#JornalismoSemFakeNews

28 de abril de 2015 às 15:36

Deputado Gustavo Fernandes diz que terreno onde seria construído presídio em Ceará-Mirim é de posseiros

[1] Comentários | Deixe seu comentário.

A audiência pública promovida pelo deputado estadual Gustavo Fernandes, ontem, na Assembleia Legislativa, levantou um problemão: a construção de um presídio no município de Ceará-Mirim tem muito mais ‘contras’ do que os protestos da população que não quer ter, como vizinho, um pacote de presos.

Um vereador levantou que o terreno que havia sido cedido pela Prefeitura, não poderia ter sido cedido por um probleminha: o terreno não pertence ao Município. É de particular que teria ocupado, como posseiro.

A prefeitura aproveitou para revogar a cessão do que não poderia ter cedido.

A audiência pública que começou no início da tarde e só terminou à noite, levantou a questão jurídica e polêmica.

Gustavo Fernandes declarou ao Blog que é contra a construção do presídio em Ceará-Mirim, justificando que o Rio Grande do Norte tem áreas menos habitadas que seriam mais apropriadas para abrigar um presídio.

Uma resposta para “Deputado Gustavo Fernandes diz que terreno onde seria construído presídio em Ceará-Mirim é de posseiros”

  1. Luciano morais da Silva disse:

    Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

    Luciano Morais da Silva disse:

    O seu comentário está aguardando moderação. 

     

    Bom dia minha cara Thaisa Xerife…Deixemos de lado as questões politica e sociais e vamos para legalidade…O citado terreno onde supostamente vai ser construído o presidio ele existe??? NÃO…primeiro esse terreno nunca foi do município e muito menos houve qualquer desapropriação do mesmo, a câmara municipal neste período ou em período passado nunca aprovou qualquer tipo de sessão deste imóvel para ser doado ao estado(sessão e doação de qualquer bem deste município tem que passar pela câmara para sua aprovação ou não)e pior ainda, o terreno supostamente pertence a um posseiro que nem escritura publica existe…com isso todos os documentos emitidos pela prefeitura de Ceará-Mirim são mentirosos e falsos…informo que tenho todos documentos que comprovam as nossas informações que inclusive já se encontra no TCU uma denuncia formalizada pela minha pessoa sobre essa farsa desse projeto…Abraços ..Luciano Morais, vereador de Ceará-Mirim/RN…e se possível quero muito participar do seu programa de radio que seria de muita valia para dirimir todas as duvidas sobre esse assunto…

     

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.