Thaisa Galvão

12 de outubro de 2013 às 12:23

Ives Gandra chega a Natal para fazer inspeção no TRT [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O Corregedor-Geral da Justiça do Trabalho, Ministro Ives Gandra, chega a Natal na seguna-feira.
Ele vai fazer, da segunda até a quarta, uma inspeção no Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN).

Na segunda-feira, às 8:30h, o jurista receberá a imprensa para apresentar os primeiros números já apurados sobre o tribunal.

O TRT-RN conta hoje com 8 desembargadores, já que dois cargos estão vagos, 44 juízes, 743 servidores e 23 Varas do Trabalho, em Natal e no interior, e foi considerado o 8º mais produtivo do Brasil este ano, com produtividade de 107%.

A Inspeção será encerrada na quarta-feira pela manhã, com a leitura da ata pelo corregedor Ives Gandra, na sede do TRT-RN.

12 de outubro de 2013 às 12:17

Médicos e servidores da Saúde farão protesto na segunda-feira contra fechamento de hospital infantil [1] Comentários | Deixe seu comentário.

E a saúde pública toma conta do noticiário do Dia da Criança…
Médicos e profissionais da saúde estão organizando um protesto contra o fechamento do Hospital Infantil Sandra Celestee, e contra a transferência dos seus serviços para a UPA da Cidade da Esperança.
O protesto será na segunda-feira,às 9 horas, em frente ao hospital.
*
A possível transferência, ainda não anunciada oficialmente, vem sendo debatida pelas entidades sindicais da área da saúde.
Para a sindicalista Sônia Godeiro, a UPA deveria ser aberta para somar ao atendimento do Sandra Celeste, justificando que as filas do hospital já são muito grandes, e a UPA, que ela já visitou, é pequena para agregar o atendimento o hospital.

“A UPA não comportaria atender todas as especialidades que já tem e ainda aumentar o atendimento infantil, com a demanda numerosa que já temos hoje”.

12 de outubro de 2013 às 12:08

Para secretário de Saúde, ao atribuir morte de paciente ao Estado, a Prefeitura de Natal “não quis reconhecer suas fragilidades na assistência hospitalar” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Uma matéria feita pela InterTV Cabugi, veiculada na Globo, atribuindo ao Estado o que teria sido uma falha do Município, deixou o secretário estadual de Saúde, Luiz Roberto Fonseca, indignado, ao ponto de convocar a imprensa para esclarecer sobre a tal reportagem que abordou o falecimento de uma paciente na Unidade Mista de Saúde do bairro Cidade da Esperança, da Prefeitura de Natal, responsabilizando o ocorrido ao fato das macas do Samu Natal estarem presas no Walfredo Gurgel.

O secretário explicou que, na realidade, a paciente deveria ter sido “imediatamente estabilizada na própria unidade do município de Natal” a que havia se dirigido, para depois aguardar a chegada do Samu, já que “em casos de parada cardiorrespiratória há apenas 50% de probabilidade do paciente se recuperar”.
Segundo o secretário, “índice que cai 10% a cada 1 minuto sem a assistência adequada, de modo que, dentro de um intervalo de 5 minutos, o quadro se torna irreversível”.
*

O secretário também destacou a insuficiência de resposta, não apenas por parte do município de Natal, mas também dos demais do interior, quanto à prestação dos serviços de baixa e média complexidade, “o que é legalmente de competência destes”.

“Ao atribuir ao Governo do Estado o insucesso de uma reanimação, o município de Natal não quis reconhecer suas fragilidades na assistência hospitalar e a precisão de investimentos na melhoria de suas unidades e equipamentos. Hospitais como o Walfredo Gurgel, referência em traumatologia, vem ao longo dos anos sendo marginalizado e apontado como vilão da Saúde Pública quando na verdade é o sustentáculo da rede estadual, pois atende todos os tipos de ocorrências”.
*
Para Luiz Roberto, “enquanto não houver uma responsabilização efetiva”, por parte de todos os entes (município, estado e federação), com a cobrança para que cada um cumpra com aquilo que é o seu papel, ou seja, ao município o atendimento à baixa e média complexidade, ao Estado a alta complexidade e ao Ministério da Saúde o financiamento junto aos dois entes, “não será possível alcançar o patamar de dignidade que se deseja na assistência à nossa população”.
*
“Não se prende macas do Samu pelo simples desejo de prender macas. Como ex-coordenador do Samu Natal e Samu 192 RN, por um período de oito anos, sei que a solução não é comprar macas e sim a cobrança de que cada ente cumpra à resposta do seu nível de complexidade”, disse o secretário, afirmando ainda que a capitaldo RN, que conta com quase 900 mil habitantes, “deveria possuir 4 Unidades de Pronto Atendimento (UPA)”, como preconiza o Ministério da Saúde.
*

“O município deve reconhecer que precisa trabalhar com quatro Unidades de Pronto Atendimento, quando se está com apenas uma, e investir na construção de um hospital próprio, evitando que toda a sua demanda, de baixa e média complexidade, seja encaminhada aos hospitais do Estado, superlotando as unidades de referência”, disse o secretário.

12 de outubro de 2013 às 11:10

Pela pesquisa Datafolha de hoje, não tem quem tome a Presidência de Dilma [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha de S. Paulo

COM CAMPOS E AÉCIO, DILMA VENCE ELEIÇÃO NO PRIMEIRO TURNO
RICARDO MENDONÇA
DE SÃO PAULO

Pesquisa Datafolha realizada nesta sexta (11) mostra que a presidente Dilma Rousseff seria reeleita no primeiro turno se disputasse a eleição contra os dois candidatos mais prováveis do PSDB e do PSB, o tucano Aécio Neves e o socialista Eduardo Campos.

Nessa simulação, Dilma tem 42% das intenções de voto; Aécio, 21%; Campos,15%. Brancos, nulos ou nenhum somam 16%. Outros 7% não sabem em quem votar.

O instituto testou quatro cenários para a eleição presidencial de 2014, alternando os nomes de Campos e Marina Silva, pelo PSB, e os de Aécio e José Serra, pelo PSDB.
*
Nas outras três combinações, Dilma não teria uma quantidade suficiente de votos para garantir vitória no primeiro turno.

No simulação em que a disputa aparece mais apertada, a petista alcança 37% das intenções de voto, Marina marca 28%, Serra alcança 20%.

Trata-se, porém, justamente do cenário mais improvável da eleição, já que os principais líderes do PSB e do PSDB trabalham pelas candidaturas de seus presidentes nacionais, Campos e Aécio.

Nesta rodada, o Datafolha fez 2.517 entrevistas em 154 municípios, o que resulta numa margem de erro de 2 pontos para mais ou para menos.
*

As simulações do atual levantamento não podem ser diretamente comparadas com as de pesquisas anteriores do instituto porque não há coincidência de cenários.

No quadro que era tido como o mais provável da pesquisa anterior, no início de agosto, Dilma tinha 35%; Marina marcava 26%; Aécio alcançava 13%; Campos, 8%.

Após o fracasso da criação da Rede dentro do prazo legal para concorrer em 2014, Marina filiou-se ao PSB. Com isso, não há mais como ela e Eduardo Campos disputarem o mesmo cargo.

Os números de ontem sugerem que o espólio eleitoral de Marina foi dividido de forma quase idêntica entre Dilma, Aécio e Campos. A petista teria herdado 7 pontos; o tucano, 8; o socialista agora apoiado por Marina, 7.

O levantamento de ontem também confirma que Marina seria a adversária mais competitiva da presidente Dilma Rousseff em 2014. Ela atinge 29% em seu melhor cenário, quase o dobro da melhor situação de Campos.

Dilma vence em todas as simulações de segundo turno. Contra Marina, ganha por 47% a 41%. Contra Serra, por 51% a 33%. Contra Aécio, 54% a 31%. Contra Campos, 54% a 28%.

20131012-112128.jpg

20131012-112206.jpg

12 de outubro de 2013 às 10:58

O desabafo do ex-governador Geraldo Melo sobre “interesse público” das autoridades do RN [5] Comentários | Deixe seu comentário.

Do ex-governador Geraldo Melo, eterno sofredor por ser vizinho do Carnatal, e que agora se prepara para ficar dentro de sua casa, isolado do mundo, com a notícia da interdição de ruas para as chamadas obras da Copa…
Em seu perfil no Facebook, agora há pouco, ele escreveu o que um bocado de gente gostaria de escrever, mostrando que não entende o que muita gente também não consegue.
Vale compartilhar:
*

QUERIA ENTENDER – Ouvi dizer primeiro que o Carnatal seria deslocado daqui da minha porta para algum lugar no prolongamento da Prudente de Morais. Confesso que fiquei animado, pois, nos dias de carnatal, se eu estiver dentro de casa não posso sair e se estiver fora não posso entrar.
Mas, há novidades: parece que se reuniram os ibamas e idemas da vida e mais alguém do Ministério Público e, por razões ambientais, teria sido proibida essa mudança de local.
*
Motivo — para não perturbar a noite dos insetos e de outros animais que residem naquela área (mesmo que a lista desses animais seja inteiramente desconhecida das autoridades ambientais).
*
Resultado — o carnatal volta para a área em torno da Arena das Dunas, o que, para mim, significa que volta para a minha porta.
*
E o que é que não entendo: é que não se pode perturbar insetos, ratos, baratas que moram nas proximidades do prolongamento da Prudente de Morais. Mas, se pode perturbar as pessoas. Inclusive aquelas que, a dois quarteirões daqui, estiverem internadas em um hospital existente nas vizinhanças (Pro Mater).
*
Ainda bem que essas autoridades estão cuidando zelozamente de garantir o sono noturno e a reprodução do mosquito da dengue, de ratos, baratas, lacraus que podem continuar tranquilos sem a perturbação da folia. Isso é o que se chama “interesse público”. Parabéns!

12 de outubro de 2013 às 1:04

Crianças sem Estatuto [2] Comentários | Deixe seu comentário.

No Dia da Criança, a constatação que se repete a cada 12 de outubro: como o Brasil e carente do cumprimento do Estatudo da Criança e do Adolescente…
O artigo do jurista Erick Pereira no Novo Jornal deste sábado relata exatamente a consequência do descaso no nosso Brasil de tntas…e de nenhuma lei.

20131012-011345.jpg

12 de outubro de 2013 às 0:46

Cláudia Regina inocentada de acusação baseada em nota de jornal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A juíza de Mossoró, Ana Clarisse Arruda Pereira, julgou mais um processo contra a prefeita de Mossoró, Cláudia Regina.
Depois de afastar a prefeita na semana passada, a juíza inocentou Cláudia em outro processo, que acusa a gestora de ter se beneficiada por uma suposta promessa em que o empresário Edvaldo Fagundes teria feito, de que doaria o dinheiro que ganhasse com apostas feitas, em caso de vitória, para algumas instituições beneficentes.

A promotoria eleitoral entendeu que isso se configurou como compra de votos, mas a juía não reconheceu a denúncia, baseada em uma nota postada em coluna do agora extinto Correio da Tarde.

12 de outubro de 2013 às 0:45

A subtração dos processos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A prefeita Cláudia Regina já foi inocentada em 5 processos e condenada em outros 5, desde que assumiu a Prefeitura de Mossoró.

Essa semana o Blog publicou que Cláudia ainda terá algumas ações a enfrentar:
Três ainda nas mãos do juiz Herval Sampoio e 5 nas mãos da juíza Ana Clarisse.
*
Herval já julgou uma nesta quinta-feira, restando ainda 2 processos.
E Ana Clarisse julgou essa última, portanto, lhe restam 4.

12 de outubro de 2013 às 0:16

PT de Mossoró quer saber quem usou ‘o nome, os sinais e a logomarca’ do partido [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O Diretório do PT de Mossoró emitiu nota repetindo o que o deputado estadual Fernando Mineiro já havia dito no twitter: as faixas chamando o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, de “traidor do PT”, não foram espalhadas em Mossoró nesta sexta-feira, por petistas filiados à legenda.
Na nota, o PT diz que o partido foi pego de surpresa e que as autoridades competentes irão apurar quem foram os responsáveis pelo “uso indevido do nome, dos sinais e da logomarca do Partido dos Trabalhadores”…
*
Ora…
Nome, sinais e logomarca do PT são de domínio público, como é o ‘conjunto da obra’ do PSB, PR, DEM, PMDB e etc…
E a livre expressão…foi conquistada pela Constituição que acaba de fazer 25 anos.
O resto…é ditadura.

12 de outubro de 2013 às 0:04

Folha repercute recepção adversária a Eduardo Campos em Mossoró [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como o Blog publicou pela manhã, a Folha Online mostrou a receptividade dos contrários à candidatura do governaor Eduardo Campos (PSB) nesta sexta-feira em Mossoró.
O Portal da Folha de S. Paulo publicou reportagem assinada pelo jornalista Aclecivam Soares, conhecedor da região Central do Rio Grande do Norte.
Eis:
*
CHAMADO DE “TRAIDOR DO PT”, CAMPOS CITA PEDIDO DE LULA EM 2010
ACLECIVAM SOARES
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, EM MOSSORÓ

Citado como “traidor do PT e do Brasil” em uma faixa estendida nas imediações da Câmara Municipal de Mossoró (RN), onde participou nesta sexta-feira (11) de evento partidário, o presidente nacional do PSB e governador de Pernambuco, Eduardo Campos, lembrou, em discurso a militantes, que seu partido abdicou de candidatura própria à Presidência em 2010 por um pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Na eleição passada o PSB teria candidato a presidente, mas o partido atendeu apelo do presidente Lula para que não tivesse. Para seu projeto político continuar o PSB deveria apoiar a candidatura de Dilma Rousseff”, disse Campos em encontro do PSB do Rio Grande do Norte.
*
O governador chegou ao local do evento por volta das 11h, quando duas pessoas seguravam uma faixa com os dizeres “Eduardo Campos, traidor do PT, traidor do Brasil” em frente a uma entrada lateral da Câmara de Mossoró. Não foi possível apurar se Campos chegou a ver a faixa.

Tendo visto ou não a manifestação, Campos fez questão de citar a anuência do partido ao pedido de Lula, e ainda mencionou a performance da nova aliada, a ex-ministra Marina Silva, nas eleições daquele ano.