#JornalismoSemFakeNews

16 de maio de 2015 às 13:08

PSL lança manifesto em defesa dos pequenos partidos alegando que os grandes é que são os “fisiologistas”

[1] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente do PSL no Rio Grande do Norte, Araken Farias, está divulgando um manifesto do partido em defesa dos pequenos partidos.

Com a reforma política em discussão, os chamados ‘nanicos’ perdem a importância e é isso o que os dirigentes da legenda querem impedir,  sob o argumento que os partidos têm representado o equilíbrio no Congresso Nacional e no processo político brasileiro. 

Sentindo-se perseguidos, os pequenos partidos, na visão do PSL, “são o espelho de uma sociedade pluralista, sem amarras, livre e democrática e subsistem em qualquer nação séria e comprometida com o Estado Democrático de Direito”.

No manifesto, o PSL justifica que “os grandes partidos é que são os maiores ‘fisiologistas’ no apoio incondicional para acomodar seus correligionários com cargos e ministérios e não, os partidos pequenos, que muito pelo contrário, sem amarras e nem cargos estão absolutamente livres para denunciar e protestar legalmente os desmandos do poder discricionário”.

O manifesto é assinado pelo presidente nacional do PSL, Luciano Bivar.

Uma resposta para “PSL lança manifesto em defesa dos pequenos partidos alegando que os grandes é que são os “fisiologistas””

  1. Francisco Edson disse:

    Concordo plenamente com o presidente do PSL arakem farias os partidos pequenos representam sim o pluralismo inclusive a classe dos mais humildes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.