Thaisa Galvão

26 de maio de 2014 às 20:31

PMDB, Henrique, Wilma e João Maia são condenados a pagar multa por propaganda antecipada [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Justiça Eleitoral está só avisando: não vai deixar ninguém fazer graça nessas eleições.

Hoje o TRE acatou ação do Ministério Público Eleitoral e condenou o PMDB, o governadorável Henrique Alves (PMDB), o vice João Maia (PR) e a senadorável Wilma de Faria (PSB) a pagamento de multa por propaganda antecipada.

A condenação, assinada pelo juiz auxiliar do TRE e responsável pela propaganda eleitoral, Marco Bruno Miranda, estipula as seguintes multas:

PMDB – 25 mil reais

Henrique Alves – 25 mil reais

Wilma de Faria – 15 mil reais

João Maia – 5 mil reais

A condenação se refere ao evento realizado no Hotel PraiaMar para anunciar a candidatura de Henrique ao governo e de Wilma ao Senado.

O nome de João Maia não foi oficializado neste dia e ele não discursou, daí a multa ter sido menor.

A investigação por parte da Procuradoria Regional Eleitoral, do TRE, foi informada em primeira mão por este Blog.

*

No caso da primeira condenação por propaganda antecipada, a pena é multa.

Com duas ou mais, abuso de poder.

O que poderá causar a inelegibilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*