Thaisa Galvão

25 de maio de 2014 às 12:10

Candidatos a prefeito de Ipanguaçu fazem comícios com presença de líderes estaduais neste sábado [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Palanques recheados em Ipanguaçu neste sábado.

O município realizará eleição suplementar no dia primeiro de junho, para substituir o prefeito leonardo (PT), que foi cassado e afastado.

Apoiado pelo prefeito cassado, o candidato é o presidente da Câmara que está no exercício do executivo, Geraldo Paulino (PT), que tem como vice Valderedo Bertoldo (PPS).

Na noite de comício grande, presença do presidente da Assembleia, deputado Ricardo Motta (PROS) e do presidente do PROS e pré-candidato a deputado federal, Rafael Motta.

 

No palanque da oposição, o candidato é o ex-prefeito José de Deus (PP) – que foi cassado, inelegível, condenado. 

No palanque de José de Deus neste sábado, estiveram o governadorável Henrique Alves (PMDB), a senadorável Wilma de Faria (PSB), o senador José Agripino (DEM), o deputado federal Felipe Maia (DEM), o deputado estadual e pré-candidato a federal, Walter Alves (PMDB).

 

*

 

José de Deus foi condenado pelo juiz Bruno Lacerda Bezerra Fernandes, por prática de improbidade administrativa.

Teve os direitos políticos cassados.

De acordo com o site do Conselho Nacional de Justiça, ele faz parte da lista de inelegíveis.

E na lista, a inelegibilidade de José de Deus ainda não terminou.

Mas, ele é candidato? Coisas da Justiça.

 

Palanque de Geraldo Paulino

20140525-124033-45633286.jpg

Palanque de José de Deus


20140525-124305-45785139.jpg

 

Uma resposta para “Candidatos a prefeito de Ipanguaçu fazem comícios com presença de líderes estaduais neste sábado”

  1. Liana Melo disse:

    Esta Notícia e situação caberiam alguns ditos populares… Tipo, 'a água só corre para o mar'; 'barco perdido bem carregado'; cavalo dado não se olha os dentes'; pé podre, bota velha', e por aí vai.

    Mas para além dos ditos e a despeito deles, o que de fato se vê nesta situação de Ipanguaçu é o esmagamento da democracia, pelo ego, pela injustiça da justiça, pelo assassinato da ética.

    O prefeito cassado Leonardo Oliveira, venceu as eleições, ora derrubada – contra este mesmo grupão opositor -,  com maioria de mais de 1.800 votos; o que no coeficiente eleitoral de Ipanguaçu, é uma maioria esmagadora e nunca havida na história do Município.

    O incoformismo dos derrotados e os equívocos jurídicos aterram a democracia (demos + kratos = PODER DO POVO) e obrigam a cidade a este embate inexplicável, indevido, imoral, ilegítimo, oneroso, prejudicial, lamentável.

    Lamentável é a melhor legenda para estes fatos, para este palanque, para esta legião. É lamentável ver 'as maiores autoridades' do estado apoiando a injustiça, a elegibilidade forjada e forçada, a anti-democracia, a anti-ética.

    Mas… pensando bem, é bom que tenhamos visto isso!! É bom sabermos para onde o RN caminha/descaminha. É bom pra sabermos o que estas 'autoridades' pensam da improbidade administrativa, da Justiça, da moral, da honestidade, da democracia.

    Este palanque tão 'recheado' nos diz o quanto o RN está bem representado, e o quanto o nosso futuro é 'mais do mesmo' passado. 'Rio grande sem sorte, Rio Grande do Norte'.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.