#JornalismoSemFakeNews

23 de julho de 2013 às 12:30

Depois de concordarem com prefeito, vereadores de Macau decidem romper caso ele demita cargos comissionados

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os vereadores governistas de Macau, que em reunião realizada na sede da Femurn, ontem em Natal, acataram a decisão do prefeito Kerginaldo Pinto (PMDB), de exonerar 250 cargos comissionados…já mudaram de ideia.

Neste momento, entre um espeto e outro de picanha, na churrascaria Sal e Brasa, ainda em Natal, decidiram romper com o prefeito caso as exonerações sejam concretizadas.

Os vereadores mudaram de ideia depois das muitas ligações que receberam dos apadrinhados prestes a perdem os empregos.

 

 

Macau é uma cidade rica. Recebe milhões em royalties de petróleo a cada repasse. Tem o trunfo que muitos municípios do Rio Grande do Norte, em crise, não tem.

É certo que o dinheiro dos royalties não pode ser utilizado para pagar pessoal, mas pode, muito bem, ser usado em investimentos e nos serviços essenciais que são mantidos com o FPM em queda…

O que se diz nos bastidores é que a exoneração se dá mesmo para que o prefeito consiga montar o seu time.

Eleito no ano passado com o apoio do ex-prefeito Flávio Veras, de quem era secretário, Kerginaldo Pinto assumiu com o ônus de manter a equipe de Flávio no poder.

Agora é chegada a hora do prefeito ser ele…

 

Quem quiser pagar, vai ver….as exonerações de agora e as nomeações de daqui a pouco…

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.