Thaisa Galvão

23 de junho de 2014 às 11:17

Prefeito Francisco José Júnior ainda não desistiu do apoio de Fafá Rosado a Robinson [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior (PSD), ainda não perdeu a esperança de ter, no palanque do governadorável Robinson Faria (PSD), a ex-prefeita Fafá Rosado (PMDB).

Fafá, apesar de ser do PMDB que subiu no palanque de Larissa Rosado (PSB) na eleição suplementar, esteve no palanque que elegeu Francisco Júnior.

Ela e o marido, deputado estadual Leonardo Nogueira, do DEM, que ficou sem palanque, vez que a prefeita afastada Cláudia Regina não conseguiu ser candidata.

Mas, passada a eleição suplementar, Fafá, do PMDB, terminou numa corda bamba danada entre apoiar Robinson, candidato de Francisco, ou apoiar o governadorável Henrique Alves, presidente do seu partido, o PMDB.

Com a justificativa de que eleição suplementar é uma coisa e eleição estadual é outra, Fafá despontou como pré-candidata à deputada federal pelo PMDB.

Não teve a receptividade de Henrique, e foi se acomodando no palanque onde já estava, o do PSD.

Até que Henrique percebeu a possível perda em Mossoró, e conversou com Fafá, convencendo-lhe que ela seria sua candidata à deputada federal no município.

Fafá se animou, até ser cercada pelo prefeito e por Robinson.

Balançou mais uma vez para o lado do palanque que estava há alguns meses.

Mas Henrique foi mais uma vez em busca do apoio de Fafá, e a ela ofereceu, além do apoio para federal, a presidência do PMDB mossoroense, destronando a atual presidente, vereadora Izabel Montenegro, que não atura Fafá.

Aí ficariam no palanque de Henrique, Fafá candidata a federal e o marido Leonardo, do DEM que já está no palanque, candidato a estadual.

Mas aí pode estar o nó da questão.

Leonardo, em Mossoró, teria o apoio do prefeito Francisco José Júnior para se reeleger.

Teria.

Porque indo para o palanque de Henrique, o estadual do prefeito será outro.

Aí vale a reflexão do casal: quem tem mais chance de se eleger? Fafá ou Leonardo?

Ou os dois se elegeriam?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.