Thaisa Galvão

1 de maio de 2014 às 12:28

Campanha sem discursos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E a campanha estadual começa assim:

O governadorável Henrique Alves (PMDB), ataca o PT quando o adversário dele é mesmo o governadorável Robinson Faria (PSD)…

Os dois são amigos, sempre foram, quase ficaram no mesmo palanque, e vão ter que rebolar para atacar um ao outro, tendo os dois feito parte de um mesmo projeto há bastante tempo.

Falta discurso tanto de um lado quanto do outro.

A ex-governadora Wilma de Faria (PSB), pré-candidata ao Senado, ataca de frente a governadora Rosalba Ciarlini (DEM), quando a adversária dela é mesmo a deputada Fátima Bezerra (PT).

As duas são aliadas há exatos 15 anos.

O PT de Fátima sempre fazendo parte das administrações de Wilma.

Falta discurso tanto de um lado quanto do outro.

Os 'escândalos' do Governo Wilma, serão comparados aos escândalos dos Governos Dilma e Lula…numa comparação que vai valer até a perguntinha infeliz "quantos presos eu tenho e quantos você tem?".

Esse é o cenário do traçado inicial da campanha que começa a começar…ainda sem a governadora Rosalba Ciarlini, que, se conseguir entrar, vai ter que escolher também os seus aliados e os seus adversários.

Por enquanto, Rosalba ataca Wilma, quando os adversários dela seriam, na verdade, Henrique e Robinson.

Campanha atravessada essa…

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.