Thaisa Galvão

7 de maio de 2014 às 0:09

Evento do PR: Mais uma representação por propaganda antecipada contra Henrique, João Maia e Wilma [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como o Blog publicou….depois do PMDB, o evento do PR realizado no dia 5 de abril, também foi alvo de representação do Ministério Público Federal Eleitoral.

E nesta terça-feira a Procuradoria Regional Eleitoral, através da Procuradoria Eleitoral Auxiliar, ajuizou nova representação contra a chapa formada pelos deputados Henrique Alves e João Maia e pela vice-prefeita Wilmade Faria, por propaganda antecipada.

Para o procurador que assina a representação, Kleber Martins, a finalidade da reunião deveria ser a difusão dos programas do PR, mas foi desvirtuada 'convertendo-se em lançamento antecipado de candidatos em momento vedado pela legislação eleitoral".

 

“O evento que denominou de Encontro Estadual do partido, na realidade, revelou-se como sendo nada mais do que um comício antecipado do trio formado pelos três primeiros representados. Ora, da análise do teor dos discursos que nele tiveram lugar, vê-se, sem dificuldade, que o único e exclusivo objetivo do evento foi a promoção das imagens pessoais e eleitorais”.

Para o procurador, o encontro do PR se deu em ambiente aberto, com acesso livre a qualquer pessoa.

Uma equipe da Procuradoria Regional Eleitoral compareceu à reunião e filmou todo o evento.

 

A multa para propaganda antecipada varia de R$ 5 a R$ 25 mil. 

*

As duas representações (do PMDB e do PR) deverão ser distribuídas, no TRE, para os juízes da propaganda eleitoral: Gustavo Smith ou Alceu Cicco.

Também do conjunto da propaganda, o juiz federal Marco Bruno está de férias e fora do Brasil.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.