#JornalismoSemFakeNews

31 de outubro de 2014 às 18:04

O prefeito Francisco José Júnior e a maioria de 48 mil votos de Robinson sobre Henrique em Mossoró

[1] Comentários | Deixe seu comentário.

Passado o processo sucessório no Rio Grande do Norte, a eleição do vice-governador Robinson Faria, com maioria em todas as parciais do TRE, direcionou os holofotes para Mossoró.

No segundo maior colégio eleitoral do Estado, Robinson teve uma votação recorde.

Nos bastidores da campanha do eleito, pouca gente.

Um candidato e um prefeito.

O prefeito Francisco José Júnior foi o político com mandato em cima do carro de som de Robinson, e, principalmente, fora dele, fazendo campanha diariamente na cidade e na zona rural.

Quem, além do prefeito teria fortalecido a campanha de Robinson?

A governadora Rosalba Ciarlini?

Hoje, em Natal, o Blog conversou com o prefeito sobre administração e política.

 

Thaisa Galvão – Na disputa pelo governo do Estado, Robinson Faria, o vencedor. Em Mossoró, o prefeito Francisco José Júnior pode ser chamado de ‘o grande vencedor’?

Francisco José Jr – Posso dizer que nós saímos bastante fortalecidos, com uma musculatura política muito fortalecida, porque a classe política mossoroense, toda, se voltou contra a minha administração. Aí agora a gente sai desse processo eleitoral com a presidente, com a senadora, e com o governador. Então isso vai dar um impulso ainda maior na nossa administração. O resultado das urnas de Mossoró deixou a cidade com uma expectativa muito boa, e nos deixou também, politicamente, muito fortalecidos, não só pelos 3, mas também pela eleição de Galeno, que foi um candidato que a gente trabalhou somente 40 dias e teve uma votação acima de um deputado estadual de Mossoró, que foi o deputado Leonardo. Mostrou que a nossa administração está sendo reconhecida pela população, e acredito que nosso grupo saiu muito fortalecido.

 

Thaisa Galvão – No primeiro turno, Robinson teve uma maioria superior a 23 mil votos em Mossoró, e no segundo turno a maioria passou para 48 mil. O que aconteceu para essa maioria mais que dobrar?

Francisco José Jr –Robinson quando começou a campanha, ele estava 20 pontos atrás de Henrique. Henrique toda vida que foi candidato a federal teve de 5 a 10 mil votos em Mossoró, e Robinson pra deputado estadual nunca passou de 100 votos na cidade, então era bastante desconhecido. Nós começamos a ir às ruas diariamente, mostrar o que Robinson fez na Assembleia, e dizer da importância dele ser governador pra cidade de Mossoró. Como eram 5 candidatos que nós trabalhávamos diariamente, a gente fez um trabalho dizendo ‘vote nos candidatos do prefeito’. Acredito que foi importante esse vínculo à nossa imagem, pra Robinson se tornar conhecido. Agora o voto livre do mossoroense, as lideranças comunitárias, a nossa própria bancada de vereadores, que nós temos 13, de 21, tudo isso, essa soma de esforços, deu essa virada no primeiro turno para 23 mil votos no primeiro turno. No segundo turno fizemos uma campanha ainda mais maciça, nós tínhamos uma greve na Saúde que acabou na última semana da eleição, eu acho que isso contribuiu, o apoio do segmento evangélico que nós recebemos…

 

Thaisa Galvão – O grupo da governadora Rosalba Ciarlini diz que ela também deu apoio a Robinson no segundo turno. O que você diz?

Francisco José Jr – A gente sabe que uma vitória tem vários pais e uma derrota ela á órfã. A governadora, ela foi vítima desse acordão, teve o direito ceifado de ser candidata à reeleição, no primeiro turno votou nulo e no segundo turno, no sábado, ela foi a Mossoró e bateu uma foto com o 55 na roupa. Acredito que ela e o grupo político dela devem ter votado em Robinson, e isso, eu não quero contestar a liderança de Rosalba, mas eu quero dizer que a governadora Rosalba externou o voto, ela não trabalhou para o candidato Robinson. Ela não fez discurso, ela não fez campanha pra Robinson, ela externou seu voto. Que foi importante, foi, que contribuiu, contribuiu sim, mas não dizer que foi por causa dela que houve essa maioria. Como disse, foi uma soma de fatores, e principalmente o voto livre da nossa cidade.

 

Thaisa Galvão – O que se dizia era que o grupo dela trabalhava em silêncio…

Francisco José Jr – Olhe, o grupo dela é o mesmo grupo do deputado Betinho Rosado. E o grupo dele trabalhou conosco no primeiro turno e ajudou para que a gente pudesse ter essa maioria de 23 mil votos. Então não foi porque a governadora, no sábado, véspera da eleição, disse que votaria em Robinson, que teve essa maioria. Nós tínhamos 200 pessoas diariamente nas ruas, visitando as casas, mostrando a importância dessa eleição para o contexto político, administrativo e econômico da cidade.

IMG_9532.PNG

Uma resposta para “O prefeito Francisco José Júnior e a maioria de 48 mil votos de Robinson sobre Henrique em Mossoró”

  1. Calma menino. Rosado com Rosado brigam entre si, mas logo adiante, há recomposição e o poder retorna para Rosado. Você sabe que a governadora Rosalba tevem peso na vitória de Robinson.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.