#JornalismoSemFakeNews

20 de janeiro de 2013 às 23:33

Vice-presidente da CEF e ex-ministro, Geddel Vieira diz que deixou obra da transposição com ‘9.000 trabalhadores no canteiro’

[1] Comentários | Deixe seu comentário.

Quando a TV Globo começou a veicular a chamada do Fantástico sobre a reportagem da transposição do rio São Francisco, o ex-ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira (PMDB) , foi para o twitter para lembrar aos seus seguidores que, no seu tempo de Ministério, a obra andou.

Geddel Vieira Lima @geddel_ – Preocupado e triste ouço as noticias que obra da Transposição enfrenta dificuldades Deixei o MI com 9.000 trabalhadores no canteiro
Geddel Vieira Lima @geddel_ – e obra a todo vapor O que esta havendo?
*
Assim que saiu a reportagem no Fantástico, questionei Geddel.
– Caro @geddel_ o que está acontecendo com a transposição? Vc disse q deixou a obra a pleno vapor. (perguntei)
Resposta de Geddel, atual vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal:
Geddel Vieira Lima @geddel_ – @thaisagalvao E deixei
Voltei a perguntar:
– A que o sr atribui a atual situação? Qdo o sr deixou a obra estava em qtos bilhões?
Mas o ex-ministro economizou na resposta.
Geddel Vieira Lima @geddel_ – @thaisagalvao Nós não

Uma resposta para “Vice-presidente da CEF e ex-ministro, Geddel Vieira diz que deixou obra da transposição com ‘9.000 trabalhadores no canteiro’”

  1. Jairo de Sousa Abel disse:

    O ex-ministro deixou a obra andando a passo de tartaruga e várias denúncias de superfaturamento apontadas pelo TCU. È pouco ou quer mais?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.