#JornalismoSemFakeNews

26 de abril de 2015 às 7:26

Médico potiguar, Pedro Cardoso morreu em João Pessoa onde será cremado hoje

[1] Comentários | Deixe seu comentário.

É do jornalista Ciro Pedroza, o texto anunciando a morte do médico Pedro Cardoso Filho, norte-rio-grandense que atuava na Paraíba.

Eis:

Pedro Cardoso Filho, potiguar radicado há anos em João Pessoa, marido de Zelita e pai de Gina e Cristina, Doquinha de Marcelino Vieira, menino em Pau dos Ferros, jovem aluno do antigo Atheneu, Mala Véia na Casa do Estudante de Natal, que virou Dr. Pedro em João Pessoa e fez o primeiro de tantos partos na irmã Tetê, mal chegado da festa de sua formatura, e trouxe ao mundo Juscelino. 

Tio de Gracita Lopes, que adotei como meu, Pedro fez história como médico, boêmio, intelectual, contador estórias e memorialista atento ao humano. 

Honrou o juramento de Hipócrates e exerceu a Medicina como sacerdócio e devoção. Salvou vidas e operou milagres… em Limoeiro do Norte, Caraúbas, João Pessoa, por onde passou. 

A mão que durante anos sustentou o bisturi certeiro, ensinou, a partir do exemplo corajoso de um alcoologista que venceu o mal e tornou-se referência. Escreveu livros, fez palestras pelo Brasil e pelo mundo, salvou outras tantas vidas com seu testemunho. 

Orador de palavra certeira, encantava com sua emoção ao nos falar das pessoas, dos lugares e dos sentimentos.

Na manhã deste sábado, Pedro perdeu a batalha para a pneumonia e nos deixou aos 83 anos bem vividos. Foi fazer a festa dos parentes e dos amigos que já se encontraram com o Pai. 

Seu corpo será cremado neste domingo pela manhã, no Crematório Caminho da Paz, Estrada de Cabedelo, em João Pessoa. Seu exemplo, seu carinho e sua amizade vão nos fazer falta…

 

Uma resposta para “Médico potiguar, Pedro Cardoso morreu em João Pessoa onde será cremado hoje”

  1. Davi Silva disse:

    Grande Pedro deixou amigos e o respeito pelos trabalhos feitos. Descanse em paz Pedrinho. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.