blogspot.com.br

 

3 respostas para “Risco à saúde: carne vendida em Assu é transportada sem condições de higiene”

  1. Toni Martins disse:

    IMAGINE EM CARNAUBAIS (TAMBÉM NO VALE DO AÇU) COM 50 ANOS DE EMANCIPAÇÃO E NUNCA PENSARAM EM CONSTRUIR UM ABATEDOURO. A MATANÇA É 100% CLANDESTINA.

  2. Sérgio Pinheiro disse:

    Em Natal ocorre algo parecido. Basta uma visita a localidade chamada “Salgadinho” nas Quintas, por traz do antigo Frigonat, entre a margem do rio Potengi e a Avenida Industrial João Mota. Toda quinta feira são abatidas clandestinamente mais de 400 cabeças de porcos, carneiros e bodes. Tudo para feiras e alguns pequenos supermercados de Natal. Todo rejeito (vísceras, sangue e água de lavagem) é lançado no manguezal do Potengi.

  3. Marcos Maia disse:

    Você não viu nada. Dê uma passarinha no açougue municipal de Caicó…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Perfil