Thaisa Galvão

20 de agosto de 2013 às 8:22

Walter Alves sobre o governo: “Meu nome não está à disposição” [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Se o PMDB tinha o deputado Walter Alves como o nome para disputar o governo do Estado no próximo ano…não tem mais.

Walter conversou com o pai, ministro Garibaldi Filho, neste final de semana e decidiu: não será candidato.
“Meu nome não está à disposição do PMDB”, disse Walter agora há pouco ao Blog.
O deputado disse que ficou lisonjeado e honrado com a indicação, “principalmente de pessoas com a envergadura do ex-senador Fernando Bezerra”, mas, repetindo, o nome não está na disputa.
Walter disse que será candidato à reeleição, e quanto a uma possível candidatura majoritária, ele afirma que ainda está se preparando.
“Estou fazendo MBA em Gestão Pública”, revelou Walter.
Se preparando para uma próxima…

2 respostas para “Walter Alves sobre o governo: “Meu nome não está à disposição””

  1. Certíssima a posição do Deputado Walter Alves. O Estado desde há muito tempo – 10, 12 anos, já dava sinais de de insolvência. Rosalba assumiu o cargo com o Estado arrombado. 14 planos de cargos e salários foram implantados sem nenhum estudo técnico,e até sem cumprimento dos mesmos, pois a toque caixa em pela campanha eleitoral algumas categorias de servidores públicos ficaram de fora e hoje todos recorreram às barras da justiça pra fazer valer o que está escrito na Lei, de forma irresponsável. Não sabemos que será o tertius que assumirá o próximo governo, mas será um período de muita turbulência. O Estado terá que ser completamente repensado e reformado em toda a sua essência. Quem não tiver firmeza e capacidade gerencial, vai ser deposto pelos grupos corporativistas de servidores públicos. Isto em detrimento dos anseios da população nas áreas de saúde, segurança, infraestrutura, transporte público e educação.

  2. Ricardo Falcão Freire disse:

    Eu que pensei que a Sky fosse uma empresa séria. Ledo engano. No dia 09/07/2013 pedi o cancelamento da minha assinatura o que ocorreu de imediato. O sinal ficou em aberto até o final de julho, quando foi desligado. Recebi, através de e-mail, da própria Sky, a confirmação do cancelamento dos serviços SKY protocolo nº 198003484. Só que no início de agosto recebi um e-mail, da própria Sky cobrando pelo serviço referente ao período de uso de 11/08 a 10/09/2013. Como pode?? Eu já não era assinante e nem tinha sinal da mesma. Desde o momento tenho ligado diversas vezes para a referida operadora que não têm escutado minhas reclamações e quer que eu pague por um serviço inexistente. Sky é a pior operadora do Brasil. Vou procurar a imprensa e a justiça para provar que a Sky não dar a mínima para o consumidor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*